Água no joelho – Sintomas e como tratar

Especialista da área:
atualizado em 09/06/2021

A água no joelho é um tipo de inflamação que pode ocorrer no joelho. Saiba como reconhecer os sintomas e como tratar.

  Continua Depois da Publicidade  

Você já ouviu falar de líquido sinovial? Esse é um líquido que serve para lubrificar o joelho. De fato, a presença do líquido sinovial é muito importante para proteger as articulações do joelho.

No entanto, o excesso desse líquido pode gerar dor no joelho causada por uma inflamação – que é justamente a água no joelho.

O vazamento do líquido sinovial pode ocorrer depois de uma lesão ou por causa de doenças inflamatórias, como por exemplo:

  • Artrite;
  • Artrose;
  • Hemofilia;
  • Gota.

Além disso, também é possível que ocorra o acúmulo de líquido sinovial por causa do esforço repetitivo. Mas, independentemente da causa, os sintomas são os mesmos.

Sintomas

A saber, outros nomes para a água no joelho são derrame articular no joelho ou sinovite. A inflamação é relativamente fácil de perceber porque causa os seguintes sintomas:

  • Dor no joelho;
  • Inchaço local;
  • Dor nas articulações;
  • Dificuldade de movimento;
  • Fraqueza muscular;
  • Pele quente ou sensível ao toque.

Como tratar

compressa no joelho

Antes de mais nada, é importante ir ao médico para descartar doenças como a artrite que precisa de tratamento específico. Aliás, veja o que é e como tratar a artrite.

Remédios e procedimentos

O tratamento mais comum para a sinovite consiste nas seguintes opções:

  • Remédios anti-inflamatórios como o ibuprofeno;
  • Corticosteróides;
  • Remédios anti reumáticos, se a causa for uma artrite inflamatória;
  • Punção para remover o excesso de líquido sinovial, se necessário;
  • Cirurgia de remoção do tecido sinovial em casos crônicos da doença.

Tratamento caseiro da sinovite

Além dos remédios prescritos para reduzir a inflamação, você pode fazer algumas coisas para melhorar os sintomas, como por exemplo:

  • Descansar bastante;
  • Aplicar compressa fria na área com inflamação;
  • Evitar o esforço excessivo por alguns dias.

Aliás, vale ressaltar que a sinovite pode causar danos permanentes nas articulações se ela não for tratada. Ao longo do tempo, esses danos podem se estender para os tendões e prejudicar sua mobilidade.

  Continua Depois da Publicidade  

Para evitar que isso aconteça, seu médico pode pedir que você consulte um fisioterapeuta. Este profissional vai te orientar sobre como fortalecer a sua musculatura de forma segura, evitando problemas de mobilidade no futuro.

Apesar de ser rara a necessidade de fazer uma cirurgia para tirar água do joelho, é importante você saber que a recuperação é lenta. Dependendo da técnica cirúrgica, a recuperação pode variar de 6 a 8 semanas.

Portanto, para evitar ainda mais transtornos, nunca deixe de investigar a causa da sua dor no joelho, pois assim você vai conseguir tratar a sinovite mais rapidamente e reduzir o risco de complicações.

Fontes e referências adicionais

Você já teve sintomas de água no joelho? Como foi o tratamento indicado pelo médico? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. João Hollanda

Dr. João Hollanda é Médico Ortopedista - CRM-SP 113136. Formou-se pela Santa Casa de São Paulo, com especialização em cirurgia do joelho. É também médico da Seleção Brasileira de Futebol Feminino desde 2016 e médico voluntário do Grupo de Traumatologia do Esporte da Santa Casa de São Paulo desde 2010. Tem experiência de trabalho prévio com a Confederação Brasileira de Vela, Cisne Negro Companhia de Dança, Escola de Dança do Teatro Municipal de São Paulo, Equipe de Ginástica Artística de Guarulhos. Já trabalhou como Médico nos Jogos Panamericanos Rio 2007, e foi Médico do Time Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Trabalhou junto a organização Médicos Sem Fronteiras no Afeganistão e no Haiti, e junto a organização Expedicionários da Saúde no Haiti. Dr. João Hollanda é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos. Você pode entrar em contato com o Dr. João através de seu site.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário