Suplementos

O Que São Suplementos Alimentares?

Ás vezes nos dedicamos em treinos de alta intensidade, dietas ricas em nutrientes, mas ainda assim, não conquistamos os objetivos que esperamos. Os suplementos alimentares estão se popularizando e o consumo tem sido adotado principalmente por praticantes de esportes de alta intensidade.

Publicidade

Eles podem repor diversos nutrientes fundamentais ao bom funcionamento de seu organismo, auxiliando assim em possíveis desequilíbrios. O espaço para esclarecimentos sobre o que são suplementos alimentares, para que e como funcionam é muito importante, já que eles estão sendo cada vez mais incorporados às dietas.

Atualmente podemos encontrar diversas informações contraditórias e até afirmativas sem fundamentos, as quais envolvem proibição de venda e questionamentos referentes a fabricantes específicos. A partir de agora você conhecerá um pouco mais sobre o que são suplementos alimentares, dessa forma, você poderá avaliar as funcionalidades e concluir se o consumo é válido ou não.

O que são suplementos alimentares?

Os suplementos alimentares são consumidos para contribuir a favor de um melhor desempenho atlético. Eles podem conter vitaminas, minerais, aminoácidos, carboidratos e até ervas. Eles podem ser considerados como suplementos dietéticos e possuem concentrações variadas. Sua compra pode ser efetuada sem a apresentação de receita médica, em sua grande maioria.

Os suplementos alimentares podem conter quantidades variáveis de ingredientes, ou inclusive ingredientes não informados nos rótulos, o que leva órgãos de fiscalização a proibirem a venda de determinados fabricantes.

Alguns suplementos alimentares nos EUA podem incluir substâncias que são consideradas doping, embora isso aconteça mais nos EUA com determinados tipos suplementos como termogênicos e pré-hormonais. No Brasil isso não é permitido. Os suplementos com substâncias avançadas e questionáveis são muito utilizados por atletas e pessoas que buscam melhorar o desempenho em atividades físicas de alta intensidade. Mas a maior parte da indústria de suplementos esportivos não reconhece esses produtos como suplementos confiáveis.

Vale lembrar que, embora não sejam considerados suplementos, o consumo de medicamentos que possuam hormônios do crescimento humano e que são consumidos por atletas adolescentes sem a prescrição médica podem ocasionar prejuízos à qualidade de vida dos mesmos, assim aumentando a probabilidade de ocorrência de efeitos colaterais de diversas gravidades.

A venda de esteroides, efedrina e androstenediona já foi proibida, mas há diversas contradições que não garantiram a eliminação completa das substâncias da distribuição comercial, mesmo porque alguns destes têm uso médico comprovados para algumas condições.

O ideal é que o consumo de suplementos alimentares seja indicado por um profissional da saúde e é importante que um médico faça uma avaliação das suas reais necessidades. Dessa forma você pode acompanhar os efeitos que os suplementos podem ocasionar ao seu corpo.

Como os suplementos alimentares podem reagir em seu corpo?

É fundamental que você atente para todas as informações e recomendações que envolvem um suplemento que você deseja consumir. Você deve entender que as substâncias podem oferecer efeitos positivos, mas também efeitos secundários.

Esses efeitos colaterais podem surgir devido ao consumo inadequado e impróprio ao seu organismo. Atualmente, os suplementos mais populares para praticantes de atividades físicas são os que ajudam na construção de massa muscular e os termogênicos, que aumentam a queima de calorias.

Função dos suplementos alimentares

Hoje em dia existem suplementos alimentares para saúde e também para boa forma. São muitos tipos diferentes que podem conter somente um ingrediente ou uma combinação de ingredientes. Falaremos a seguir de alguns tipos de suplementos muito procurados mas você pode se aprofundar sobre o que são os suplementos alimentares mais variados e suas funções veja nossa seção com vários tipos de suplemento alimentar.

1. Queimadores de gordura ou Termogênicos

Inicialmente, eles eram produzidos com uma substância chamada efedrina. Ela age como estimulante e pode intensificar o funcionamento do metabolismo. Os termogênicos são utilizados por pessoas que desejam reduzir o percentual de gordura e aumentar a energia a ser utilizada em treinos.

Estudos perceberam que os termogênicos com efedrina podem ocasionar problemas cardíacos e até acidente vascular cerebral, e por isso ocasionaram a eliminação dos suplementos com efedrina do mercado. Acabou-se banida em quase todo mundo a venda de efedrina, já que essa substância pode ocasionar hipertensão arterial, ataque cardíaco e até convulsões.

Atualmente os termogênicos contêm cafeína, laranja amarga, chá verde, erva-mate, cromo, guaraná e outros tantos ingredientes naturais tidos como aceleradores do metabolismo. Em algumas pessoas mais sensíveis, especialmente à cafeína, esses suplementos podem ocasionar agitação, ansiedade, inclusive aumento na frequência dos batimentos cardíacos.

2. Creatina

A substância pode ser naturalmente produzida pelo fígado, pâncreas e rins. Algumas fontes naturais de Creatina são as carnes e peixes. Esse suplemento pode ser facilmente adquirido, pois não é exigida a apresentação de receita médica.

A suplementação com Creatina pode proporcionar uma melhora na força, que pode ser conquistada a curto e a longo prazo. O consumo é indicado para atletas que praticam atividade de alta intensidade como a musculação ou treinos extensos e com curtos intervalos de recuperação. A Creatina não garante benefícios à resistência e para realização de exercícios cardiovasculares.

3. Glutamina                            

É o aminoácido mais comum contido em seus músculos. Eles são formados por mais de 61% de Glutamina, que por sua vez é composta por quase 20% de nitrogênio, o que a torna a transportadora principal de nitrogênio para as células musculares.

Durante os treinos de alta intensidade, as taxas de glutamina caem e o seu corpo perde força e resistência. Muitas vezes, seu corpo pode exigir cerca de 5 a 7 dias para retornar aos níveis regulares de glutamina. É por isso que podemos reconhecer a importância de uma suplementação de glutamina, principalmente porque ela pode contribuir significativamente para a síntese de proteínas. Esse suplemento também pode reduzir os efeitos catabólicos, o que reduz a possibilidade de degradação dos músculos.

4. BCAA

Esse suplemento é constituído por aminoácidos que contribuem para efeitos anabólicos, o que contribui para a síntese de proteínas, oferecendo suporte ao metabolismo das mesmas. Esse suplemento pode oferecer apoio também nos períodos de descanso e recuperação muscular.

O BCAA pode auxiliar no crescimento muscular principalmente devido à presença de Leucina, a qual pode estimular à síntese proteica dos músculos por um período curto.

Os efeitos não se limitam aos já citados, o BCAA também pode reduzir as fadigas musculares e dores durante os exercícios, além de contribuir para o melhor transporte de oxigênio na corrente sanguínea. A suplementação com aminoácidos é recomendada junto com uma suplementação proteica.

5. Hiperproteicos (whey protein, albumina, etc)

Eles são os favoritos, pois são consumidos por pessoas que desejam reduzir o percentual de gordura e principalmente por aqueles que desejam crescimento muscular. Esses suplementos objetivam fornecer proteínas extras ao seu corpo, e são muito adotados por pessoas que não possuem tempo para todas as refeições diárias, ou acreditam consumir poucos alimentos proteicos, se comparados aos valores apontados como suficientes para o ganho de massa magra.

As opções oferecidas pela indústria são diversas e você pode escolher uma que melhor se adeque aos seus objetivos. O consumo deve ser equilibrado, pois dosagens excessivas podem ocasionar consequências ao funcionamento hepático. Nesta categoria está o famoso whey protein.

6. Energéticos

Os suplementos energéticos, como o próprio nome já diz, visam aumentar a energia do organismo. Isso pode se dar por um fornecimento maior de carboidratos como maltodextina e dextrose ou de substâncias energéticas como cafeína, taurina, beta alanina, etc. O consumidor tem que tomar cuidado com alguns produtos chamados pré-treino já que algumas marcas colocam altas concentrações de energéticos que podem ocasionar falta de ar, palmitações e crises de ansiedade.

7. Androstenediona e DHEA

Estes não têm a venda livre no Brasil, mas são muito consumidos também. O primeiro também pode ser conhecido como andro, já o segundo possui o seguinte nome: Dehidroepiandrosterona. Eles se enquadram entre produtos pró-hormonais. Eles têm efeitos sobre a testosterona. Estudos afirmam que podem contribuir para otimizar a força, logo, garantir melhores desempenhos em treinos de alta intensidade.

Os efeitos colaterais referentes a esses suplementos alimentares não são bem conhecidos, mas pesquisadores afirmam que em casos de dosagens excessivas, os efeitos secundários podem ser similares aos ocasionados por anabolizantes de altos poderes.

O que é divulgado é que a suplementação com Andro e o DHEA pode ocasionar desequilíbrios hormonais. Eles podem oferecer efeitos secundários semelhantes aos ocasionados por esteroides anabólicos, os quais podem ser perigosos, como infertilidade, acidente vascular cerebral, Cancro testicular e até uma maior probabilidade de ocorrência de doenças cardíacas.

Um dos efeitos colaterais mais comuns é a influência sobre o crescimento, prejudicando o desenvolvimento, o que impede usuários adolescentes a atingirem a altura equivalente à idade adulta.

Suplementos podem me tornar um melhor atleta?

Agora que já entendemos o que são suplementos alimentares de cada tipo presente no mercado, vamos compreender se eles podem realmente melhorar a sua performance atlética.

Diversos profissionais acreditam que os suplementos podem ser o diferencial buscado para garantir a conquista de objetivos corporais. Estudos realizados com adultos levantaram polêmicas ao afirmar que a maior parte dos suplementos não lhe tornará mais forte, mais rápido ou mais veloz. Mas também existe uma enorme literatura a favor dos suplementos, seja pela praticidade do consumo de determinadas substâncias, seja pelo melhora da performance de fato com a ajuda de determinadas substâncias.

Não é apenas uma suplementação correta que garantirá melhora em suas habilidades atléticas, a sua dedicação deve ser completa, além de ser necessária uma avaliação sobre fatores genéticos, físicos e até envolvendo hereditariedade.

Não há eficiência em uma suplementação com uma alimentação completamente irregular. Você deve adotar hábitos saudáveis, e uma dieta equilibrada deve ser o ponto inicial, já que não haverá mudanças corporais caso você permaneça consumindo alimentos prejudiciais à sua saúde.

Crianças e adolescentes

Os suplementos alimentares não devem ser consumidos por crianças e adolescentes sem supervisão médica, pois eles podem comprometer o desenvolvimento correto do corpo. É importante que em caso de dúvidas e busca por suplementos, sejam buscadas alternativas com o acompanhamento médico.

Durma bem

Se você acredita estar se dedicando inteiramente às mudanças corporais, mas não consegue alcançar suas metas, reflita sobre o tempo reservado para o seu descanso. Um corpo em desenvolvimento necessita de pelo menos 8 horas de sono, assim, para que você conquiste a hipertrofia, o ganho de massa magra e inclusive a definição corporal, é necessário que você relaxe e deixe seu corpo se recuperar para as adversidades do dia a dia.

Alimente-se corretamente e com maior frequência

A busca pelas mudanças corporais pode sofrer interferências de onde você menos espera. Antes de buscar o que são suplementos alimentares e diversas outras alternativas, adeque-se a uma dieta equilibrada, uma alimentação saudável é ferramenta fundamental para seu corpo reagir de acordo com as suas expectativas.

Exercícios físicos

Vale ressaltar que os suplementos alimentares são voltados para um melhor desempenho até a conquista do seu corpo desejado, mas é importante que antes de priorizar uma suplementação, você escolha uma rotina mais saudável e hábitos saudáveis.

Você deve adequar uma suplementação correta à uma rotina de atividades físicas regulares, pois estas podem garantir a queima de calorias e auxiliar no crescimento de massa magra, ou seja, os exercícios devem ser adotados por todos, independente de seus objetivos corporais.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você compreendeu corretamente o que são suplementos alimentares e as funções de cada tipo? Quais você já experimentou utilizar ou tem a curiosidade? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*