Qual é o melhor tratamento para verruga?

Especialista:
atualizado em 14/09/2020

Conheça o melhor tratamento para verruga, uma condição de pele que pode gerar situações constrangedoras ou no mínimo desconfortáveis.

Mesmo que você não ligue para isso ou tenha uma verruga que ninguém consegue ver, é bom saber que existem formas de removê-la da pele.

Já que você está em busca do melhor tratamento para verruga, por que não conhecer também quais são os remédios para verrugas mais usados e entender melhor as suas opções de tratamento?

Apesar do desconforto estético, geralmente, a verruga é indolor e inofensiva e não deve ser um motivo de preocupação. Ainda assim, é possível tratar a verruga e vamos mostrar qual é o tratamento mais eficaz para removê-la.

Verrugas

As verrugas são protuberâncias que surgem na pele como resultado de uma infecção pelo papilomavírus humano (HPV). Há mais de 100 tipos de HPV, sendo que muitos são transmitidos por meio de relações sexuais, mas apenas alguns deles são os responsáveis pelas verrugas.

O vírus HPV no homem pode causar preocupações mais sérias, como um maior risco de desenvolver certos tipos de câncer. Mesmo assim, são muitos os fatores que precisam ser combinados para que de fato a doença se desenvolva.

A maioria das verrugas costuma ter a mesma cor da pele, mas elas também podem ser mais escuras em relação ao tom da pele. Verrugas tendem a aparecer principalmente nos dedos e nas mãos, mas qualquer parte do corpo está sujeito à infecção.

A verruga é contagiosa, o que significa que uma pessoa pode pegar da outra através do contato direto ou por meio do compartilhamento de objetos pessoais. Da mesma forma, uma verruga pode se espalhar para outras partes do corpo se os cuidados de higiene não forem adequados.

Qual é o melhor tratamento para verruga?

Verruga na mão

As técnicas para remover verrugas são inúmeras, mas nem todas são realmente eficazes. Algumas demoram muito tempo para surtir efeito, o que leva muitas pessoas a desistirem do tratamento no meio do caminho.

Por outro lado, como a verruga normalmente não traz nenhum risco grave para a saúde, outras pessoas preferem deixar como está e apenas tomar as medidas preventivas para que ela não se espalhe para outros locais ou transmita para outras pessoas.

Ainda assim, a maioria das pessoas se incomoda e opta por retirar a verruga. É difícil, no entanto, estabelecer qual o melhor tratamento para verruga.

Existem estratégias que apenas um médico pode indicar e há também as soluções caseiras que qualquer um pode tentar em casa. Em muitos casos, o tratamento depende também do tipo e da localização da verruga que você tem.

Um dermatologista é o profissional mais indicado que você pode consultar para tratar a sua verruga com segurança e eficácia.

No entanto, se você quer saber antes disso qual é provavelmente o melhor tratamento para verruga em geral, saiba que o ácido salicílico é um dos melhores candidatos.

Ácido salicílico

Um estudo canadense publicado em 2014 na revista científica Paediatrics & Child Health mostrou que o ácido salicílico é significativamente mais eficaz do que um placebo como um tratamento para verruga.

O ácido salicílico funciona promovendo a descamação da pele. Essa descamação remove a verruga ao longo do tempo ao mesmo tempo em que estimula a produção de novas células, renovando a pele no local.

Além disso, o ácido também irrita a pele, o que acaba servindo de estímulo para o sistema imunológico combater o vírus HPV.

Outro motivo que contribui para o ácido salicílico ser considerado o melhor tratamento para verruga é que ele é acessível e seguro, já que tem poucos efeitos adversos relatados.

Como usar?

Mesmo sendo um tratamento relativamente seguro, ainda se trata de um ácido e é importante usá-lo em uma concentração segura para a pele.

Segundo uma pesquisa conduzida por pesquisadores alemães em 2016, é recomendado usar formulações contendo 17% de ácido salicílico em sua composição para o tratamento de verrugas.

São muitos os cremes, pomadas e soluções líquidas que contêm ácido salicílico que podemos comprar sem receita nas farmácias.

O passo a passo para tratar a verruga consiste em:

  1. Lavar a verruga com água morna por 5 ou 10 minutos para deixar a pele macia;
  2. Lixar a verruga usando uma superfície áspera como uma pedra-pomes, por exemplo;
  3. Aplicar o produto contendo ácido salicílico cobrindo toda a superfície da verruga e deixar agir;
  4. Lavar bem as mãos para remover resquícios do produto.

Você pode fazer essas etapas uma ou duas vezes ao dia durante 12 semanas ou pelo tempo indicado na bula do produto ou recomendado por um médico.

O que esperar do tratamento?

É normal que a pele fique um pouco avermelhada ou escura. A descamação também é um resultado esperado, pois é justamente isso que vai ajudar a eliminar a verruga. Se a irritação na pele for excessiva, diminua a frequência de uso.

A consistência é fundamental para que o tratamento dê certo, pois pode demorar várias semanas ou até meses para os resultados começarem a ser observados.

Restrições

Em áreas do corpo que são mais sensíveis, como a pele do rosto e a região genital, não é indicado usar o ácido salicílico sem antes consultar um médico.

Quem sofre de diabetes, problemas de circulação ou tem o sistema imunológico comprometido não deve usar o ácido salicílico nem qualquer outro tratamento caseiro sem recomendação médica.

As grávidas também não devem aplicar nenhum tipo de ácido na pele antes de conversar com seu obstetra.

Além disso, ao notar qualquer efeito incomum como surgimento de bolhas, dor ou sangramento no local da verruga, interrompa o tratamento e procure orientação médica.

Mais opções de tratamento

Apesar de ser considerado um dos melhores tratamentos para verruga, o ácido salicílico nem sempre funciona para todos. Felizmente, existem outras formas de tentar remover a verruga:

1. Fita adesiva

Esse é um método caseiro muito popular que envolve o uso de uma fita adesiva para cobrir a verruga. Acredita-se que tampar a verruga com uma fita resulta na privação de oxigênio e posterior morte da verruga.

Segundo a American Academy of Dermatology (Academia Americana de Dermatologia), a fita deve ser trocada a cada 5 ou 6 dias até que a verruga seja eliminada.

2. Outros ácidos

O ácido glicólico, o ácido tricloroacético e o ácido retinóico podem ser alternativas quando o tratamento com ácido acetilsalicílico não funciona. Porém, eles precisam ser manuseados com mais cautela pois podem causar ardência, queimação e descamação excessiva na pele.

3. Crioterapia

Trata-se de uma técnica que usa nitrogênio líquido para congelar a verruga. Várias sessões podem ser necessárias para que o congelamento mate a verruga aos poucos.

4. Cantaridina

A cantaridina é uma substância que um médico pode aplicar sobre a verruga. Ela faz com que uma espécie de bolha se forme debaixo da verruga, o que a afasta da pele e eventualmente provoca o seu desprendimento da pele.

5. Remoção cirúrgica

Há várias técnicas cirúrgicas que podem ser indicadas por um médico para remover a verruga. Dentre elas, destacam-se a eletrocirurgia (em que uma corrente elétrica é aplicada na pele para queimar a verruga), a curetagem (que é usada para raspar ou cortá-la) e a remoção a laser.

Quando procurar ajuda médica

Há algumas situações em que você precisa procurar um médico para te auxiliar no tratamento. São elas:

  • Você tentou um tratamento caseiro que não deu certo;
  • Sua verruga causa dor;
  • A cor da verruga está mudando;
  • Você sofre de uma doença autoimune como o HIV ou a AIDS;
  • Sinais de infecção como pus ou crostas ao redor da verruga são observados;
  • Sua verruga sangra;
  • Você tem verruga no rosto ou em locais sensíveis do corpo – como na boca, nas narinas ou nos órgãos genitais;
  • Você é diabético e sua verruga surgiu no pé (uma das consequências da diabetes pode ser a perda de sensibilidade).

Dá para prevenir uma verruga?

Nenhum método é infalível, mas é possível evitar o surgimento ou o espalhamento das verrugas pelo corpo com algumas medidas de higiene como:

  • Manter mãos e pés secos e livres da umidade;
  • Lavar as mãos com frequência, principalmente se você estiver próximo de alguém que tem verrugas;
  • Cobrir as verrugas com um curativo;
  • Evitar tocar nas verrugas;
  • Usar chinelos ou algum tipo de proteção nos pés ao tomar banho em vestiários ou banheiros compartilhados.

Atente para o fato de que você pode espalhar as verrugas para outras partes do corpo e até para outras pessoas. Assim, é importante não compartilhar objetos de uso pessoal que tenham contato direto com a verruga (como pedra-pomes e toalhas, por exemplo).

Muitas verrugas desaparecem sozinhas em alguns meses, mas se você optar por removê-las mais rapidamente, é importante seguir o tratamento com paciência e cuidado.

As opções de tratamentos disponíveis nas farmácias são inúmeras e muitas contam com o ácido salicílico como princípio ativo. Você pode usar esses produtos com segurança desde que siga as orientações encontradas na bula ou peça orientação para um farmacêutico ou dermatologista.

Fontes e Referências adicionais:

Você já usou algum tratamento para verruga dos que citamos acima porque possui uma verruga que o incomoda? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Helena Reich

Dra. Helena Reich Camasmie é médica dermatologista, formada pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Residências em Dermatologia e Hansenologia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Atualmente, cursando mestrado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Professora do curso de pós-graduação em dermatologia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro (PGRJ), possui título de especialista em Dermatologia e é membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Conta com 5 capítulos publicados em renomados livros da área de dermatologia e 8 artigos publicados nos últimos 5 anos em revistas indexadas. Atua nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e estética. Para mais informações, entre em contato com ela no seu Instagram (@helenadermato).

Deixe um comentário