Coriza: o que é, possíveis causas e melhor tratamento

Especialista da área:
atualizado em 26/11/2021

A coriza é uma secreção produzida nas narinas e cavidades nasais e está associada à inflamação das fossas nasais. Sua função é atuar como barreira a agentes infecciosos ou corpos estranhos que possam adentrar pelas cavidades nasais. Ou seja, ela é um importante mecanismo de proteção.

Porém, quando presente em grande quantidade pode causar certo incômodo. Ela pode aparecer em inflamações como na rinite e na sinusite, gripes e resfriados.

  Continua Depois da Publicidade  

Além de estar presente em processos infecciosos, a coriza também pode aparecer como efeito adverso de alguns medicamentos como:

  • Medicamentos utilizados para pressão alta;
  • Alguns anticoncepcionais;
  • Medicamentos para depressão/ansiedade;
  • Alguns analgésicos (medicamentos para dor).

Rinite alérgica

Homem espirrando

A rinite alérgica é uma inflamação da mucosa nasal, causada pelo contato com substâncias alergênicas, e é caracterizada pelo aparecimento de alguns sintomas como:

  • coriza de aspecto líquido e transparente;
  • prurido (coceira ou comichão) e/ou obstrução nasal;
  • prurido em orofaringe (parte da garganta logo atrás da boca);
  • prurido e vermelhidão ocular;
  • espirros.

Os agentes alérgenos que podem desencadear uma rinite alérgica são vários, os mais comuns são:

  • poeira;
  • ácaros;
  • fungos;
  • pelos de animais;
  • odores fortes, entre outros.

Segundo estudos, a rinite alérgica é a doença de maior prevalência entre as doenças respiratórias crônicas. Apesar de não ser grave, afeta a qualidade de vida do indivíduo além de dificultar o controle da asma.

Também pode estar relacionada à recorrência de otite média serosa (secreção na orelha média sem sinais e sintomas de infecção) e da rinossinusite crônica (inflamação nasal permanente e nos seios da face).

  Continua Depois da Publicidade  

O tratamento normalmente não é necessário, pois, a interrupção na exposição ao agente alérgeno alivia os sintomas. No entanto, em alguns casos, onde a exposição é contínua ou muito alta, são utilizados anti-histamínicos para controle da crise alérgica.

Também podem ser utilizados os corticosteroides intranasais, em formas mais graves de rinite, e o uso destes deve ser avaliado e depois prescrito pelo otorrinolaringologista.

Coriza em bebês

A coriza pode aparecer em bebês pode ser consequência do refluxo gastresofágico. Em alguns bebês após a amamentação o leite volta pelo esôfago e pode adentrar as fossas nasais causando irritação na mesma e coriza. Com o tratamento do refluxo a coriza tende a cessar.

Também se deve analisar a recorrência da coriza, que pode estar ligada à fístula liquórica. Essa fístula (abertura) ocorre por uma malformação congênita na base do crânio, fazendo com que o líquor escoe pela fossa nasal, Nesse caso, o tratamento é cirúrgico.

Coriza permanente em pessoas idosas

É comum que a coriza, em pessoas idosas, dure mais tempo que o normal. O que acontece é que pessoas idosas possuem um sistema imunológico mais debilitado, portanto, essa coriza é resultante de uma rinite duradoura, ou seja, rinite crônica.

Mas é importante estar atento para a coloração e a consistência dessa secreção. A coriza provinda de rinite alérgica é normalmente transparente e líquida. 

  Continua Depois da Publicidade  

Quando esse líquido se torna mais espesso e muda de coloração (para amarelo ou esverdeado), deve-se observar o aparecimento de outros sintomas como febre, calafrios, dificuldade de respirar, etc. A rinite em um idoso com a saúde debilitada pode evoluir rapidamente para infecções mais graves.

A coriza em idosos também pode estar relacionada à fístula liquórica rinogênica. A fístula liquórica rinogênica é uma abertura entre o espaço subaracnóide (base do crânio) e as cavidades nasais ou seios da face.

Ela ocorre devido ao aumento da pressão intracraniana pelo maior volume do líquor (líquido cefalorraquiano) levando à erosão e desgaste ósseo, resultando em uma fratura. A coriza é, portanto, o escoamento do líquor pelas fossas nasais. É muito importante o acompanhamento médico nesses casos.

Coriza em infecções virais e bacterianas

Remédio para coriza

Como falado anteriormente, a coriza está presente em quadros infecciosos virais, sendo o mais comum, a gripe. Aqui no nosso país a gripe é causada principalmente pelo vírus Influenza A.

Os sintomas gripais incluem coriza, normalmente transparente ou esbranquiçada e purulenta (repleta de pus), dores de cabeça, febre acompanhada de dor no corpo.

Na gripe, é feito tratamento para aliviar os sintomas, com o uso de antitérmicos. Uma boa alimentação, ingestão de vitamina C de grande quantidade de líquidos, principalmente água, ajudam para que haja uma rápida recuperação.

  Continua Depois da Publicidade  

As infecções bacterianas das vias aéreas superiores, como a sinusite aguda, podem ser causadas por bactérias como o Streptococcus pneumoniae, o Haemophilus influenzae, Moraxella catarrhalis e o Staphylococcus aureus.

Nas infecções bacterianas a coriza resultante da inflamação das fossas nasais é todo tipo amarela-esverdeada. Essa cor provém da presença de bactérias, células de defesa em degeneração, sangue, proteínas e elementos orgânicos.

O tratamento das infecções bacterianas varia de acordo com o tipo de infecção (se é uma rinite, bronquite, pneumonia, etc.), e o estado do indivíduo. As infecções bacterianas normalmente são combatidas com antibióticos.

Em todo caso, apesar de um simples sintoma, a coriza pode estar presente em processos infecciosos leves, moderados e até graves. O acompanhamento com um profissional especializado é importante para avaliar toda e qualquer patologia.

Fontes e referências adicionais

Você sofre muito com coriza por conta de resfriados ou alergias? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas e profissionais de educação física. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário