Diarreia na gravidez – Causas e tratamento

Especialista da área:
atualizado em 08/04/2021

Preocupada com a diarreia durante a gestação? Saiba então quais são as causas da diarreia na gravidez e qual é o tratamento adequado e seguro.

  Continua Depois da Publicidade  

É muito comum que a gestante sinta desconfortos digestivos durante a gravidez. São as mudanças hormonais que ocorrem na gestação que podem causar:

É importante ficar atenta a episódios de diarreia constantes que podem levar à desidratação ou indicar um problema de saúde mais sério – como uma infecção intestinal, por exemplo.

Aliás, também é importante estar atenta ao que você come, já que a intoxicação alimentar ou a presença de vermes intestinais são geralmente as causas primárias de diarreia e precisam ser descartadas.

Embora não seja o sintomas mais comum, a diarreia pode até ser um sintoma da gestação por causa das alterações hormonais bruscas. Aproveite e saiba quais são os primeiros sintomas da gravidez e quando ocorrem.

Causas da diarreia na gravidez

Identificar a causa da diarreia em mulheres grávidas é muito importante para prevenir quadros de desidratação e desnutrição. Isso porque a falta de minerais e nutrientes durante a gravidez pode prejudicar muito o desenvolvimento do bebê.

Por isso, entenda o que pode ser a diarreia na gestação e busque ajuda se o sintoma já persiste por mais de dois dias.

Alterações hormonais

De fato, são muitas mudanças hormonais que acontecem no corpo durante a gravidez.

Uma dessas mudanças é o aumento dos níveis de prostaglandinas que estimulam as contrações do útero – que ocorrem ao longo de toda a gravidez em menor ou maior intensidade.

Intolerâncias alimentares

A intolerância alimentar pode provocar a diarreia em mulheres grávidas. Por isso, é muito importante identificar os alimentos que fazem mal e evitá-los durante a gestação.

  Continua Depois da Publicidade  

Aliás, aproveite para saber qual é a diferença entre alergia e intolerância alimentar.

Infecção intestinal

A infecção intestinal pode ocorrer por causa do contato com bactérias, vírus ou parasitas intestinais. Certamente, esse é um problema que pode afetar qualquer pessoa – inclusive as grávidas.

Na maioria dos casos, a infecção ocorre depois de consumir alimentos ou água contaminada. Dessa forma, a dica que fica é higienizar muito bem os alimentos e só tomar água filtrada ou previamente fervida durante a gravidez.

Mudanças na dieta

Certas mudanças na alimentação durante a gestação podem alterar o funcionamento do intestino. É o caso do consumo aumentado de fibras, por exemplo, ou da de outras mudanças dietéticas.

Aliás, alguns suplementos ou remédios também podem causar diarreia. Portanto, se essa é a sua suspeita, não deixe de conversar com um médico para ajustar a dose ou trocar de remédio.

Doenças intestinais

Doenças pré-existentes ou ainda não diagnosticadas podem ser a causa da diarreia na gravidez. Por exemplo, algumas doenças que podem causar sintomas como a diarreia são:

Trabalho de parto

Por fim, a diarreia no fim da gravidez pode ser um sinal de que o trabalho de parto vai começar em breve.

Conforme a gravidez se aproxima do fim, as contrações uterinas se tornam mais frequentes e intensas. Para que o parto seja um sucesso, o corpo geralmente promove o esvaziamento do intestino para facilitar a contração adequada do útero durante o trabalho de parto.

  Continua Depois da Publicidade  

Tratamento

grávida passando mal

Além de observar o seu corpo nos próximos dias, é importante:

Beber água

O primeiro passo do tratamento consiste em beber bastante água para prevenir a desidratação. Além disso, também vale consumir alimentos e frutas ricos em água, como sopas, caldos e melancia.

Ter uma alimentação leve

Priorize os alimentos que são fáceis de digerir para não sobrecarregar o intestino, como por exemplo:

  • Batatas;
  • Sopas de legumes;
  • Banana;
  • Arroz;
  • Torradas;
  • Chás sem açúcar e sem cafeína.

Dicas finais

Além de procurar um médico se a diarreia não melhorar em 2 ou 3 dias, observe também outros sinais de alerta, como por exemplo:

  • Febre alta;
  • Sangue nas fezes;
  • Dor abdominal intensa;
  • Vômito;
  • Sinais de desidratação;
  • Fezes pretas.

Apesar de a diarreia por si só não causar um aborto espontâneo, a condição pode prejudicar a gravidez. Assim, não hesite em ir ao médico se achar que seu corpo não está bem.

Por fim, nunca tome um remédio para diarreia sem indicação médica pois muitos remédios desse tipo não são recomendados durante a gestação.

Vídeo

Além disso tudo, se você quer ter a melhor gravidez possível, veja o vídeo da nossa nutricionista e saiba quais são os alimentos mais perigosos para as grávidas:

Fontes e Referências Adicionais

Você já sofreu com diarreia durante a gestação ou em outro momento da vida? Então, comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. Marcos Marinho

Dr. Marcos Marinho é especialista em Gastroenterologia, Endoscopia Digestiva e Ultrassonografia - CRM 52.104130-4. Formou-se em Medicina pela Universidade do Grande Rio (Unigranrio) e é pós-graduado em Gastroenterologia pelo IPEMED. Realizou cursos de ultrassonografia geral e intervencionista pela Unisom, ultrassonografia musculoesquelética e Doppler pelo CETRUS. Atualmente, é pós-graduando de Endoscopia Digestiva pela Faculdade Suprema de Juiz de Fora-MG. No momento, atua em vários municípios do estado do Rio de Janeiro como na capital, Niterói, Magé e Araruama. Dr. Marcos Marinho tem experiência em setores variados de sua especialização e continua em constante aprendizado e evolução para ser uma referência da área. Para mais informações, entre em contato através de seu Instagram oficial @drmarcosmarinho

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário