Carboidrato Aumenta o Colesterol e Triglicérides?

Você irá descobrir a seguir se o carboidrato aumenta o colesterol e triglicérides e o real efeito desse macronutriente no corpo humano. Além disso, você também irá aprender como melhorar os seus níveis de colesterol e triglicérides.

O carboidrato está presente nos alimentos de quase todas as mesas diariamente, sob inúmeras formas. No entanto, as pessoas que têm problemas relacionados ao colesterol e triglicérides costumam restringi-lo de suas dietas por ser considerado um vilão ao organismo de quem sofre com essas disfunções.

Devido a isso, vale a pena conhecer os 10 alimentos ricos em carboidratos ruins, pois tratam-se de alimentos que você talvez queira evitar.

Atualmente o carboidrato é considerado um vilão em muitos aspectos, mas especialmente para pessoas em dietas para perda de peso. Estas, constantemente, restringem o consumo e isso pode desencadear efeitos diversos no organismo.

Os triglicerídeos e os carboidratos são os principais tipos de gordura presente na corrente sanguínea. O triglicerídeo é o estoque de energia do corpo humano e, assim como o colesterol, em níveis excessivos pode causar sérios danos à saúde.

Carboidrato Aumenta o Colesterol e Triglicérides?

Aumentar o nível de LDL na corrente sanguínea via alimentação é possível mediante ingestão de gordura animal, como banha, carnes e ovo, além de gordura trans.

O carboidrato, contudo, é responsável por aumentar o nível de triglicérides no sangue em 30% a 40%, podendo causar hipertrigliceridemia.

De acordo com o protocolo de cardiologia e hipercolesterolemia brasileiro, o aumento dos níveis de triglicérides ocasionados pela ingestão excessiva de carboidratos está atrelado à redução na produção de HDL, ou seja, o bom colesterol, e como a capacidade de limpeza arterial é diminuída, isso reflete indiretamente no aumento do LDL – colesterol ruim.

Sendo assim, não podemos dizer que simplesmente o carboidrato aumenta o colesterol, já que o carboidrato não é responsável por aumentar diretamente os níveis do mau colesterol, mas por diminuir a produção do bom colesterol.

Resumidamente, o colesterol é carregado pelas lipoproteínas e, enquanto o LDL entope as artérias, o HDL é responsável por retirar esse colesterol das paredes dos vasos.

Quando ingerimos muito carboidrato, faz com que aumente os níveis de triglicérides.

Os altos níveis de triglicérides na corrente sanguínea são acompanhados de baixos níveis de HDL.

  Continua Depois da Publicidade  

Portanto é difícil apontar o grande vilão, ou seja, não sabemos se é o alto nível de triglicérides ou se o baixo nível de HDL. Ou ambos.

Como Melhorar o Colesterol?

Manter os níveis de colesterol equilibrados no organismo é essencial para a manutenção da saúde e bem-estar, sobretudo de quem sofre com problemas cardíacos e pressão alta.

Quando se fala em melhorar o colesterol, espera-se que o organismo diminua a produção de LDL e aumente a de HDL.

Mantendo o nível de LDL baixo, a produção hormonal se manterá adequada e as placas de aterosclerose não se formarão nos vasos sanguíneos. Isso é possível incorporando alguns hábitos no dia a dia.

Opte Por Alimentos Saudáveis

Algumas substituições no cardápio podem representar uma significativa melhora nos níveis de LDL e HDL e na vida de quem é acometido por doenças cardiovasculares. Confira algumas dicas alimentares para melhorar a qualidade de vida e evitar problemas de colesterol.

– Elimine gordura trans

Bolos industrializados, biscoitos, sorvetes e margarinas são alimentos que comumente possuem gordura trans. Às vezes ela se camufla sob o nome gordura vegetal hidrogenada.

O consumo deste tipo de gordura está diretamente relacionado ao aumento do colesterol total e do colesterol ruim. Dessa maneira, quem possui quadro de elevação de LDL deve banir o ingrediente de sua dieta.

– Reduza o consumo de gordura saturada

Ao contrário da gordura trans, a gordura saturada não é fabricada artificialmente, mas é encontrada em carnes vermelhas e laticínios integrais.

Esses alimentos ajudam a aumentar os níveis de colesterol total e diminuir o consumo de alimentos com esse tipo de gordura também ajuda a diminuir o índice de LDL.

Opte por leites e iogurtes desnatados, bem como seus derivados e evite as opções integrais.

