Viciado em Drogas e Álcool, Homem Perde Mais de 56 kg ao Mudar Estilo de Vida

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Stephen Odom é um fotógrafo e assistente de produção musical, da cidade de Houston, nos Estados Unidos, de 28 anos de idade, que conseguiu deixar no passado o vício em drogas e álcool, o descuido com a alimentação e boa forma e perder mais de 56 kg.

Os problemas de Stephen começaram durante o ensino médio, quando o seu uso de drogas, que começou como algo para se divertir e amenizar a sua ansiedade, se tornou um grave vício.

Com o tempo, ele também começou a se automedicar de maneira irresponsável e ainda na adolescência ele foi pego pela primeira vez dirigindo sob a influência de drogas e/ou álcool.

5bboaformaStephen antes da grande mudança de vida

Depois do fim do ensino médio, as coisas pioraram. Aos 22 anos, o americano tomava enormes porções de medicamentos, inalava óxido nitroso – substância conhecida também como o gás do riso – e bebia em excesso, consumindo um galão de uísque a cada dois dias. Nesse período ele foi pego mais duas vezes dirigindo sob a influência de drogas e/ou álcool.

A situação chegou a um ponto que sua terapista lhe deu um ultimato: ou ele ia para a reabilitação ou ela pararia de atendê-lo. A intimação deu certo, ele entrou em um programa de recuperação e depois de ter lutado contra suas próprias desistências e recaídas, em agosto de 2009 conseguiu ficar sóbrio.

Entretanto, apesar de ter superado os vícios de drogas e álcool e ver a sua vida profissional começar a entrar nos eixos, Stephen ainda não estava completamente satisfeito. Foi então que ele percebeu que era hora de fazer outra mudança em sua vida: o peso.

Na época ele estava com 136 kg, por conta do descuido com a alimentação que seus vícios tinham lhe causado. Mesmo sem saber o que fazer, já que não conhecia muito sobre alimentação saudável, o fotógrafo decidiu tentar e pensou que se era capaz de ficar sóbrio um dia de cada vez, poderia fazer o mesmo em relação ao seu peso.

Sem procurar a ajuda de um nutricionista ou personal trainer e nem fazer muitas pesquisas acerca de perda de peso, Stephen começou a se exercitar na bicicleta ergométrica. No começo, ele usava a bicicleta de quatro a cinco dias por semana em sessões que duravam de meia hora a 45 minutos.

Ao ver que o peso começava a ir embora, ele ficou animado e decidiu mudar sua alimentação, cortando refrigerantes, doces e fast food. “Eu não sabia comer de maneira saudável, mas eu sabia que isso era muito ruim para mim”.

Com o passar do tempo, novas mudanças graduais foram acontecendo. Ele aprendeu a cozinhar para si mesmo e hoje prepara refeições saudáveis toda semana. O americano ainda começou a andar de bicicleta e há alguns meses ele mesmo montou um treinamento, com a ajuda de um aplicativo fitness, e atualmente até levanta peso algumas vezes por semana.

Hoje com aproximadamente 80 kg, ele deixa um recado de motivação para outras pessoas: “Se alguém teimoso, inocente e sem muito conhecimento como eu era pode fazer isso, qualquer um pode. Eu acredito de verdade. Parece assustador no começo, mas uma vez que você põe a bola para rolar, isso começa a se encaixar à sua mente e ao seu corpo. É muito legal. Hoje a vida é boa.”

Dicas de Stephen

5cboaforma

O fotógrafo também deixou algumas dicas que o ajudaram em sua trajetória. Confira quais são elas a seguir:

– Premie-se

“Eu não entrei em forma para perder todas as comidas ou as coisas que eu gosto.” Com isso em mente, Stephen come de modo saudável durante os dias da semana e aos finais de semana se permite render-se a alguma guloseima, como uma pizza que ele divide com a namorada, por exemplo.

– Foque nos objetivos de curto prazo 

“Não foque-se no quadro amplo. Eu tive que fazer isso com a minha perda de peso e a sobriedade. A assustadora tarefa de ‘perder 50 kg ou ficar sóbrio pelo resto da minha vida’ era algumas vezes muito para lidar ou pensar. Me ajudou bastante estabelecer pequenas metas. Hoje eu vou ser saudável. Hoje eu vou à academia. Hoje eu vou ficar sóbrio. Eu não vou comer porcarias hoje”, aconselhou.

– Comece aos poucos

A sugestão de Stephen é começar cortando as guloseimas e porcarias da alimentação. Para quem gosta de refrigerantes, a dica é mudar para o diet e gradativamente deixar de tomar a bebida de uma vez por todas.

– Aprenda a cozinhar pratos saudáveis que você goste 

O americano contou que começou com frango teriyaki e vegetais em sua primeira refeição e que é fã da culinária asiática. “Dedique um ou dois períodos durante a semana para cozinhar. Isso pode ser um processo terapêutico e quase meditativo. Eu gosto de cozinhar porque esse é um tempo para mim. É o tempo que eu posso passar comigo mesmo, fazendo algo saudável para mim”, relatou.

– Faça coisas que melhorem sua autoestima quando você estiver para baixo

Stephen revelou que passou por momentos em que se encontrava muito depressivo para sair de casa por conta de sua aparência ou das escolhas de estilo de vida que havia feito. Já hoje, quando ele se sente para baixo, força a si mesmo a sair do lugar e fazer algo como limpar o quarto ou a mesa, lavar roupas, comer ou preparar uma refeição saudável, ir ao mercado, andar de bicicleta ou ligar para um amigo.

“Essas tarefas podem parecer pequenas, mas no final vão ajudar a construir a sua autoestima, o que mais para frente resultará em melhor e maior sucesso para a sua jornada saudável”, explicou.

– Premie-se por um trabalho bem feito 

“Depois que você arrasar durante um tempo e ver os resultados, vá e compre para si algo que você queria há um tempo. Recentemente, eu comprei sapatos novos porque eu mereci. Eu também comprei um mixer para fazer shakes e batidas depois do treino”, finalizou.

Você acredita que teria a mesma força de vontade para mudar seu estilo de vida como fez Stephen, largando as drogas e perdendo peso? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 3,67 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

2 comentários em “Viciado em Drogas e Álcool, Homem Perde Mais de 56 kg ao Mudar Estilo de Vida”

  1. Realmente, o hábito de ingestão de álcool afeta, e muito, no progresso e desempenho de quem procura uma vida mais saudável. Há mais ou menos duas semanas eu parei por completo a ingestão de álcool por conta de um medicamento que preciso tomar de forma contínua durante dois meses e, quando olho uma garrafa de cerveja em cima de uma mesa, não sinto mais aquela vontade absurda de beber, mesmo tendo grande parte da família que adora isso aos finais de semana.
    Possivelmente perderei algumas amizades por cortar isso da minha vida, ou talvez sentirei uma reduzida na quantidade de convites, mas saberei conduzir bem isso e até farei uma espécie de “peneira” nas amizades.
    Atualmente estou em processo de emagrecimento juntamente com minha noiva. Eu pratico exercícios físicos na academia, aeróbico e musculação, e ela, por ter tempo somente aos finais de semana, está seguindo uma dieta menos restrita para não haver problemas de saúde futuros. Estamos conseguindo evoluir trabalhando juntos, incentivando um ao outro. E isso nos faz buscar força um ao outro quando começamos a fugir um pouco do objetivo.
    No mais, parabéns ao pessoal do site pela parte motivacional. Além da minha noiva, é no site que eu busco motivação para continuar nesse árduo caminho junto ao emagrecimento. Abraço!

  2. Nossa, me senti muito inspirada a me manter na sobriedade lendo a história deste homem… Assim como Stephen eu ingeria uma quantidade grande de álcool para mascarar a ansiedade e alguns problemas que eu tinha dificuldade em encarar. Isto durou 5 anos, mas sempre pratiquei atividades físicas. Neste ano, com a ajuda da minha terapeuta e por decisão própria eu decidi largar o hábito de beber e fumar afim de me dedicar integralmente aos treinos e à minha área, que é Educação Física. Estou grata por esta e outras postagens. Parabéns a vocês Mundo Boa Forma!