Anti-CCP: o que é, para que serve, como é feito e resultados

Especialista da área:
atualizado em 10/05/2022

O exame anti-CCP é usado no diagnóstico da artrite reumatoide, uma doença inflamatória crônica que afeta as articulações do corpo. 

Veja o que é o anti-CCP, para que serve esse exame, como é feito e como entender seus resultados. 

  Continua Depois da Publicidade  

O que é o anti-CCP?

Artrite
O exame anti-CCP é feito para diagnosticar a artrite reumatoide

O anti-CCP é um autoanticorpo, ou seja, um anticorpo produzido pelo sistema imunológico, que ataca uma proteína própria do nosso organismo, o peptídeo citrulinado cíclico. 

Pelo fato dos anticorpos reconhecerem uma proteína própria do organismo como uma invasora, a artrite reumatoide é considerada uma doença autoimune

Essa proteína, o peptídeo citrulinado cíclico, está presente na membrana sinovial inflamada de pacientes com artrite reumatoide ativa, ou seja, sintomática. 

As articulações do nosso sistema esquelético são envolvidas por cápsulas articulares, que mantêm a união entre os ossos e restringem a amplitude de movimento dentro do limite natural. 

A camada mais interna dessa cápsula é membrana sinovial, cuja função é produzir o líquido sinovial, que tem uma consistência parecida com clara de ovo e serve para lubrificar e nutrir as cartilagens e permitir um deslizamento suave entre os ossos. 

  Continua Depois da Publicidade  

Pessoas com artrite reumatóide possuem autoanticorpos anti-CCP no líquido sinovial, pois ali eles atacam o peptídeo citrulinado cíclico da membrana sinovial e causam a inflamação articular crônica, característica da doença. 

Com o tempo, essa inflamação leva à deformidade e destruição progressiva das articulações, por causa do desgaste do osso e da cartilagem. Como resultado desse processo inflamatório, a pessoa sente:

  • Rigidez matinal
  • Dor nas articulações
  • Limitação da função, ou seja, dificuldade para realizar alguns movimentos. 

Para que serve o exame anti-CCP? 

Esse exame tem como finalidade detectar a presença de autoanticorpos anti-CCP no sangue, que só estão presentes em níveis elevados em pessoas com artrite reumatoide, servindo, assim, como uma ferramenta diagnóstica

O exame anti-CCP também serve para diferenciar a artrite reumatoide de outros tipos de artrite

O exame também pode ser solicitado quando a pessoa apresenta sintomas sugestivos de artrite reumatoide, mas não atende a todos os critérios clínicos estabelecidos pelo Colégio Americano de Reumatologia (ACR)

Estudos mostraram que 95% dessas pessoas com anti-CCP positivo desenvolvem artrite reumatoide no futuro. Por isso, este teste também é útil para o diagnóstico precoce da doença. 

  Continua Depois da Publicidade  

Normalmente, esse exame é realizado juntamente com o teste do fator reumatóide, que também é um exame usado no diagnóstico da artrite reumatóide. Entretanto, o teste do fator reumatóide é menos específico do que o anti-CCP, pois ele também dá positivo quando a pessoa tem lúpus ou síndrome de Sjögren. 

Assim, o teste do fator reumatoide é usado, muitas vezes, como um teste de triagem. Se ele der positivo, o médico ou médica pode pedir o anti-CCP, para confirmar o resultado. 

Como é feito o exame anti-CCP?

Exame de sangue
O exame anti-CCP é feito a partir de um exame de sangue comum

Primeiramente, é feita a coleta de sangue da veia periférica (do braço). Essa amostra de sangue é enviada ao laboratório para separar a parte do soro das células sanguíneas. A partir disso, as células são descartadas e só se utiliza o soro, que é onde os anticorpos ficam diluídos. 

O soro segue para uma análise de interação antígeno-anticorpo, utilizando uma técnica chamada ELISA. Esta é uma técnica de análise colorimétrica, ou seja, se o autoanticorpo anti-CCP estiver presente na amostra da pessoa, a reação muda de cor (resultado positivo).

A intensidade da cor também permite a quantificação do autoanticorpo presente na amostra, então é possível saber se os níveis de anti-CCP no sangue estão acima do normal. 

Resultados do exame anti-CCP

Segundo a Revista Brasileira de Reumatologia, as amostras são consideradas negativas para o anticorpo anti-CCP, quando os valores são abaixo de 25 Ul/mL e positivas, quando são superiores a 25 Ul/mL. 

  Continua Depois da Publicidade  

Valores abaixo de 25 Ul/mL são comuns em pessoas que não têm a doença artrite reumatoide. 

Como na maioria das vezes o exame anti-CCP é solicitado juntamente com o teste do fator reumatoide, os resultados são interpretados da seguinte forma:

  • Se a pessoa for positiva nos dois testes, é provável que ela tenha artrite reumatoide e que vá desenvolver a forma mais severa da doença. 
  • Se a pessoa for positiva para o anti-CCP e negativa para o fator reumatoide, provavelmente ainda está na fase inicial da doença ou irá desenvolvê-la no futuro. 
  • Se a pessoa for negativa para o anti-CCP e positiva para o fator reumatóide, os sintomas e sinais clínicos têm maior significância para o diagnóstico, uma vez que o teste do fator reumatoide não é específico para a artrite reumatóide.
  • Se a pessoa for negativa nos dois testes, o médico ou médica reumatologista fará o diagnóstico utilizando os outros critérios de diagnóstico, que se baseia nos sinais e sintomas da doença. 

O exame anti-CCP é muito importante, mas nunca é usado como único parâmetro. Seu resultado é sempre interpretado juntamente com os outros critérios diagnósticos. 

Fontes e referências adicionais

Você suspeita que tem artrite reumatoide? Quais sintomas te levaram a desconfiar de artrite reumatoide? Já tinha ouvido falar do exame anti-CCP? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. João Hollanda

Dr. João Hollanda é Médico Ortopedista - CRM-SP 113136. Formou-se pela Santa Casa de São Paulo, com especialização em cirurgia do joelho. É também médico da Seleção Brasileira de Futebol Feminino desde 2016 e médico voluntário do Grupo de Traumatologia do Esporte da Santa Casa de São Paulo desde 2010. Tem experiência de trabalho prévio com a Confederação Brasileira de Vela, Cisne Negro Companhia de Dança, Escola de Dança do Teatro Municipal de São Paulo, Equipe de Ginástica Artística de Guarulhos. Já trabalhou como Médico nos Jogos Panamericanos Rio 2007, e foi Médico do Time Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Trabalhou junto a organização Médicos Sem Fronteiras no Afeganistão e no Haiti, e junto a organização Expedicionários da Saúde no Haiti. Dr. João Hollanda é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos. Você pode entrar em contato com o Dr. João através de seu site.

Deixe um comentário