Jovem Faz Dieta Para Ter Corpo de Modelo e Desenvolve Anorexia

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Inspirar-se em uma personalidade famosa para conseguir perder peso não é algo necessariamente negativo. Muito pelo contrário, pode até servir de motivação para os admiradores de celebridades terem uma vida mais saudável. Entretanto, quando essa inspiração e admiração passa dos limites e a pessoa fica obcecada por ter o corpo igual ao do famoso, o que poderia ser benéfico se torna um grande problema.

Foi justamente isso que aconteceu com a jovem australiana Christie Swadling, de 18 anos de idade. Ao ficar obcecada por emagrecer e ter um corpo igual ao da modelo também australiana Miranda Kerr, ela perdeu 13 kg, chegou a pesar 31 kg, ficando ainda mais magra que a própria Miranda, e desenvolveu anorexia.

Christie revelou que propagandas com imagens de modelos manipuladas digitalmente contribuíram para que ela desenvolvesse o problema: “Os anúncios definitivamente deram início aos meus problemas de imagem porque você acha que é assim que você tem que ser. Eu me tornei mais magra que essas modelos por conta da minha doença, parei de pensar inteiramente sobre elas e me tornei obcecada apenas por perder mais e mais peso.”

Hoje, além de lutar contra o distúrbio alimentar, ela procura ajudar garotas mais novas que ela que passam pelo mesmo problema por meio das redes sociais. Seu vídeo publicado no Youtube – que você confere a seguir – “Anorexia Nervosa nearly killed me” (Anorexia Nervosa quase me matou, tradução livre) já possui mais de 1,135 milhões de visualizações e o seu perfil no Instagram (@christieswadling) já conta com mais de 15,5 mil seguidores.

Nas redes sociais, ela não apenas conta a sua história como também procura conscientizar outras jovens da importância de se ter uma alimentação saudável.

Como tudo começou 

Os problemas de Christie em relação ao seu peso começaram quando ela ainda estava na escola primária e sofria bullying por ser mais gorda que seus amigos. Seu peso de excesso era resultado de uma dieta nada saudável.

5bboaformaChristie quando era mais nova

“Minha família nunca teve uma alimentação saudável, eu sempre era a criança que todo mundo tinha inveja, já que eu podia comer chocolate, salgadinho, lanches do Mc Donald’s”, contou.

Quando começou a ser chamada de “thick” (algo como gorda ou grossa, em inglês) pelos colegas, a australiana passou então a praticar exercícios.

Motivada pelo pai, que joga futebol, ela passou a experimentar diversos esportes como a corrida e se sentia feliz com eles. O distúrbio alimentar surgiu somente quando ela passou a seguir uma dieta altamente restritiva, perdeu aproximadamente 30 kg e ficou praticamente sem energias.

“Isso se tornou um problema quando eu perdi muito peso. Eu percebi que eu estava menor que a Miranda (Kerr, a modelo australiana) e por um tempo eu gostei daquilo, mas depois eu não gostei de modo algum”, revelou.

A anorexia afetou a vida de Christie de tal maneira que ela nem ao menos conseguia caminhar e ficou acamada.

“Eu não estava comendo praticamente nada, talvez duas refeições com menos de 300 calorias e havia um diabo dentro da minha cabeça me dizendo constantemente para ser magra”, confessou.

A família da jovem só foi perceber que ela passava por algum tipo de problema quando ele começou a ficar evidente em seu corpo, o que fez com que a sua mãe rapidamente a levasse a um médico.

Ainda assim, depois de ser diagnosticada com anorexia, sua condição piorou e ela precisou ser internada em um hospital. E foi apenas depois de desmaiar no seu aniversário de 17 anos e ter ido parar no hospital pela terceira vez que Christie começou a mudar as ideias que tinha em relação à comida e passou a se alimentar adequadamente.

5cboaformaChristie passou mal algumas vezes antes de decidir cuidar da própria saúde

“Eu olhei no espelho, me senti enojada com o que vi e tomei consciência de que eu estava lentamente me matando”, afirmou.

Foi aí que a australiana finalmente passou a se alimentar de forma adequada. Hoje, sua dieta é composta principalmente por frutas como melancia, maracujá, banana e manga, além de tomate, milho, espinafre e vegetais.

5dboaformaA alimentação de Christie hoje em dia

Ela também conseguiu voltar à ativa e pratica exercícios como yoga e pilates, para melhorar sua força e flexibilidade. Tudo devidamente registrado e publicado em suas redes sociais.

5eboaformaHoje mais saudável, a australiana voltou a praticar atividades físicas

Sobre os seguidores que a acompanham pela internet, Christie ressalta que consegue ajudar outras garotas através da exposição de sua história: “Eu tive bastantes meninas me dizendo que eu estou salvando as suas vidas. Eu já ajudei tantas e eu sei que se eu entrar de cabeça nisso posso ajudar muito mais”, finalizou.

Você acredita que o corpo de Christie atualmente já está em um nível saudável ou ela ainda precisa ganhar mais peso para isso? Conhece alguma história parecida? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário