Conheça a Atividade que Michael Phelps Escolheu Para se Recuperar das Olimpíadas

Especialista:
atualizado em 14/01/2020

Como você acha que um atleta olímpico faz para se recuperar após os jogos? E se estivermos falando simplesmente do maior vencedor olímpico da história? Michael Phelps, que ganhou impressionantes seis medalhas no Rio 2016 e aposentou-se da natação, tem evitado as piscinas nas suas primeiras semanas de aposentadoria.

O americano juntou-se agora à sua noiva Nicole Johnson numa sessão de Barre 3, que é uma espécie de treino inspirado no ballet com barra, em Scottsdale, Arizona, no fim de semana. O evento foi documentado no Instagram de sua noiva, como você pode conferir abaixo.

“Nos divertimos assistindo a Phelps praticar o Barre3”, escreveu Johnson na legenda.

Apesar da impressão de que Phelps pode ter se saído não muito bem durante a aula, o esforço do nadador é certamente louvável. Treinos de barre fitness são uma ótima maneira de praticar algum treinamento de força, principalmente se você não gosta de musculação.

As aulas geralmente se concentram em movimentos lentos e repetitivos para atingir grupos musculares importantes, como o seu core (região central do corpo) e os braços. Recentes pesquisas mostram cada vez mais que exercícios de força como o Barre podem promover a boa saúde dos ossos e melhorar o seu equilíbrio.

barre

Encontrar o equilíbrio é o objetivo principal de tudo que se pratica no barre. E ele começa com os treinos: cada aula trabalha estrategicamente para construir a força e flexibilidade para o equilíbrio corporal ideal e melhor postura.

As aulas do barre fitness combina elementos do ballet, do yoga e do pilates com exercícios projetados para transformar seu corpo e melhorar seu equilíbrio. As aulas são multifuncionais e voltadas para qualquer idade ou sexo. Os exercícios são feitos em uma barra de ballet, e trabalham o corpo todo, de dentro para fora, como vimos acima proporcionando força, equilíbrio e flexibilidade.

As aulas costumam durar 60 minutos e são feitas ao embalo de muita música. Os primeiros exercícios são voltados para as pernas, em que cada postura dura de 30 segundos a 2 minutos, dependendo do nível de dificuldade.

A próxima parte do corpo trabalhada são os braços, e você pode ao mesmo tempo trabalhar as pernas, mantendo-se na ponta dos pés. O abdômen ou core é o próximo foco, com exercícios que usam um tapete de yoga e uma bola. Por último, vem o alongamento, que promove um momento relaxante, alongando-se todos os músculos trabalhados ao som de uma música relaxante.

O agora ex-atleta olímpico juntou-se a milhares de praticantes que descobriram uma boa maneira de se manter ativo e praticar alguma atividade física (o que pode ajudar a manter uma pessoa motivada e em forma, mesmo após a aposentadoria, como é o caso do ex-atleta de alta performance).

Palmas para Phelps por dar uma chance à prática, e principalmente por se manter ativo logo nas primeiras semanas após as Olimpíadas.

Você já tinha ouvido falar desta atividade que Michael Phelps experimentou praticar após as Olimpíadas? O que você faria se fosse um atleta como ele e acabasse de se aposentar? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é personal trainer, formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário