Recipientes plásticos

Compostos Químicos Presentes em Recipientes Plásticos Podem Reduzir Níveis de Vitamina D

Você provavelmente já sabe como a vitamina D é importante para sua saúde. Se você tem uma deficiência de vitamina D, você pode aumentar o risco de depressão, demência, doença cardíaca, câncer e praticamente todos os outros problemas de saúde que te mantêm acordado à noite.

A má notícia é que mais de um terço da população mundial sofre de baixa vitamina D. E a pior notícia é que algumas substâncias químicas muito comuns encontradas em seus cosméticos, produtos de limpeza e embalagens de alimentos podem estar reduzindo ainda mais seus níveis de D – especialmente se você for mulher, de acordo com um novo estudo da Universidade de Michigan.

Usando dados de exames de urina coletados de mais de 4.000 adultos, os pesquisadores da Universidade descobriram que as pessoas que tinham os níveis mais altos de ftalatos e bisfenol A (BPA) também tendiam a ter níveis baixos de vitamina D. Em particular, as mulheres que haviam elevado BPA ou ftalato em sua urina eram mais suscetíveis a serem deficientes em vitamina D.

Embora não seja claro ainda como esses produtos químicos reduzem seus níveis de vitamina D, existem algumas teorias, segundo o co-autor do estudo John Meeker, professor de Ciências da Saúde Ambiental em Michigan.

Ambos podem quebrar enzimas digestivas e metabólicas que ajudam a converter a vitamina D em algo que seu corpo pode usar, diz Meeker. Também é possível que esses produtos químicos acabem com o equilíbrio de cálcio em seu organismo, que por sua vez limita a atividade da vitamina D em seu sistema.

No entanto, mais pesquisas são necessárias para compreender todos os detalhes de causa e efeito, inclusive por que esses produtos químicos podem prejudicar os níveis de vitamina D nas mulheres mais do que nos homens, acrescenta Meeker.

Ambos os produtos químicos são disruptores endócrinos, o que significa que eles podem mexer com a forma como o seu corpo produz ou regula seus hormônios.

Os ftalatos são uma classe de produtos químicos usados para tornar os recipientes de plástico e outros materiais mais flexíveis. Eles também são adicionados a produtos de cuidados pessoais para evitar o enfraquecimento de fragâncias. Pesquisa ligaram ftalatos a diabetes, câncer de mama e obesidade.

O BPA é usado no revestimento de latas e recipientes de alimentos plásticos, e também em muitos plásticos duros. É ligado a doenças cardíacas, ansiedade e uma série de outras doenças.

Portanto, mesmo que estas substâncias não diminuam seus níveis de vitamina D, você deveria prestar mais atenção nelas. Como você pode fazer isso?

Não é tão fácil, diz Meeker. Esses produtos químicos estão em toda parte. “No entanto, é possível reduzir a exposição limitando o uso de produtos contendo plástico, encontrando alternativas naturais aos produtos de cuidados pessoais e limitando o consumo de alimentos altamente processados e embalados”.

Basicamente, tente comprar e comer alimentos integrais não processados, sempre que possível. Mesmo latas ou plásticos livres de BPA podem não ser mais seguros para você. Há alguns produtos de beleza pessoal “verdes” não tóxicos, que podem reduzir suas exposições a substâncias químicas. Comprar cosméticos e outros produtos de cuidados com o corpo sem fragrância também pode ajudar a evitar a exposição a ftalatos.

Environmental Working Group tem um banco de dados com informações sobre produtos químicos em cosméticos e produtos de cuidados pessoais, bem como muitos outros recursos, para ajudar a evitar ftalatos e BPA.

Embora obter mais vitamina D através da exposição ao sol, dieta e suplementos também possa ajudar, não está claro se quantidades aumentadas de vitamina D a partir destas fontes pode sobrepor os ftalatos e BPA que o seu corpo já tiver absorvido. Por enquanto, sua melhor aposta é mesmo reduzir a exposição a estes produtos químicos.

Você tem o costume de utilizar estes recipientes plásticos e outros produtos que contêm estes dois produtos químicos que podem ser prejudiciais? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite


ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*