Água com açúcar baixa pressão?

Especialista da área:
atualizado em 04/11/2021

A hipertensão arterial é um problema sério que precisa ser diagnosticado e controlado. Através de consultas médicas regulares e medidas frequentes de pressão, é possível identificar essa doença silenciosa, já que os sintomas só surgem em casos extremos.

  Continua Depois da Publicidade  

Se um médico já te disse que você tem pressão alta, é importante ter um medidor de pressão em casa para monitorá-la com frequência. É possível que o tratamento conte com medicamentos para regular a pressão e com mudanças no estilo de vida, incluindo uma alimentação mais saudável.

Além disso, muita gente procura por remédios caseiros que possam ajudar a controlar a pressão alta, principalmente nos casos em que a pressão arterial sobe por conta do estresse.

A água com açúcar, por exemplo, é uma solução caseira muito usada para acalmar em um momento de tensão. Por causa desse costume, algumas pessoas acreditam que tomar água com açúcar pode baixar a pressão. Confira então se este hábito tem fundamento e se a água com açúcar ajuda no controle da hipertensão.  

Água com açúcar ajuda a baixar a pressão arterial?

Água

A receita é popular: 2 colheres de sopa de açúcar dissolvidas em 1 copo de água. Mas será que isso é suficiente para reduzir a pressão?

A resposta é não. Na verdade, a água com açúcar não só não ajuda a reduzir a pressão arterial, como pode aumentar o risco de pressão alta em contextos em que a dieta já é rica em açúcares adicionados.

Apesar de tomar um copo de água com açúcar eventualmente não fazer mal, é importante considerar que o resto da sua alimentação durante o dia pode ter altas quantidades de açúcar.

  Continua Depois da Publicidade  

Por isso, a melhor forma de controlar a pressão arterial é através do acompanhamento médico e com uma dieta equilibrada que conte com uma baixa ingestão de sal e também de açúcar. 

Riscos para a pressão arterial associados ao açúcar

Além do excesso de sal, o consumo excessivo de açúcar na dieta também está relacionado ao aumento da pressão. De acordo com um estudo publicado em 2017 pela revista científica Journal of the American College of Nutrition, a ingestão de açúcar pode aumentar a sensibilidade ao sal, o que é perigoso para quem já tem pressão alta.

A ingestão de muito açúcar também está relacionada à obesidade, à resistência insulínica e à diabetes tipo 2, que são fatores de risco para a hipertensão.

Além disso, o açúcar em excesso na dieta pode inibir a produção de óxido nítrico nos vasos sanguíneos, que é responsável por ajudar na vasodilatação. Assim, sem óxido nítrico, os vasos sanguíneos podem ficar mais estreitos, o que aumenta o risco de pressão arterial alta.

Ao invés de apostar em mais açúcar para reduzir a pressão, é mais prudente e saudável investir em uma dieta rica em nutrientes e com baixa ingestão de açúcares adicionados.

Assim, algumas dicas para manter a pressão em níveis seguros são:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Beba bastante água;
  • Coma mais frutas e legumes frescos;
  • Diminua a ingestão de gorduras, escolhendo produtos lácteos com baixo teor de gordura e consumindo proteínas magras;
  • Consuma nozes, grãos e leguminosas;
  • Pratique atividades físicas regularmente.

Além de contribuir para a regulação da pressão arterial, seguir essas dicas pode melhorar o seu bem estar e sua saúde geral.

Fontes e referências adicionais

Você sabia que, assim como o sal, o açúcar em excesso também pode prejudicar a pressão? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

Deixe um comentário