Sem Conseguir Comprar Roupas, Ela Mudou seus Hábitos e Perdeu 90 kg

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Jessica Whitehead, hoje com 41 anos de idade, nunca foi a melhor companhia para amigos que se preocupavam com a saúde e boa forma, especialmente se envolvesse uma saída para jantar ou lanchar. Durante anos ela encontrou amigos todas as noites para jantar, pedindo os maiores tamanhos e adicionais de queijo extra em sua pizza, maionese extra em seus sanduíches super recheados, e batatas fritas como acompanhamento para sua refeição.

“Comer muito e experimentar de tudo era o símbolo de viver a minha vida intensamente para mim. E eu realmente vivia neste sentido”, diz ela. Mas se alguém a chamasse para jogar vôlei ou fazer uma caminhada, Jessica, de 1.65 m de altura, sempre evitada, porque temia que seu peso – que chegou a 156 kg aos 36 anos – a impedisse de participar. “Eu ficava envergonhada. Eu sentia como se não pudesse fazer essas coisas.”

A mudança

Em julho de 2005, a bagagem de Jessica foi perdida em uma viagem à França. Durante dois dias, ela precisou comprar roupas para vestir nas suas férias, mas rapidamente ficou claro que nenhuma das lojas por lá tinha o seu tamanho.

“Um país inteiro nem sequer reconhece pessoas como eu; Eles nem acreditam que pessoas do meu tamanho existem”, ela se lembra de pensar. Finalmente, compreendendo sua condição nada saudável, Jessica resolveu perder peso quando voltou aos Estados Unidos.

O estilo de vida

Em casa, Jessica trocou seus hábitos alimentares excessivos por uma dieta rica em proteínas e começou a ler os rótulos dos alimentos e a aprender o controle das porções. Ela finalmente se matriculou numa academia e contratou um treinador, que criou um programa que combinava exercícios aeróbicos e treinamento em circuito.

Seis dias por semana, ela caminhava ou corria 2,5 km de sua casa para a academia, fazia seu treino, e em seguida, caminhava de volta. Em apenas duas semanas ela perdeu mais de 11 quilos! Motivada por seus resultados, Jessica começou a aperfeiçoar sua rotina de treinos a cada seis semanas para vencer os platôs, e também começou a distribuir suas calorias consumidas em seis pequenas refeições por dia.

Com a balança apontando 86 kg em fevereiro de 2007, Jessica começou a se aventurar mais na cozinha, descobrindo novas maneiras de adicionar legumes a seus pratos favoritos de frango e peixe. Ela até mantinha a Tv desligada para que ela não podia assistir a nada que a atrapalhasse enquanto ela comia. “Eu queria sentar e realmente apreciar o que eu estava comendo”, diz ela. Em maio de 2008, ela já tinha um corpo definido com 65 kg.

A recompensa

Hoje, “viver intensamente” para Jessica significa praticar caminhadas, escaladas e maratonas. “Estou compensando o meu tempo perdido, não vou desperdiçar um minuto de minha nova vida agora”, diz ela.

E agora, 90 quilos mais leve, nada parece impossível. “Eu consegui a única coisa que eu pensei que eu nunca poderia fazer – perder peso, estar ativo e verdadeiramente saudável – então agora eu sei que posso fazer qualquer coisa.”

Dicas de Jessica para emagrecer

  • Abra o jogo.“Conte a todos sobre a sua decisão de perder peso para que eles te ajudem a se manter responsável.”
  • Aprecie o melhor. “Quando eu dou uma escapada da dieta, eu como algo realmente delicioso e feito em casa, por alguém que ama o que faz, em vez de alimentos processados e embalados que possam conter produtos químicos.”
  • Coma muitos vegetais! “Encha sua saladeira com um pouco de cada vegetal que você tem em sua cozinha. Você terá uma gama de sabores para poucas calorias.”

Hoje, Jessica é uma nova pessoa muito mais confiante e feliz.

Você conhece alguma outra história parecida com essa de uma perda de peso tão grande? Você mesmo já passou por algo assim? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário