Como Funciona a Corrente Russa Para Modelar o Corpo

Especialista:
atualizado em 14/07/2020

Efeitos, duração da sessão e onda fazer: veja como funciona a corrente russa para modelar o corpo e mais dicas sobre esse procedimento estético.

A busca pelo corpo dos sonhos é muito comum e a dedicação em academias e em uma dieta equilibrada muitas vezes não é o suficiente para alcançar as metas estabelecidas. É exatamente nesse momento que nós podemos desfrutar da corrente russa. Confira como a corrente russa funciona para modelar o corpo!

Como funciona a corrente russa?

Também conhecida como eletroestimulação russa ou apenas eletroestimulação, a corrente russa é um procedimento estético que visa intensificar a tonificação e definição de seu corpo. A intervenção estética é realizada com o auxílio de um aparelho de eletroterapia. A realização ocorre através de cintas elásticas que são colocadas nas regiões desejadas do corpo.

Essas cintas são ligadas ao aparelho central por meio de fios, os quais possibilitam a movimentação do corpo, que é característica da estimulação e contração muscular. Não há ocorrência de dores e desconfortos, pois possui baixa carga elétrica.

A corrente russa está sendo muito adotada para definir os músculos conquistados com exercícios físicos e dietas regulares, além de reduzir os efeitos de flacidez. Os eletrodos são posicionados nas regiões desejadas a serem estimuladas no corpo, o que proporciona a contração involuntária e assim definindo melhor seu corpo.

Efeitos da corrente russa

A corrente russa pode proporcionar ganho de força e um sutil crescimento muscular. Esse procedimento é apontado como favorito, se comparado à drenagem linfática. Ele ainda pode contribuir para uma melhor circulação sanguínea. Os desconfortos de flacidez podem ser reduzidos com sessões regulares de corrente russa, além de auxiliar indiretamente também na perda de peso.

O procedimento proporciona a contração dos músculos, mas para maior eficácia é indicado que as pessoas que se submetam a esse procedimento também contraiam os músculos a serem submetidos, para que assim a região possa ser influenciada da forma desejada.

A Corrente Russa também pode contribuir para a redução de retenção de líquidos, além de favorecer a eliminação de toxinas e oxigenação das células, além de tratar edema pós-traumático, agudo e crônico.

Utilização para tratamento

O tratamento indicado deve ser feito com pelo menos 10 sessões. Recomenda-se que sejam feitas de 2 a 3 sessões por semana, pois assim os efeitos poderão se tornar mais evidentes e melhor reconhecidos. O número de sessões recomendado é relativo, pois pode variar de acordo com o condicionamento, necessidade e objetivo particular de cada pessoa.

Dieta equilibrada potencializa resultados

Não acredite que a Corrente Russa irá modelar seu corpo de forma milagrosa. O procedimento é indicado para tonificar algumas regiões. Seus benefícios são notados apenas para pessoas que já se adequam a uma alimentação nutritiva e equilibrada. A Corrente Russa funciona para eliminar pequenas imperfeições, mas não é capaz de reduzir medidas por conta própria.

Importância de exercícios físicos

A tonificação e fortalecimento dos músculos é uma busca comum de praticantes de musculação. Não é uma tarefa fácil ganhar massa magra e reduzir o percentual de gordura. É exatamente por isso que a Corrente Russa deve ser utilizada junto com a prática regular de exercícios físicos. A combinação de hábitos saudáveis com o procedimento estético pode oferecer resultados muito mais satisfatórios.

Contraindicações

A Corrente Russa é contraindicada para pessoas que possuem marcapasso e cardiopatias congestivas. Se você possui varizes, embolias, trombose e outras patologias circulatórias, também deve se manter longe do procedimento. Não é recomendado que gestantes se submetam ao procedimento.

Ademais, se possuir casos de febres, infecções, inflamações, tumores cutâneos e dermatoses, reumatismo e insuficiência cardíaca, busque outras alternativas para modelar o corpo. Pessoas com lesões musculares, doença renal, problemas pulmonares, epilepsia, e hipertensão igualmente não devem se submeter ao procedimento.

Informações sobre a corrente russa

A sessão dura em média 20 minutos. O tempo é relativo, pois pode variar de acordo a região a ser submetida e você pode fazer o procedimento em clínicas estéticas. Sempre avalie as referências dos profissionais envolvidos, para que você se submeta de forma mais segura e consciente da qualificação dos responsáveis.

Os preços podem variar de acordo com a região a ser submetida e com os estabelecimentos que oferecem o serviço. O preço em média por sessão pode variar de R$ 50,00 a R$ 70,00, mas esse valor é aplicado para regiões limitadas do corpo.

Você já conhecia a corrente russa? O que acha dela em comparação a outros tratamentos estéticos? Se fosse escolher um para realizar, qual seria? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (173 votos, média: 3,82 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

20 comentários em “Como Funciona a Corrente Russa Para Modelar o Corpo”

  1. Fiz lipo e enxertia glútea, porém meu bumbum ainda n apareceu como gostaria. Será q posso fazer a corrente russa, para meu bumbum sobressair?? Obda!!!

    • Boa tarde. Pode sim. A corrente russa atuará no aumento da musculatura glútea, ajudando dar forma a seus glúteos. Tornando-os mais volumosos.

  2. Uma dúvida, os exercícios de musculação devem ser realizados em dias alternados à aplicação da corrente russa?

  3. Tenho 90 kilos barrigudo entrei na academia faz 1 mês pensei em fazer para reduzir medidas e ganhar masza muscular será que me ajuda)

  4. Desconfio que a causa da minha fibrilação atrial seja decorrente de uma sessão de corrente russa
    Estou desesperada meu médico me encaminhou para um especialista em médico cardiologista,

  5. Olá, a Corrente Russa não causa nenhuma dor, exceto se a pessoa estiver com algum trauma muscular.

  6. Gente, vi varias matérias sobre a corrente russa, dizendo que não ha dor no procedimento…Meu Deus!!…Marquei 10 sessões, só fiz 1…Não tive coragem de voltar!!… É muita dor!!…Sai da clinica desesperada!!.. É agoniante, insuportável!!… O que vcs podem me dizer a respeito do assunto?
    Bjo e Obrigada!!

    • Corrente russa dói se for colocada de forma incorreta ou se a pessoa já estiver com o músculo muito fadigado

    • Boa tarde!
      Talvez a pessoa que aplicou a corrente russas em você,deva ter deixado muito forte a intensidade deve ser controlada de acordo com a sensibilidade do paciente

    • Nossa..a pessoa deve ter colocado muito forte..alem disso durante a sessao vc tem que contrair os musculos senao dói um pouco..mas nada demais nao.