Taxa de metabolismo basal – O que é e como calcular

Especialista da área:
atualizado em 26/07/2021

Você certamente já deve ter ouvido falar sobre o “metabolismo”, mas já ouviu falar na taxa de metabolismo basal?

  Continua Depois da Publicidade  

O metabolismo é o conjunto de reações bioquímicas e hormonais que permite que os órgãos e células presentes no corpo humano funcionem de maneira adequada.

Desta forma, o ritmo de trabalho do metabolismo pode variar de pessoa para pessoa de acordo com alguns fatores como idade, sexo e peso. Porém, há um fator responsável por mantê-lo em bom estado: a alimentação saudável. 

Apesar de essa informação já não ser uma novidade, você sabe como calcular a taxa de metabolismo basal e o que isso significa? Se não, continue lendo para descobrir.

O metabolismo basal

O metabolismo basal refere-se à quantidade mínima de energia que o corpo humano precisa enquanto está em repouso para que consiga sobreviver.

Em outras palavras, equivale ao número de calorias que são gastas durante o sono e a quantidade mínima que cada um deve ingerir durante o dia.

mulher se exercitando

Portanto, essa taxa mínima é necessária para que o corpo consiga manter as funções vitais que não são interrompidas durante o sono, como a respiração e o bombeamento de sangue. Para o metabolismo, isso significa que ele receberá a quantia adequada de fluídos que o regulam.

Vale ressaltar que o termo não se aplica à quantidade de energia que o corpo gasta quando já está acordado.

A taxa de metabolismo basal 

Primeiramente, a taxa tem a ver com o índice que mostra a quantidade de energia que cada pessoa gasta enquanto dorme. A taxa de metabolismo basal pode ser definida por alguns aspectos, como:

  • idade;
  • sexo;
  • fatores genéticos;
  • peso;
  • altura;
  • tipo e frequência de atividade física.

Esse valor pode, ainda, ser alterado conforme o percentual de gordura e músculos que a pessoa tem em seu corpo. Os músculos queimam três vezes mais energia do que a gordura, portanto, a taxa de metabolismo basal de uma pessoa com um percentual baixo de gordura será maior do que aqueles que possuem uma porcentagem alta.

  Continua Depois da Publicidade  

medindo gordura corporal

Além disso, alguns problemas de saúde podem influenciar a taxa de metabolismo basal como, por exemplo, a febre e a produção inadequada de hormônios da glândula tireoide (nesse caso, a taxa pode diminuir de 30 a 40%).  

Como calcular a taxa de metabolismo basal 

Para obter esse resultado, temos que usar uma fórmula que considere os seguintes fatores: idade, peso, altura e sexo.

Para calcular o índice de um homem é preciso seguir a seguinte equação:

66 + (13,7 x peso) + (5,0 x altura em cm) – (6,8 x idade)
Fórmula para calcular o índice de metabolismo basal de um homem.

Ou seja, um homem de 35 anos, com 175 cm de altura e 70 quilos, possui uma taxa de metabolismo basal de aproximadamente 1700 calorias por dia.

Já para calcular o índice de uma mulher, a fórmula a ser aplicada é um pouco diferente:

665 + (9,6 x peso) + (1,8 x altura em cm) – (4,7 x idade)
Fórmula para calcular o índice de metabolismo basal de uma mulher.

Isso indica que, por exemplo, uma mulher de 24 anos, 170 cm de altura e 70 quilos, possui uma taxa de metabolismo basal de cerca de 1530 calorias diárias.

Assim sendo, o homem do exemplo acima deve consumir 1700 calorias diariamente e, a mulher, 1530 calorias.

Os cálculos que vimos fazem parte do método da equação Harris-Benedict, que foi criado no ano de 1919. Entretanto, há ainda um outro jeito de descobrir a taxa de metabolismo basal que, além dos dados pedidos pela fórmula Harris-Benedict, leva em consideração também o gasto calórico que a pessoa tem durante sua prática diária de atividade física.

  Continua Depois da Publicidade  

Para descobrir esse valor é necessário acrescentar o resultado obtido na equação Harris-Benedict com o tempo gasto no exercício físico, multiplicado pelo número de calorias gastas por minuto.

Assim, temos a seguinte fórmula:

(Harris-Benedict) + (tempo x calorias por minuto)
Resultado da fórmula de Harris-Benedict junto ao tempo gasto em atividade física e as calorias perdidas.

Exemplos

Por exemplo, vamos supor que o homem que citamos acima corra 20 minutos por dia e tenha um gasto calórico de 296 a cada sessão de corrida. Podemos concluir que sua taxa de metabolismo basal é de aproximadamente 1996 calorias por dia (1700 + 296 = 1996).

homem na academia

Agora, se formos aplicar a segunda fórmula usando o caso da mulher e supormos que ela corre 30 minutos por dia, gastando 444 calorias por treino, seu índice subirá para em torno de 1974 (1530 + 444 – 1974).

O segundo cálculo nos fornece um valor mais próximo do real; entretanto, ele pode ser mais complicado de ser usado, visto que nem sempre é possível definir o gasto calórico exato em uma atividade física (isso porque o número varia de acordo com o peso do indivíduo, a intensidade do treinamento e a velocidade em que ele é feito).

Para mais informações sobre este assunto, acesse os vídeos abaixo da nossa nutricionista Patricia Leite.

Fontes e referências adicionais

Você consegue identificar a sua taxa de metabolismo basal através desta fórmula? Acredita que precisa mudar seus hábitos de dieta e exercícios para melhorá-la? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (53 votos, média 3,62)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

38 comentários em “Taxa de metabolismo basal – O que é e como calcular”

  1. Fiz o cálculo e deu 1.252,3 kcal…só que eu acho que são muitas calorias para uma pessoa baixinha e velhinha como eu….1,55m (antes eu tinha 1,58…quase 1,60m…fui diminuindo de tamanho e aumentando de largura…)tenho 59 anos pesando 61,1kg. e engordando praticamente 1kg por dia! Segui a regra de calcular e deu esse resultado.

    Responder
  2. o esquema é passar num nutricionista esportivo e desenrolar com ele, é até melhor pq ele msm ja passa tudo certinho, com mais detalhes e mais calma

    Responder