Como Obter os Benefícios da Meditação Sem Meditar?

Especialista:
atualizado em 04/08/2020

Sem dúvidas, o assunto meditação está em alta nos dias de hoje. Cada vez mais pessoas buscam por tranquilidade e paz em suas vidas que, na dinâmica do século XXI, não têm sido fáceis.

Sejam longas jornadas de trabalho ou a avalanche de contas e responsabilidades, a verdade é que cada vez menos temos tempo para focar em nós mesmos.

Meditar é um ótimo jeito de tentar levar a vida com mais paz e clareza mental, mas não é todo mundo que tem o tempo e a paciência de tirar 30 minutos todos os dias para sentar-se e esvaziar a mente.

Dessa forma, trouxemos 3 dicas para você que se encaixa nesse perfil, mas que, mesmo assim, deseja incluir alguns dos benefícios do mindfullness na sua vida e preservar a sua saúde mental.

No entanto, caso você queira realmente se aventurar nessa área, aprenda 12 dias para iniciante de como meditar.

3 dicas de como se beneficiar da meditação sem meditar

1. Transformar pensamentos negativos em positivos

Muitas vezes, na correria do dia a dia, acabamos nos deparando com pensamentos críticos e negativos sobre nós mesmos. Seja porque esquecemos a chave do carro em casa e só percebemos na garagem, seja por que não tivemos aquela ideia brilhante um pouco antes ou cometemos um erro que custou uma conversa com o chefe.

O mindfullness nos ensina a tentar canalizar essas energias e pensamentos que inicialmente vão contra nós mesmos e transformar em algo que possamos melhorar.

O processo de canalizar e transformar essa energia negativa em algo positivo pode ajudar no nosso crescimento pessoal, melhorar o estilo de vida e ter mais autocompaixão. Cada vez que vamos nos entendendo, mais nos tornamos cientes sobre quais as nossas melhores escolhas e onde podemos melhorar.

2. Faça um diário de vitórias

Manter uma espécie de livrinho de boas memórias, de momentos especiais, de conquistas e, de modo geral, ocasiões felizes e em que você sentiu orgulho de si mesmo, é um ótimo lembrete para aqueles dias que está tudo dando errado.

É um diário, mas não é totalmente livre, já que nele você só estará escrevendo o que foi bom no seu dia, nada de tristezas e nem problemas. Essa prática é um ótimo jeito de desenvolver e reforçar a sua autocompaixão, que é um dos objetivos da meditação mindfullness.

3. Faça algo que você gosta todos os dias

Não importa onde, quando e quanto tempo, reserve um espaço para você mesmo todos os dias. Seja para ler livros, jogar jogos ou cozinhar. Basta ser algo que você tenha prazer em fazer. Muitas vezes, em dias corridos, esquecemos de olhar para nós mesmos, e esses dias podem virar meses que, e depois anos, e então entramos nessa bola de neve em que o cuidado pessoal acaba se perdendo.

Por isso, o que importa na hora de escolher a atividade é o momento de reconexão de você consigo mesmo. Esse instante de pausa na nossa vida é uma ocasião também de recarga em que se pode deixar o estresse de lado para desenvolver e preservar sua autocompaixão.

Você já sabia como ter os benefícios da meditação sem meditar? Pretende experimentar em casa? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário