Como Tomar BCAA?

Branch Chain Amino Acids (BCAA), são, em sua tradução, aminoácidos de cadeia ramificada. Este suplemento é formado por três aminoácidos que não são produzidos pelo organismo, são eles: Valina, Leucina e Isoleucina; estes estão presentes em 35% dos músculos estriados do corpo humano.

O corpo humano precisa de cerca de 20 aminoácidos para o funcionamento correto de todos os setores do organismo, incluindo a construção da massa muscular. Porém, nem todos os aminoácidos são produzidos pelo corpo, alguns precisam ser ingeridos por meio da alimentação ou por suplementos, como é o caso do BCAA e tantos outros disponíveis no mercado. Vamos explicar o que são aminoácidos, quais os benefícios e como tomar BCAA como suplementação.

O que são aminoácidos, afinal?

Aminoácidos são moléculas orgânicas que possuem átomos de carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio. Estes compostos, ligados entre si, formam um aminoácido. Os aminoácidos se interligam por meio de ligações peptídicas, formando proteínas. Os aminoácidos essenciais são aqueles que o corpo humano não consegue produzir, como é o caso do grupo do BCAA. Já os não essenciais são os que são produzidos pelo próprio organismo.

Quando dizemos, portanto, que um alimento é rico em proteínas, isso pode nos levar à conclusão de que ele também é rico em aminoácidos. Proteínas e seus aminoácidos, para concluir, são de primordial importância para a construção do tecido muscular.

Efeitos e Benefícios do BCAA

O grupo de aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA) é diretamente metabolizado nos músculos. Isso é de grande interesse para atletas e pessoas que almejam a hipertrofia, pois esse composto é utilizado diretamente como fonte de energia para recuperar os músculos e construir novas proteínas (principal papel do aminoácido).

Esses aminoácidos são responsáveis por potencializarem a síntese das proteínas que compõem os músculos e reduzirem o efeito do catabolismo (que é a utilização das proteínas como fonte de energia que, por consequência, acaba degradando os músculos). Além disso, o BCAA encurta o tempo de recuperação muscular pós-treino, aumenta a resistência muscular, aumenta a energia durante o processo de dieta, preserva o glicogênio e diminui a fadiga dos músculos.

O BCAA ainda estimula a produção de insulina, hormônio conhecido por ser anabólico. Com a elevação da insulina, há uma maior absorção de aminoácidos e demais nutrientes, sendo essa uma função primordial na construção da massa muscular. Permite, ainda, maior entrada de glicose nas células, garantindo maior energia e vitalidade nos treinos. Para atingir todos esses benefícios, deve-se entender como tomar BCAA corretamente. Vamos esclarecer esses fatos a seguir.

Como tomar BCAA

O ideal recomendado é consumir de 4g a 6g de BCAA, antes e depois dos exercícios mais intensos. A diferença entre o BCAA em formato de cápsulas e o líquido é que este apresenta maior velocidade de absorção pelo corpo.

Com relação à quantidade de cápsulas BCAA que é recomendada, o ideal é consumir de 2 a 5 delas antes e depois do treino. O problema dessa ingestão elevada de cápsulas é que estas podem gerar irritabilidade no estômago, por isso é preferível a forma líquida do produto.

Aliado a uma dieta equilibrada e a exercícios físicos frequentes, o BCAA será de excelente ajuda na definição dos grupos musculares do corpo. Sozinho, nenhum suplemento gera efeitos.

Em outras palavras, pode-se dizer que a quantidade recomendada de BCAA por dia está relacionada ao peso do consumidor. Aproximadamente, deve-se tomar 0,20g do produto por quilo corporal.

Os aminoácidos do BCAA nos alimentos

Leucina, isoleucina e valina, aminoácidos encontrados no BCAA, são facilmente encontrados em alimentos. Carnes e produtos lácteos, por exemplo, possuem os três aminoácidos citados.

Em números, 20g de proteínas (encontradas em, por exemplo, 100g de carne vermelha) possuem 2,5g de BCAA. Destas, 1g é de valina, 0,9 de isoleucina e 1,6g de leucina. Consumindo de 200g a 250g de carne vermelha, cobre-se tranquilamente a quantidade diária recomendada de BCAA.

A vantagem do suplemento é que este estará privado de diversas substâncias nocivas à saúde que são encontradas nas carnes, como o colesterol e gorduras.

Cuidados

Como dica geral, vale lembra que deve-se seguir a bula do suplemento para entender como tomar BCAA corretamente. O excesso de qualquer suplemento, mesmo os que são formados por ligações peptídicas (como no caso do BCAA), pode e deverá trazer diversos malefícios ao corpo. Durante a sua quebra no estômago, a ligação peptídica desnaturada pode causar tensão e estresse renal. Isso gera diversos desconfortos e náuseas, podendo levar a quadros sérios de cálculos renais e acúmulo de amônia nos rins.

BCAA engorda ou ajuda a emagrecer?

BCAA não possui nenhuma propriedade termogênica e apenas se utilizado com uma dieta emagrecedora, aliada aos exercícios físicos, é que BCAA poderá gerar algum efeito na perda de peso. Com relação ao ganho de peso, BCAA não engorda, já que aminoácidos não contêm calorias ou carboidratos.

Você já experimentou a suplementação de BCAA? Como foram os seus resultados? Se ainda não, por que e quais são os seus suplementos preferidos? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (76 votos, média: 3,75 de 5)
Loading...

10 comentários em “Como Tomar BCAA?”

  1. Na bula do suplemento pede-se pra tomar 8 cápsulas ao dia. Devo seguir a bula ou não posso ultrapassar 5 cápsulas ao dia?

  2. Bom dia! Venho através desse site, pedir informações quanto ao tomar o BCAA devo tomar tbm nos dias de descanso, sendo que uso antes e depois dos treinos de musculação tomando uma cápsula?
    sendo assim está correto?

Deixe um comentário