Dieta para artrite reumatoide e a relação com sintomas

Especialista:
atualizado em 30/10/2020

Saiba como deve ser uma dieta para artrite, quais alimentos evitar e quais consumir e qual é a relação deles com o surgimento dos sintomas.

A dieta pode influenciar de forma significativa nossa saúde. Consequentemente, ela também afeta o modo como vivemos. Portanto, não é surpresa que ela pode ajudar a aliviar sintomas ou prejudicar condições preexistentes.

A artrite, por exemplo, é uma doença que pode ser agravada se você não souber escolher seus alimentos. Esta condição consiste na inflamação de uma ou mais articulações.

A inflamação causa dor e rigidez nestas articulações e pode piorar com a idade. No entanto, uma dieta equilibrada pode ajudar você a evitar isso. Descubra o que não comer com artrite e, principalmente, como a dieta pode afetar seus sintomas.

Estudo procurou avaliar impacto da dieta nos pacientes com artrite

Primeiramente, você precisa compreender que existem mais de 100 tipos diferentes de artrite. Todas com causas diversas e até mesmo diferentes tratamentos.

Uma das formas mais comuns, no entanto, é a artrite reumatoide. Pesquisadores de diversos países avaliam como amenizar os sintomas da condição. Um estudo indiano comprovou que uma dieta pode ajudar a evitar ou aliviar os sintomas da doença.

O estudo realizou uma revisão de cerca de 194 pesquisas. O objetivo era determinar quais são os alimentos e grupos alimentares mais indicados para quem sofre de artrite.

A dieta para artrite passa por uma modificação no estilo de vida

O estudo determinou, entre outras coisas, que frutas, cereais integrais e fontes de gorduras boas são excelentes para amenizar os sintomas. Peixes e azeite de oliva, por exemplo, possuem propriedades anti-inflamatórias que podem aliviar a inflamação nas articulações.

Além disso, o estudo também mostrou a eficácia de ervas e especiarias na ação anti-inflamatória. De acordo com a pesquisa, estes tipos de alimentos ajudam a amenizar sintomas e fortalecem as juntas.

Ainda de acordo com o estudo, alimentos e produtos que equilibram a flora intestinal também são indicados numa dieta para artrite.

No entanto, os especialistas alertam que apenas uma dieta saudável não é o suficiente. O reumatologista Fábio Jennings, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), explica que a alimentação deve ser encarada como coadjuvante.

Para Jennings, o que fará a diferença é o estilo de vida, juntamente com os remédios receitados pelos especialistas.

Alimentos para evitar na dieta para artrite

Conforme vimos com o estudo, a dieta auxilia a aliviar os sintomas da artrite. Do mesmo modo que você deve saber o que comer, precisa saber quais alimentos evitar.

Separamos uma pequena lista de alimentos que podem agravar a condição. Saiba quais são eles e evite o consumo para evitar maiores dores causadas pela artrite!

  • Alto teor de açúcar ou sal: comidas e bebidas com alto teor de açúcar como refrigerantes e sorvetes podem agravar os sintomas. Da mesma forma, comidas com alto teor de sódio como pizzas e queijos gordurosos também são prejudiciais.
  • Comidas altamente processadas: outro tipo de alimento para manter longe de uma dieta para artrite são os alimentos altamente processados, como fast food e cereais matinais que são geralmente ricos em grãos refinados, açúcar e conservantes. Todos estes ingredientes potencializam a inflamação e podem piorar os sintomas da artrite.
  • Carnes vermelhas: algumas pesquisas relacionam a carne vermelha e processada ao aumento da inflamação. Sendo assim, estes alimentos podem piorar os sintomas da artrite.
  • Comidas com glúten: O glúten é um grupo de proteínas do trigo, cevada e centeio. Algumas pesquisas ligam alimentos com glúten ao aumento da inflamação.

Escolha os alimentos certos para evitar complicações com a artrite

Além destes alimentos, as pesquisas avaliadas pelo estudo indiano também relacionaram o álcool ao aumento dos sintomas da artrite reumatoide. Do mesmo modo, alguns óleos vegetais podem ajudar a agravar a condição.

O estudo averiguou ainda que dietas ricas em ácido graxos ômega-6 e pobres em ômega-3 podem piorar os sintomas da artrite reumatoide. Em suma, para evitar a complicação da artrite, preste atenção nestes alimentos!

Você possui artrite e tem cuidado da sua alimentação para evitar os sintomas da doença? Conte para a gente nos comentários!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dr. João Hollanda

Dr. João Hollanda é Médico Ortopedista - CRM-SP 113136. Formou-se pela Santa Casa de São Paulo, com especialização em cirurgia do joelho. É também médico da Seleção Brasileira de Futebol Feminino desde 2016 e médico voluntário do Grupo de Traumatologia do Esporte da Santa Casa de São Paulo desde 2010. Tem experiência de trabalho prévio com a Confederação Brasileira de Vela, Cisne Negro Companhia de Dança, Escola de Dança do Teatro Municipal de São Paulo, Equipe de Ginástica Artística de Guarulhos. Já trabalhou como Médico nos Jogos Panamericanos Rio 2007, e foi Médico do Time Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Trabalhou junto a organização Médicos Sem Fronteiras no Afeganistão e no Haiti, e junto a organização Expedicionários da Saúde no Haiti. Dr. João Hollanda é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos. Você pode entrar em contato com o Dr. João através de seu site.

Deixe um comentário