Grávida pode dirigir? Cuidados e dicas

Especialista da área:
atualizado em 22/12/2021

Em uma gravidez saudável, a grávida pode dirigir tranquilamente. Mas é sempre importante tomar alguns cuidados.

  Continua Depois da Publicidade  

A legislação de trânsito brasileira não proíbe as grávidas de dirigir. De acordo com o Detran, o Departamento Estadual de Trânsito, responsável pelas normas e fiscalizações das leis de trânsito no Brasil, as grávidas podem dirigir. No entanto, vale a pena considerar a opinião do obstetra que acompanha a gestante para saber quando é seguro dirigir durante a gravidez. 

Sabe-se que muitas grávidas sofrem com sintomas como náuseas, tontura, sonolência e pressão baixa. Esses e outros sintomas de gravidez podem dificultar ou impossibilitar a direção de um veículo. 

Além disso, as mudanças físicas e mentais que ocorrem na gravidez podem prejudicar o bem estar, a disposição e a atenção da mulher, aumentando assim o risco de acidentes. 

Confira então algumas dicas e cuidados importantes para tomar se você pretende dirigir durante a gestação. 

Recomendação sobre a direção de veículos na gravidez

Grávida pode dirigir
A grávida pode dirigir tranquila tomando cuidados

Ao sentir qualquer tipo de mal estar, é recomendado evitar a direção. Além disso, se você apresenta uma condição de saúde que pode causar um desmaio, é bom ficar longe do volante. E isso vale para qualquer período gestacional. 

Alguns médicos recomendam que a gestante pare de dirigir no oitavo mês da gravidez. Isso porque nesse período, a mulher pode ter uma queda nos níveis de concentração e no reflexo, o que aumenta o risco de acidentes. 

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, quando a barriga está grande, qualquer impacto pode causar um descolamento de placenta ou rompimento da bolsa. Há também o trabalho de parto que pode começar a qualquer momento sem aviso prévio. 

Já em outros veículos como motocicleta e bicicleta, o cuidado é redobrado devido ao risco de queda e muitos médicos sugerem que a grávida deixe de usar esses meios de locomoção.

Cuidados e dicas para dirigir com segurança na gravidez 

Certamente, ninguém quer passar mal dirigindo. Por isso, preste atenção nas seguintes dicas para proteger a sua saúde e a do bebê ao dirigir.

Use o cinto de segurança

Mesmo que seja incômodo, é fundamental usar o cinto de segurança de três pontos. Para ficar mais confortável, incline o banco um pouco para trás e posicione o cinto entre os seios. A parte debaixo do cinto deve ficar abaixo do abdômen para não causar pressão no útero. 

Além disso, mantenha o volante pelo menos 15 cm longe da barriga e regule a altura do volante, se possível, para ele ficar levemente acima da barriga, reduzindo assim o risco de choques acidentais.

Evite dirigir sozinha por longas distâncias

Grávida com marido dirigindo
É interessante você pedir ajuda se o deslocamento for grande

A gravidez aumenta o risco de trombose venosa profunda, uma condição em que se forma um coágulo de sangue na perna que pode migrar para locais como os pulmões causando sérias complicações de saúde.

  Continua Depois da Publicidade  

Dessa forma, é importante evitar dirigir por muito tempo. Se for impossível adiar a viagem ou dividir o volante com alguém, faça pausas a cada hora para esticar as pernas e fazer o sangue circular. Além disso, aproveite a parada para esvaziar a bexiga e descansar um pouco.

Reduza as distrações

É comum que a grávida perca um pouco da atenção e concentração durante a gestação. Sendo assim, desligue as notificações do celular e foque apenas no trânsito.

Não dirija em jejum 

O jejum pode piorar a náusea e enjoo que acompanham a maioria das mulheres grávidas. Assim, faça um lanchinho antes de dirigir e, se possível, leve água e alguns petiscos para comer durante a viagem.

Não pegue no volante se estiver desconfortável

Qualquer tipo de desconforto acaba sendo maior quando se está carregando um bebê. Por isso, não misture a direção com o cansaço.

Além disso, cuide da temperatura dentro do carro, evitando o calor ou frio extremo. Se estiver com calor ou sofrendo com a retenção de líquidos durante a gravidez, dirija sem sapatos para evitar o suor e o inchaço.

Evite horários de pico

É sempre bom evitar dirigir nos horários em que há muito movimento, pois isso pode causar muito estresse e ansiedade, o que não é desejado durante a gestação. 

  Continua Depois da Publicidade  

Dicas finais

Dirigir no período pós parto pode ser bastante desconfortável. Por isso, a recomendação geral é esperar pelo menos 15 dias após o parto para voltar a dirigir, dependendo de como está a sua recuperação e se não há nenhuma restrição médica. 

Certamente, algumas mulheres podem se beneficiar de ficar mais tempo longe do volante. Essa pausa merecida permite que o útero volte ao tamanho normal e que a musculatura abdominal fique mais firme, reduzindo desconfortos.

Se mesmo tomando todos esses cuidados, você se envolver em um acidente de trânsito, procure seu obstetra para realizar alguns exames e saber se está tudo bem com você e o bebê, mesmo que o acidente tenha sido leve e você não se sinta mal.

Você já tinha ouvido falar que qualquer mulher grávida pode dirigir? Costuma pegar ao volante durante a gestação ou parou de dirigir? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto ainda)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário