Benefícios da Drenagem Linfática – Antes e Depois, Gestante, Pós-Operatório, Barriga e Dicas

Especialista:
atualizado em 29/06/2020

Ajuda a desinchar, remodelar o corpo e possibilita o relaxamento: conheça os benefícios da drenagem linfática, como fazer e dicas!

A drenagem linfática é um tratamento de massagem suave e rítmico para estimular a circulação do fluido linfático ao redor do corpo. Isso ajuda na remoção de resíduos e toxinas e pode auxiliar na prevenção de inchaço após uma lesão ou cirurgia, além de fornecer um impulso ao sistema imunológico.

A drenagem linfática é uma ferramenta para manter o sistema linfático em boas condições para uma ótima saúde, pois um sistema linfático deficiente pode afetar todas as partes do corpo.

Para que serve a drenagem linfática?

Pesquisas, estudos e especialistas têm sugerido quais podem ser os benefícios da drenagem linfática. Confira para que serve o procedimento:

  • Melhoria do humor;
  • Aumento do sistema de filtragem do corpo;
  • Estímulo à circulação;
  • Útil no pós-operatório;
  • Redução de desconforto gestacional;
  • Facilitador da amamentação;
  • Auxílio ao sistema imunológico;
  • Relaxamento;
  • Ajuda a remodelar o corpo;
  • Desincha;
  • Celulite;
  • Melhoria da taxa metabólica.

Benefícios da drenagem linfática: saiba como fazer!

Antes de fazer uma drenagem linfática é importante consultar o médico para saber se o procedimento realmente pode ser a solução para a questão que você deseja corrigir ou melhorar. Essa consulta é especialmente importante para as grávidas, mulheres que amamentam e pessoas com doenças preexistentes.

O procedimento deve ser feito por um profissional especializado e habilitado para conduzir uma drenagem linfática, que será capaz de detectar o ritmo específico, direção, profundidade e qualidade do fluxo do fluido linfático em qualquer parte do corpo. Só assim será possível alcançar resultados satisfatórios e ter um tratamento seguro.

Fotos de antes e depois

Embora a drenagem linfática seja benéfica para a maioria das pessoas, converse com seu médico se você estiver tomando medicamentos ou recebendo tratamento para qualquer condição crônica. Eles podem ser capazes de guiá-lo em sua abordagem e definir um tratamento adequado.

Outras estratégias para ajudar o funcionamento do sistema linfático

Além da drenagem linfática, saiba o que mais pode ajudar o seu sistema linfático:

  • Exercitar-se regularmente: O exercício ajuda o sistema linfático a fluir melhor, de modo que as toxinas possam se mover mais rapidamente em direção ao sangue;
  • Beber muita água: A água é crucial para o fluido linfático e sem ela o sistema linfático não funciona;
  • Comer frutas in natura: As frutas estão têm ácidos e enzimas que podem limpar o seu sistema linfático e mantê-lo no seu melhor. Coma frutas cruas de estômago vazio;
  • Respirar profundamente: A respiração profunda ajuda a guiar o fluido linfático de seus tecidos para a corrente sanguínea;
  • Escovar a pele: Escove a pele em movimentos circulares dos dedos até o estômago com uma escova de cerdas naturais. Repita o processo em seus dedos até o peito. Estas são as direções em que seu sistema linfático flui e fazer isso a longo do tempo ajudará a suportar a função adequada;
  • Comer nozes e sementes: Nozes e sementes cruas têm ácidos graxos para ajudar o seu sistema linfático. Amêndoas, nozes, sementes de girassol e sementes de abóbora são exemplos de boas opções;
  • Deitar com as pernas contra a parede: Deite-se de costas e coloque as pernas contra a parede. Deixe que o sistema linfático flua dos pés para cima, isso ajuda a estimular a drenagem por todo o corpo;
  • Hidroterapia: Na hidroterapia são alternados tratamentos com água quente e água fria, o que estimula o sistema linfático e a liberação de toxinas armazenadas.

Efeitos colaterais e outros riscos

Embora geralmente seja indolor, a drenagem linfática pode causar náuseas, vômitos e hematomas, quando é aplicada uma pressão firme durante o procedimento. Devido ao risco de efeitos secundários raros da massagem, como arritmias cardíacas, danos nos tecidos e alterações do fluxo sanguíneo, pessoas com história de insuficiência cardíaca, doenças de pele contagiosas, distúrbios hemorrágicos, insuficiência renal, coágulos sanguíneos ou flebite, não devem realizar o tratamento.

Os diabéticos podem sofrer um aumento na taxa de açúcar no sangue com a drenagem linfática. A recomendação é que os diabéticos consultem o médico antes de fazer o procedimento e testem o açúcar no sangue após cada sessão. Se você é diabético e faz regularmente, peça que seu médico faça um gráfico do seu açúcar no sangue para determinar se as massagens estão te afetando.

Fontes e Referências Adicionais:

O que você achou dos benefícios da drenagem linfática que separamos acima? Pretende experimentar o procedimento para que intuito? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (29 votos, média: 4,28 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

2 comentários em “Benefícios da Drenagem Linfática – Antes e Depois, Gestante, Pós-Operatório, Barriga e Dicas”