Comer só Ovo emagrece? Faz mal?

Especialista da área:
atualizado em 09/03/2021

O ovo é um dos alimentos mais controversos que existem, e hora especialistas dizem que faz mal, hora que faz bem, mas será que comer só ovo emagrece? Será que faz mal de alguma forma?

  Continua Depois da Publicidade  

Primeiramente, vale ressaltar que o ovo é uma ótima fonte de proteínas e outros nutrientes importantes, como vitamina A, vitamina B2, vitamina B6, vitamina B12, vitamina D, vitamina E, vitamina K, selênio, zinco, ferro e cobre.

Além disso ele é um alimento barato e prático, o que o torna ideal para quem tem uma vida corrida.

Então, vamos conhecer alguns fatos sobre o ovo, descobrir se comer só este alimento emagrece e se faz mal.

Comer só ovo emagrece?

Ovos na cesta

Não há dúvidas de que o ovo pode ser um excelente aliado de quem quer ou precisa emagrecer, devido principalmente ao seu teor de proteínas.

Isso acontece porque alimentos ricos em proteínas são conhecidos por reduzir o apetite e aumentar a saciedade, ajudando assim a reduzir a quantidade de calorias consumida durante o dia.

Entretanto, isso não significa que você deva comer apenas ovo em todas as refeições, ou que deva substituir alimentos mais calóricos pelo ovo.

Até porque mais importante do que perder peso é emagrecer com saúde, e fica muito difícil conseguir fazer isso consumindo somente um tipo de alimento.

Comer só ovo faz mal?

A resposta curta é sim, comer apenas ovo e excluir outros alimentos da dieta faz mal para a saúde.

O que acontece nesses casos é que, apesar de o ovo ser um alimento nutritivo, existem nutrientes que não estão presentes nele. Assim, alguém que coma apenas ovos vai acabar desenvolvendo algum tipo de deficiência de vitaminas ou minerais.

  Continua Depois da Publicidade  

A insuficiência na ingestão calórica

Outro risco trazido pelo método de comer somente ovo para emagrecer é o de consumir uma quantidade muito baixa de calorias.

E à primeira vista, isso não é um problema, principalmente para quem quer perder peso. Mas o corpo precisa de calorias para funcionar, e ingerir uma quantidade muito pequena delas pode levar o corpo a diminuir o metabolismo, e assim gastar menos energia.

Por isso, mesmo quem está fazendo alguma dieta de restrição calórica, é preciso consumir uma quantidade mínima de calorias para manter o funcionamento do organismo.

Assim, consumir menos de 1000 ou 1200 calorias diariamente pode causar problemas como:

  • Fraqueza;
  • Intolerância ao frio;
  • Fadiga;
  • Irregularidade no período menstrual;
  • Constipação.

Além disso, o fato de perder peso muito rápido em uma dieta com restrição de calorias pode provocar problemas associados à desnutrição, desequilíbrio de eletrólitos, perda de minerais nos ossos e até mesmo risco de morte, em casos extremos.

Outro problema é que o corpo passa a queimar músculos no lugar de gordura, o que desacelera a taxa metabólica, dificultando a perda de peso e levando à perda de massa magra.

E, por fim, uma dieta muito restritiva, como a do ovo, pode até levar à perda de peso, mas além dos danos à saúde, pode também ocorrer o efeito sanfona.

Esse efeito acontece quando, após uma dieta, a pessoa recupera todo o peso perdido e pode até mesmo ganhar alguns quilos a mais.

  Continua Depois da Publicidade  

Método pode provocar a perda de água e não de gorduras

Além de prejudicar a saúde, o peso perdido em uma dieta do ovo seria de água e não de gordura.

Isso acontece devido à mudança na ingestão de carboidratos, pois o corpo não precisa de tanta água para armazenar a energia que os carboidratos fornecem.

Então, o seu corpo elimina água que agora não é mais necessária, e é por isso que a perda de peso é tão rápida e visível.

Mas quando você começa a comer os carboidratos novamente, a água retorna e o seu peso volta ao normal.

Mas, se você deseja diminuir a quantidade de carboidratos em sua dieta para estimular o emagrecimento, faça isso com o acompanhamento de um nutricionista, para não prejudicar a sua saúde.

Você já tinha ouvido falar que comer só ovo emagrece? Conhece alguém que tenha feito a chamada dieta do ovo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média 4,83)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário