Alergia ao Calor – Sintomas e Como Tratar

Especialista:
atualizado em 04/08/2020

Entenda o que é a alergia ao calor, os seus sintomas e como tratar.

Muitas pessoas reclamam que sofrem com alergia ao calor, porém que o que muitas não sabem, é que embora os sintomas sejam muito parecidos essa condição não é de fato uma alergia.

Quando você está exposto a temperaturas mais quentes e ocorre uma alteração na sua pele como uma brotoeja devido a vermelhidão e coceira ou uma espécie de vergão como a urticária pode ser que tenha o que muitos chamam de alergia ao calor.

Entenda agora o que é de fato, se tem cura, seus sintomas e como tratar.

O que é alergia ao calor

Embora os seus sintomas sejam o de uma alergia, o que é popularmente conhecido como alergia ao calor é de fato uma urticária colinérgica.

“Colinérgico” refere-se a uma parte do sistema nervoso que controla a contração muscular, a dilatação dos vasos sanguíneos e a diminuição da frequência cardíaca.

A urticária colinérgica é um tipo de erupção cutânea comumente chamada de urticária que ocorre nas algumas pessoas quando o corpo fica muito quente e transpira e geralmente se desenvolve rapidamente.

Na maioria dos casos essa condição desaparece rapidamente por conta própria, sem efeitos reais e duradouros, porém algumas pessoas podem achar que a urticária colinérgica afeta negativamente sua capacidade de se exercitar.

Raramente pessoas com urticária colinérgica podem experimentar reações graves ao calor que resultam em uma reação alérgica com risco de vida.

Outros gatilhos em potencial para essa condição são:

  • Alergias alimentares
  • Medicamentos
  • Picadas de inseto
  • Estresse
  • Arranhões na pele

Causas

Se você notar que a urticária tende a aparecer quando a temperatura do seu corpo aumenta, pode ser um sinal de que o calor é um gatilho para essa reação.

Um estudo realizado na Coréia do Sul em 2014 sobre a urticária colinérgica com 92 homens identificou vários fatores que são agravantes para a doença:

  • Banho
  • Alimentos picantes ou condimentados
  • Exercício físico
  • Estresse psicológico

Os cientistas acreditam que essas situações aumentam a temperatura corporal e fazem com que o corpo libere histamina, um composto que o corpo tende a liberar em resposta a lesões.

Em algumas pessoas a histamina faz com que elas desenvolvam a urticária colinérgica.

Sintomas

Comichões e formigamento que geralmente são pequenos inchaços vermelhos com labaredas ou círculos ao redor e queimação são alguns dos sintomas da alergia ao calor que podem surgir em qualquer parte do corpo, mas na maioria das vezes aparecem no peito, rosto, parte superior das costas e braços.

Às vezes esses sintomas podem aparecer muito próximos um do outro fazendo com que a sua pele pareça manchada e inchada.

A urticária aparece dentro de 6 minutos após o contato com um gatilho, que neste caso é o calor e duram cerca de 30 minutos a uma ou duas horas antes de desaparecerem.

Não é comum, mas você também pode ter junto com esses sintomas um ou mais dos seguintes sintomas:

  • Quantidade maior de saliva na boca
  • Diarreia
  • Pressão arterial baixa
  • Dor de cabeça
  • Falta de ar
  • Tontura
  • Batimento cardíaco acelerado
  • Dores de estômago
  • Sibilos

Diagnóstico

Se você notar que sua pele fica coçando, vermelha e manchada quando você está com calor ou faz alguns minutos de exercício físico, consulte o seu médico.

Um dermatologista (médico especialista em pele) ou alergista também pode diagnosticar a urticária colinérgica – alergia ao calor.

Ele irá perguntar a respeito dos sintomas que surgem na sua pele e o que você sente, quanto tempo duram e pedir que você corra ou ande de bicicleta ergométrica por cerca de 15 minutos para ver o que acontece com a sua pele começa a suar.

Uma injeção de metacolina, um medicamento que diminui as vias aéreas, também pode ser usada para fazer com que os inchaços apareçam.

Tratamento

Se você mora em um lugar de clima quente ou gosta de se exercitar, pode ser difícil ficar longe do calor que causa essas erupções cutâneas.

Neste caso, os anti-histamínicos, usados ​​para tratar alergias, podem ajudar a controlar esses sintomas. São eles:

  • Cetirizina (Zyrtec)
  • Fexofenadina (Allegra)
  • Difenidramina (Benadryl)
  • Loratadina (Alavert, Claritina)
  • Hidroxizina (Atarax, Vistaril)

Se os anti-histamínicos não funcionarem, seu médico poderá recomendar esteróides por um curto período de tempo ou bloqueadores dos receptores da histamina 2, como Zantac ou Tagamet.

Todos os anti-histamínicos são mais eficazes se tomados diariamente e não conforme a necessidade.

Outros tratamentos para a urticária colinérgica incluem:

  • Imunossupressores (ciclosporina, dapsona)
  • Escopolamina tópica
  • Betabloqueadores (propranolol)
  • Inibidores de leucotrieno (Singulair)
  • Danazol
  • Omalizumabe (Xolair).

Se você tiver reações sérias – como falta de ar – quando tiver urticária, ele poderá prescrever uma injeção de epinefrina para você ter sempre à mão, pois ela irá te ajudar a respirar e acabar com a urticária e inchaço.

Prevenção

Deixe a pele quente esfriar para evitar ou aliviar os comichões:

  • Use roupas largas
  • Tente tomar um banho frio, pressione um pano embebido em água fria na pele ou fique na frente de um ventilador.
  • Mantenha sua casa e quarto em uma temperatura baixa.

Alergia ao calor tem cura?

Qualquer medicamento usado não “cura” a urticária colinérgica, mas ajuda a controlar os surtos.

Quando os medicamentos são interrompidos, os comichões podem retornar.

Na maioria dos casos essa condição pode ser tratada em casa e eventualmente desaparecer por conta própria.

No entanto, você deve procurar atendimento médico imediato se ocorrer um inchaço na garganta que dificulte a respiração.

Você e seu médico podem trabalhar para identificar os gatilhos específicos de sua urticária e desenvolver um plano de prevenção com maneiras de aliviar os sintomas quando os surtos ocorrerem.

Fontes e Referências adicionais

Você já conhecia a alergia ao calor? Conhece alguém que já passou por isso? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário