5 Hábitos que Acabam Com o Seu Treino na Academia

Uma pesquisa realizada pela Faculdade Kent State de Educação, Saúde e Serviços Humanos, nos Estados Unidos comprovou o que muita gente já sabia: falar no celular ou trocar mensagens no aparelho durante os exercícios físicos prejudica os benefícios em relação à saúde e à boa forma que a prática pode promover.

O estudo descobriu que conversar pelo celular reduz a velocidade do treinamento na esteira, apesar de torná-lo mais agradável e que trocar mensagens diminui não somente a velocidade, como também o batimento cardíaco do praticante enquanto utiliza a esteira, porém não torna o exercício mais ou menos agradável.

Por outro lado, escutar música no smartphone enquanto se exercita na esteira melhora a velocidade, aumenta o batimento cardíaco e deixa a malhação mais gostosa. A pesquisa foi feita com 44 estudantes.

Entretanto, não é somente o uso do aparelho celular para ligações ou troca de mensagens que atrapalha o rendimento de um treino, existem outros hábitos que também podem acabar com eles. Como os cinco que você confere a seguir:

1. Assistir à televisão

Quem usa a esteira na sala de casa, frequenta uma academia que disponibiliza aparelhos de televisão em suas dependências ou utiliza um modelo moderno do equipamento que vem com a televisão pode acabar se distraindo com um programa ou novela que estiver passando enquanto se exercita.

Se para quem usa a esteira apenas para um treinamento leve, de recuperação, assistir à televisão pode até ser útil, o hábito não é tão recomendado para quem malha com o objetivo de emagrecer ou melhorar a boa forma.

Isso porque segundo o fisiologista do exercício e personal trainer Pete McCall, quem deseja alcançar esse ganho precisa treinar até o ponto de quase perder o fôlego ou ao menos chegar a ter dificuldades para falar.

Com a distração da TV, o que pode acontecer é a perda de foco para se esforçar e não conseguir ter um treinamento de intensidade mais alta.

2. Ficar de papo

Conversar com os amigos da academia durante o intervalo das séries não tem nada de errado. Muito pelo contrário, pode até ser uma boa forma de trocar experiências em relação aos exercícios e ser estimulado a continuar com o treinamento, quando aquele desânimo bater.

O problema é quando essa conversa, que deveria durar uns dois ou três minutos, extrapola o tempo reservado para o descanso e se transforma em um papo de 10 minutos. Isso prejudica não apenas o rendimento do treinamento, como também te atrasa.

3. Ir para a academia sem saber o que fazer

O ideal é fazer um plano de treinamento com a ajuda de um personal trainer, para não correr o risco de chegar no local sem saber o que fazer, ficar andando até decidir que aparelho usar ou que exercício realizar e terminar escolhendo algo que não trará todo o proveito que o seu corpo necessita.

“Você acaba focando nas coisas que você gosta de fazer em vez das coisas que deveria estar fazendo”, explicou o diretor de educação profissional do Conselho Americano de Exercício (ACE, sigla em inglês) Anthony Wall.

4. Inventar os seus próprios exercícios

Outro problema de não solicitar a ajuda de um personal trainer é não conseguir escolher o melhor equipamento ou a melhor série e acabar fazendo algum exercício que não colabore tanto com os ganhos que se deseja alcançar.

Há ainda o risco de utilizar um aparelho de maneira errada e sofrer algum tipo de lesão. Por isso, não tem outro jeito, é melhor pedir mesmo a orientação de um instrutor físico qualificado, afinal ele estudou durante anos para entender o corpo humano e é a pessoa mais indica para determinar qual tipo de exercício e equipamento você deve utilizar, que técnica deve seguir e em que intensidade pode treinar.

5. Tirar selfies

Além de ser algo que pode irritar os outros frequentadores da academia ou o próprio personal trainer (imagina ter a sua explicação interrompida porque seu aluno quer tirar uma foto para publicar nas redes sociais?), o hábito também rouba o seu foco em relação ao exercício que precisa fazer e pode atrapalhar o seu rendimento.

“Você não deve se focar mais na sua aparência do que no seu treinamento enquanto está malhando”, enfatizou o fisiologista do exercício Pete McCall.

Assim, deixe as suas selfies para antes e depois do término da malhação e foque-se completamente nos exercícios enquanto tiver treinando, para obter os melhores resultados possíveis.

E aí, você comete algum desses erros na academia? Eles realmente te atrapalham? Acha que consegue perder algum desses “vícios”? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*