Receita de Soro Caseiro – Como Fazer, Quando Tomar e Benefícios

Especialista:
atualizado em 23/12/2019

O soro caseiro é uma receita que leva açúcar, sal e água limpa e que serve para auxiliar o tratamento de condições como vômitos e diarreias severas.

Vamos aprender como fazer essa receita e descobrir quais são alguns dos benefícios que podem ser fornecidos ao organismo por meio da bebida?

Como fazer – Opções de receita de soro caseiro

1. Soro caseiro com colher de sopa 

Ingredientes:

  • 1 litro de água filtrada, fervida ou mineral engarrafada;
  • 1 colher de sopa bem cheia ou 2 colheres de sopa rasas de açúcar (20 g);
  • 1 colher de café de sal (3,5 g).

Modo de preparo:

  1. Colocar a água dentro de um recipiente bem limpo (jarra ou garrafa);
  2. Adicionar os outros ingredientes e misturar bem.

2. Soro caseiro com colher padrão para porção de 200 ml

Ingredientes: 

  • 2 medidas rasas de açúcar do lado maior da colher padrão (aquela colherzinha azul com uma media grande e outra pequena, que é fornecida gratuitamente em farmácias populares e postos de saúde.
  • 1 medida rasa de sal do lado menor da colher padrão;
  • 200 ml de água filtrada, fervida ou mineral engarrafada.

Modo de preparo:

  1. Colocar a água dentro de um recipiente bem limpo (jarra ou garrafa);
  2. Adicionar os outros ingredientes e misturar bem.

Além da possibilidade de preparar o soro em casa, você pode comprar o produto pronto em farmácias, estabelecimentos onde ele é comercializado pelo nome de “Sais para Reidratação Oral”. 

O produto carrega sal e glicose na dosagem exata para misturar em 1 litro de água mineral.  Além disso, também existe o soro já pronto para beber, o que facilita principalmente em casos de viagem para locais em que a água é de qualidade duvidosa.

O soro preparado em casa deve ser utilizado somente nos casos em que não é possível ter acesso ao produto já pronto, visto que existem riscos de errar a medida na hora de prepará-la em casa.

Se ainda assim só der para fazer o soro caseiro, recomenda-se usar a colher medida distribuídas nos postos de saúde e farmácias populares, já que ela garante maior segurança em relação às medidas, visto que a colher de café de sal e as duas colheres de sopa de açúcar podem trazer discrepâncias no resultado final da bebida.

O Ministério da Saúde também distribui os soros de reposição oral gratuitamente nos postos de saúde e farmácias populares. Soros caseiros já foram analisados e foram encontrados erros nas medidas de sal e de açúcar, o que pode provocar problemas para a saúde.

Quais os benefícios do soro caseiro?

O soro caseiro serve para repor a perda de fluidos que acontece durante os quadros de vômito severo e diarreia severa. Pesquisas já mostraram que a bebida é tão eficiente quanto a administração intravenosa de fluidos durante o tratamento de uma desidratação.

O soro também ajuda a reposição dos sais minerais perdidos durante o vômito e a diarreia.

Entretanto, deve-se alertar que o soro não cessa o vômito e a diarreia, somente repõe elementos perdidos durante essas condições e é importante seguir as demais recomendações do médico para o tratamento do quadro.

O soro caseiro tem sido usado desde os anos 70 no Brasil e o Ministério da Saúde afirmou que a bebida contribuir para a diminuição da mortalidade infantil provocada pela desidratação em todo o mundo.

Quando tomar o soro caseiro?

Um cuidado importante recomendado é o de consumir a bebida por meio de vários goles ao longo do dia, preferencialmente na mesma proporção em que os líquidos são perdidos por meio do vômito ou da diarreia.

O paciente também deve observar a quantidade de líquido que foi perdida e ingerir a mesma proporção de soro caseiro depois de cada ocorrência de vômito ou de diarreia.

Por sua vez, o soro caseiro pode ser ingerido juntamente com as refeições, porém, deve ser feita uma pausa caso a pessoa acabe vomitando – a ideia aqui é esperar 10 minutos e, então, tomar um pouquinho da bebida novamente.

As mulheres que se encontram em fase de amamentação de seus bebês não devem deixar de amamentar enquanto estiverem tratando-se com o soro caseiro.

Quanto de soro caseiro uma pessoa pode consumir diariamente? 

A tabelinha a seguir apresenta quantos litros de soro caseiro podem ser consumidos a cada dia por diferentes grupos de pessoas.

Idade Litros diariamente
Bebês e crianças com menos de 2 anos 0,5 litro
Crianças de 2 anos até 9 anos de idade 1 litro
Crianças com mais de 10 anos e adultos 3 litros

Cuidados com o soro caseiro

O soro caseiro deve ser preparado de maneira bastante cuidadosa e as instruções de sua receita devem ser rigorosamente obedecidas, tendo em vista que um equívoco durante a preparação pode provocar convulsões em crianças desidratadas.

Além disso, depois de pronto, ao ser provado, o soro caseiro não deve estar mais salgado do que uma lágrima.

A bebida dura, no máximo, 24 horas e caso seja necessário utilizá-la por mais dias, uma nova receita do soro caseiro deve ser preparada a cada dia. O soro pode continuar a ser tomado até a diarreia cessar.

Diabéticos e pessoas com desidratação severa não devem consumir o soro caseiro. Hipertensos somente devem utilizar o soro caseiro com orientação médica e até saírem do quadro de desidratação.

Bebês que mamam exclusivamente no peito de suas mães são outros que não devem ingerir a bebida.

Se os sintomas não passarem nas primeiras horas depois do uso do soro e/ou você experimentar sinais como a presença de sangue nas fezes, fezes escuras, vômito persistente, febre alta, muita desidratação (com tonturas, letargia, olhos fundos e ausência de urina nas últimas 12 horas), a recomendação é procurar auxílio médico imediatamente.

Você costuma fazer o seu próprio soro caseiro, ou compra os tipos prontos na farmácia? Tem costume de tomá-lo em que situações de saúde? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (8 votos, média: 3,88 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário