Concussão cerebral – O que é, sintomas e tratamento

Especialista da área:
atualizado em 16/04/2021

Bateu a cabeça e acha que pode ter tido uma concussão? Então, entenda o que é a concussão cerebral além dos sintomas e tratamento.

  Continua Depois da Publicidade  

Comum em esportes de contato, a concussão cerebral é um tipo de traumatismo craniano.

É comum que após uma pancada você sinta uma dor de cabeça forte, mas se sinta bem. Mesmo que você ache que é só uma dor que vai passar, o ideal é ir ao médico para ver se não houve uma lesão cerebral.

Ela é caracterizada pela perda transitória da consciência – ou seja, em que a pessoa fica desacordada por alguns segundos.

Uma concussão cerebral pode ser leve ou mais grave. Por isso, não deixe de ir ao médico para avaliar se houve algum dano importante.

O que é a concussão cerebral

A concussão cerebral é uma lesão que pode acontecer com atletas e também com pessoas normais. Em geral, as causas incluem:

  • Prática de esportes de contato, como o basquete ou o futebol, por exemplo;
  • Acidentes de carro;
  • Quedas acidentais;
  • Pancadas na cabeça.

Esse traumatismo na cabeça geralmente causa perda de consciência e precisa de avaliação médica imediata.

  Continua Depois da Publicidade  

Sintomas da concussão cerebral

homem com cabeça enfaixada

Esse tipo de traumatismo craniano causa sintomas porque a função cerebral é afetada pela lesão – ainda que o prejuízo seja breve ou temporário.

Assim, é necessário notar se a pessoa que sofreu a lesão teve algum dos sintomas abaixo:

  • Perda de memória recente;
  • Incapacidade de manter pensamento coerente;
  • Confusão;
  • Dificuldade de concentração;
  • Dor de cabeça;
  • Problemas na visão;
  • Tontura;
  • Sonolência excessiva;
  • Náusea e vômito;
  • Irritabilidade;
  • Desequilíbrio;
  • Fotofobia;
  • Perda de audição ou olfato.

Atenção para sinais como sonolência ou confusão mental que podem indicar uma hemorragia

Além disso, eles nem sempre surgem na hora do trauma. Por isso, não deixe de ir ao médico para checar

Tratamento

Antes de mais nada, ao suspeitar de uma concussão, vá até o pronto socorro mais próximo.

Lá, o médico vai avaliar a situação e, se necessário, irá solicitar exames de imagem como a tomografia computadorizada ou a ressonância magnética, por exemplo.

  Continua Depois da Publicidade  

O tratamento varia de acordo com a gravidade dos sintomas.

Em casos graves, pode ser necessário o tratamento cirúrgico. Isso é indicado, por exemplo, quando os exames identificam:

  • Lesão grave no cérebro;
  • Inchaço cerebral;
  • Sangramento no cérebro.

No entanto, a maioria dos casos é bem mais simples de tratar. De fato, quando o cérebro volta a função normal e não é constatada nenhuma lesão, o tratamento consiste em alguns cuidados relativamente simples, como por exemplo:

  • Ficar em observação por 24 horas no hospital ou em casa (se alguém passar o dia com você);
  • Repousar bastante;
  • Evitar exercícios físicos por pelo menos 24 horas;
  • Limitar atividades que exigem muita concentração por alguns dias;
  • Usar analgésicos de venda livre, como por exemplo o paracetamol se houver dor de cabeça.

Mas, se mesmo depois de ser liberado pelo médico, você voltar a sentir qualquer sintoma, é recomendado voltar ao hospital para uma nova avaliação.

Fontes e Referências Adicionais

Você já sofreu algum tipo de concussão cerebral? Comente então abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. João Hollanda

Dr. João Hollanda é Médico Ortopedista - CRM-SP 113136. Formou-se pela Santa Casa de São Paulo, com especialização em cirurgia do joelho. É também médico da Seleção Brasileira de Futebol Feminino desde 2016 e médico voluntário do Grupo de Traumatologia do Esporte da Santa Casa de São Paulo desde 2010. Tem experiência de trabalho prévio com a Confederação Brasileira de Vela, Cisne Negro Companhia de Dança, Escola de Dança do Teatro Municipal de São Paulo, Equipe de Ginástica Artística de Guarulhos. Já trabalhou como Médico nos Jogos Panamericanos Rio 2007, e foi Médico do Time Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Trabalhou junto a organização Médicos Sem Fronteiras no Afeganistão e no Haiti, e junto a organização Expedicionários da Saúde no Haiti. Dr. João Hollanda é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos. Você pode entrar em contato com o Dr. João através de seu site.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário