Soro Engorda? E Soro Caseiro?

O soro para desidratação é um produto que pode ser comprado em farmácias, ter o seu ingrediente principal, os chamados sais de reidratação oral, distribuídos gratuitamente em unidades básicas de saúde ou ser preparado em casa com água, açúcar e sal (desde que com muito cuidado e nas medidas exatas).

Ele serve para auxiliar na reposição de água e sais minerais que são perdidos com a diarreia e o vômito que aparecem em casos de doenças como viroses, gastroenterite e dengue, por exemplo.

O produto é indicado para quase todas as idades – com exceção dos nenéns que ainda mamam somente no peito e de pessoas que sofrem com algumas doenças (ao menos na versão caseira do produto), como você irá conferir na parte final do artigo.

Mas é verdade que o soro engorda?

O bacharel em biologia e mestre em patobiologia Alex Folkl explicou o princípio no qual se baseia a terapia de reidratação oral com sais e fluidos.

Quando uma pessoa tem diarreia, os fluidos se movem rápido demais pelos seus intestinos, o que dificulta a sua absorção na maneira habitual, explicou Folkl. Porém, os intestinos possuem o chamado “cotransportador sódio-glicose” em sua superfície, que é uma proteína que absorve o sal muito melhor na presença de glicose.

“As soluções de reidratação oral (como o soro) simplesmente oferecem o mix certo de sal, água e glicose de modo que a absorção de sal seja maximizada, dizem Stephen e Jennifer Friedman no (livro) ‘Tintinalli’s Emergency Medicine’ (Medicina de Emergência de Tintinalli, tradução livre)”, afirmou o mestre em patobiologia.

Segundo Folkl, a reidratação oral com sais funciona porque ela é osmoticamente muito perto da composição do sangue, o que faz com que ela permaneça na corrente sanguínea quando se mover por lá e, com isso, a pessoa seja rapidamente reidratada.

“A osmolaridade é uma medida que descreve a concentração de substâncias de um fluido que são capazes de exercer uma força nesse fluido. Quanto maior for a osmolaridade, mais força é colocada no fluido, de modo que se uma solução de osmolaridade alta é colocado perto de uma solução de osmolaridade baixa, o fluido vai se mover da solução de baixa para a solução de osmolaridade alta até que as duas soluções tenham uma osmolaridade igual. Isso tem consequências práticas para os fluidos absorvidos na sua corrente sanguínea: se os fluidos nos seus intestinos são mais osmoticamente ativos do que o sangue, eles vão atrair fluidos para eles, desidratando você”, explicou o bacharel em biologia.

Mas por que é importante conhecer tudo isso quando queremos saber se o soro engorda? Porque isso enfatiza que a função de uma solução de reidratação oral com sais como o soro não é engordar ou emagrecer, é de reidratar o organismo e repor os sais minerais que o corpo perde depois de passar por um período doente.

Segundo encontramos, o pacote com sais para reidratação oral pode provocar um inchaço no abdômen, entretanto, esse efeito colateral é apresentado como não frequente e com uma tendência de ter uma expressão menos severa.

O produto também pode causar a retenção de líquidos, condição conhecida por provocar inchaço, no entanto, essa reação também é apresentada como algo com uma tendência de ter uma expressão menos severa, além de ser classificada como rara.

E a versão caseira do soro engorda?

O açúcar utilizado no tratamento com o soro caseiro é suficiente para repor as perdas (de água e sais minerais), porém, não leva à obesidade.

Mas há um porém: se utilizado em casos em que não há necessidade, ele pode ser estocado no organismo, contribuindo para ganhos de peso.

Considerações

Vamos pensar juntos: em um período doente com diarreia, vômito e desidratação, em que não consegue comer e elimina água do corpo, uma pessoa acaba ficando com a aparência de mais magro.

Uma vez que ela faz uso do soro comprado na farmácia, preparado com os sais de reidratação oral conseguidos em uma unidade básica de saúde ou do soro caseiro, segue o restante do tratamento indicado pelo médico e se recupera, ela conseguirá repor aquilo que perdeu enquanto estava doente.

Isso, no entanto, não significa que o soro engorda, apenas que a pessoa se recuperou e voltou a um estágio normal com ajuda do soro.

Cuidados com o soro caseiro

De acordo com nutricionistas, o soro caseiro deve ser preparado de maneira bastante cuidadosa e as instruções de sua receita devem ser rigorosamente obedecidas, tendo em vista que um equívoco durante a preparação pode provocar convulsões em crianças desidratadas.

Além disso, depois de pronto, ao ser provado, o soro caseiro não deve estar mais salgado do que uma lágrima.

Outro alerta passado pelos nutricionistas foi que a bebida dura, no máximo, 24 horas e caso seja necessário utilizá-la por mais dias, uma nova receita do soro caseiro deve ser preparada a cada dia. Diabéticos e pessoas com desidratação severa não devem consumir o soro caseiro.

Os hipertensos somente devem utilizar o soro caseiro com orientação médica e até saírem do quadro de desidratação.

Se os sintomas não passarem nas primeiras horas depois do uso do soro e/ou você experimentar sinais como a presença de sangue nas fezes, fezes escuras, vômito persistente, febre alta, muita desidratação (com tonturas, letargia, olhos fundos e ausência de urina nas últimas 12 horas), a recomendação é procurar o auxílio médico imediatamente.

De acordo com o Ministério da Saúde, o soro caseiro preparado à base de sal e açúcar não é considerado tão completo e exato nas dosagens necessárias quanto a bebida feita com os sais de reidratação oral, disponibilizados gratuitamente nas unidades básicas de saúde, e deve ser utilizado somente quando for impossível ter acesso a esses sais de reidratação oral.

Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido falar que soro engorda? Qual foi a última vez que precisou tomar soro por conta de uma condição de saúde? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 4,40 de 5)
Loading...

Deixe um comentário