 – Aumente o consumo de alimentos ricos em ômega-3

Peixes como salmão, sardinha, linhaça e nozes são ricos em ômega-3, um ácido graxo benéfico ao organismo e que não interfere nos níveis de colesterol. Sendo assim, é uma espécie de gordura tolerada e que ajuda a controlar problemas de hipertensão.

– Aumento o consumo de fibras solúveis

As fibras solúveis são encontradas em frutas e vegetais que, ao chegarem ao estômago, formam uma substância viscosa. As fibras ajudam a reduzir a absorção do colesterol no sangue.

  Continua Depois da Publicidade  

Peras, maçãs, aveia e feijão são alimentos ricos em fibras solúveis.

Evite Fumar

O tabagismo é um dos principais fatores de risco relacionados aos problemas de colesterol alto.

Quando um fumante inibe o hábito, rapidamente os níveis de HDL são elevados, de forma que 20 minutos após o término do primeiro cigarro a pressão arterial se recupera do pico induzido pelo cigarro.

Cerca de três meses após parar de fumar, a função pulmonar e circulação sanguínea são consideravelmente aumentadas e desempenhadas de maneira mais eficaz.

Pratique Exercícios Regularmente

O sedentarismo também é um fator de risco e deve ser combatido para melhorar a qualidade de vida de quem busca ajustar os níveis de produção de LDL e HDL.

Após aprovação médica, 30 minutos diários de exercício podem ser suficientes para garantir que a produção do bom colesterol esteja adequada.

Perca Peso

Pessoas obesas têm maiores chances de aumentar o LDL do que pessoas que não têm sobrepeso ou outros fatores de risco.

Pessoas que consomem bebidas com adição de açúcar, doces e açúcares em geral tendem a ganhar mais peso. Substituir esses alimentos por opções mais saudáveis e efetuar a troca da sacarose por adoçantes naturais pode ser uma boa pedida.

Para saciar a vontade de comer doces, alimentos sem gordura e com pouco açúcar são recomendados, como gelatinas diet.

Como Melhorar os Triglicérides?

Embora o desnível de triglicerídeos no sangue não seja tão agressivo quanto o LDL, sua manifestação elevada não deve ser ignorada.

Esta substância, tal qual o colesterol ruim, pode desencadear doenças cardiovasculares. Saiba como melhorar os níveis de triglicerídeos na corrente sanguínea por meio de alimentação e aquisição de novos hábitos

Evite Carboidrato e Gordura

Saber que o carboidrato aumenta o triglicérides é importante para evitar seu consumo.

A produção de triglicérides é feita por meio da sintetização de carboidratos no fígado e pela ingestão de gordura.

Quando uma pessoa apresenta sinais de níveis elevados dessa substância, uma das primeiras recomendações é incorporar uma dieta mais balanceada e com menos consumo de carboidrato e gorduras.

Consumo Alcoólico

As bebidas alcoólicas possuem um elevado nível calórico, o que ajuda a estimular a produção de triglicerídeo.

Apenas uma lata de cerveja contém 147 calorias, enquanto uma dose de uísque tem 240 calorias. Sendo assim, o consumo de bebidas alcoólicas deve ser limitado ou, se possível, inibido.

Evite o Sedentarismo

Assim como nos casos de colesterol alto, pessoas que sofrem com alta produção de triglicerídeos devem praticar exercícios físicos regularmente, já que o peso é um dos principais fatores dessa disfunção.

Dar preferência aos exercícios aeróbicos e conjugar a uma alimentação balanceada é a melhor maneira de eliminar peso.

Carboidratos: Restringir o Não?

É importante ressaltar, portanto, que o consumo ilimitado de carboidrato pode ser prejudicial tanto para o colesterol quanto para os triglicérides.

No entanto, estudos recentes apontam que a restrição total deste micronutriente está ligado ao desenvolvimento de intolerância ao carboidrato.

Sendo assim, pessoas que sofrem com alguma dessas condições devem reduzir o consumo de carboidrato, mas não o cessar totalmente, a não ser sob orientação médica, já que o carboidrato também é responsável por fornecer energia ao organismo.

Recorrer às comidas integrais – carboidratos complexos – é mais saudável e irá mantê-lo satisfeito por mais tempo, uma vez que as moléculas demoram mais para serem metabolizadas, auxiliando na manutenção de um bom peso.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já se perguntou se Carboidrato Aumenta o Colesterol e Triglicerides? Pretende mudar sua dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Felipe Santos e Dra. Patrícia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário