Lista de Alimentos que Contêm Glúten

Especialista:
atualizado em 12/05/2020

Veja uma lista de alimentos que contêm glúten, o que é glúten e aprenda se você está entre as pessoas que devem evitá-los.

Atualmente, o glúten é um nutriente bastante controverso, e embora muitas fontes afirmem que ele é seguro com exceção às pessoas que têm doença celíaca, alguns especialistas em saúde acreditam que ele é prejudicial para a maioria das pessoas.

Existem sintomas da alergia ao glúten que é bom você conhecer para saber se você é celíaco. Mas será glúten faz mal mesmo? Veja o que é o glúten e prepare-se para conhecer uma lista de alimentos que contêm glúten mais abaixo.

O que é glúten

Glúten é uma família de proteínas encontradas em grãos como trigo, cevada, centeio e espelta, sendo o trigo o mais consumido pelas pessoas em todo o mundo.

As duas principais proteínas do glúten são a glutenina e a gliadina, sendo a última a responsável pela maioria dos efeitos negativos à saúde.

Quando uma farinha é misturada com água, as proteínas do glúten formam uma rede pegajosa que possui uma consistência semelhante à cola.

É essa propriedade que torna a massa elástica e dá ao pão e a outras massas a capacidade de crescer quando assadas e também fornece a textura mastigável e satisfatória.

Veja agora uma lista dos alimentos que contém glúten.

Alimentos que contêm glúten

– Grãos e seus derivados

  • Trigo;
  • Grãos de trigo;
  • Centeio;
  • Farinhas;
  • Trigo durum;
  • Cevada;
  • Grão de Kamut ou Trigo Khorasan;
  • Semolina;
  • Levedura de cerveja;
  • Farro;
  • Espelta ou trigo vermelho;
  • Trigo Einkorn;
  • Várias formas de maltes, incluindo: farinha de cevada maltada, leite ou batidos maltados, xarope de malte, vinagre de malte, extrato de malte e aromatizante de malte;
  • Amido de trigo que não foi processado para remover a presença de glúten abaixo de 20 ppm;
  • Massas: Bolinhos, nhoques, raviólis;
  • Macarrão (Macarrão de arroz e de feijões não contêm glúten);
  • Pães e pastelarias: Croissants, naan, bagels, pão de milho, pães de batata, bolos, rosquinhas, wraps, tortas, pães no geral;
  • Biscoitos e bolachas;
  • Cereais e granola: flocos de milho e cereais de arroz que geralmente contêm extrato/aroma de malte e granola geralmente fabricada com aveia comum e não aveia sem glúten;
  • Panquecas;
  • Waffles;
  • Crepes;
  • Rabanadas;
  • Farinha de rosca;
  • Molhos que usam farinha de trigo como espessante;
  • Molho de soja tradicional;
  • Tortilhas de farinha;
  • Cerveja (a menos que seja explicitamente sem glúten) bem como qualquer bebida de malte.

Alimentos que podem conter glúten

Você deve verificar os rótulos desses alimentos com o fabricante ou equipe de cozinha.

  • Algumas barras de granola;
  • Batatas fritas industrializadas (tipo chips) – tenha cuidado com a massa que contém farinha de trigo;
  • Batatas fritas: alguns temperos podem conter vinagre de malte ou amido de milho;
  • Carnes processadas;
  • Substitutos de carne feitos com seitan (glúten de trigo), como linguiça, hambúrgueres, bacon e frutos do mar vegetarianos;
  • Molhos para saladas e marinadas – podem conter vinagre de malte, farinha ou molho de soja;
  • Doces como balas, chicletes, pirulitos, etc;
  • Barras de chocolate;
  • Molho de soja, porém o tamari feito sem trigo não contém glúten;
  • Tortilhas de vários grãos ou “artesanais” que não sejam totalmente à base de milho podem conter um ingrediente a base de trigo;
  • Aves com molhos;
  • Amido ou dextrina, se presente em um produto de aves ou carne ele pode ser de qualquer grão, incluindo trigo;
  • Sopas – preste atenção às sopas à base de creme que contém farinha como espessante. Muitas sopas também contêm cevada;
  • Recheios de cheesecake – algumas receitas incluem farinha de trigo;
  • Xarope de arroz integral – pode ser feito com enzimas de cevada;
  • Ovos servidos em restaurantes – alguns restaurantes colocam massa de panqueca em seus ovos mexidos e omeletes, porém ao natural os ovos não contêm glúten.

Bebidas destiladas e vinagres

A maioria das bebidas e vinagres destilados não contêm glúten, já que eles não contêm peptídeos prejudiciais ao glúten.

Pesquisas indicam que o peptídeo do glúten é muito grande para ser transportado no processo de destilação, deixando a bebida livre de glúten.

Embora bebidas destiladas e vinhos não contenham, cervejas lagers, ales, bebidas de malte e vinagres de malte feitos com grãos que contenham glúten não são destiladas, portanto, não são livres de glúten.

Outros itens que você deve verificar lendo o rótulo ou direto com o fabricante:

  • Batom, brilho e protetor labial porque são ingeridos por acidente;
  • Suplementos nutricionais;
  • Suplementos de ervas;
  • Hóstia;
  • Medicamentos vendidos sem receita;
  • Vitaminas;
  • Massinha para brincar: as crianças podem tocar a boca ou comer depois de manusear a massinha que é feita à base de trigo. Para uma alternativa mais segura, faça as massinhas em casa com trigo sem glúten.

Contato cruzado

Ao preparar qualquer alimento sem glúten, é importante evitar o contato cruzado.

Esse contato ocorre quando alimentos ou ingredientes entram em contato com o glúten, geralmente através de utensílios compartilhados ou de um ambiente de cozimento/armazenamento compartilhado.

Para que um alimento seja seguro para alguém intolerante ao glúten, ele não deve entrar em contato com alimentos que contêm glúten.

Locais onde o contato cruzado pode ocorrer:

  • Escorredores;
  • Peneiras de farinhas;
  • Torradeiras também usadas para pães com glúten;
  • Tábuas de corte;
  • Frituras feitas em óleo compartilhado com produtos à milanesa;
  • Condimentos com manteiga, manteiga de amendoim, mostarda, geleia e maionese podem ficar contaminados através dos utensílios usados em alimentos que contêm glúten e são mergulhados nesses produtos;
  • Batatas fritas;
  • A farinha de trigo pode permanecer no ar por muitas horas em uma padaria ou casa e contaminar superfícies e utensílios usados para preparação que estão expostos bem como produtos sem glúten que estão descobertos;
  • Produtos de panificação não certificados;
  • Pizza – as pizzarias que oferecem massas sem glúten às vezes não controlam o contato cruzado com as outras massas à base de trigo;
  • Aveia – o contato cruzado pode ocorrer no campo quando a aveia é cultivada lado a lado com o trigo, por isso selecione apenas aveia especificamente rotulada como sem glúten;
  • Lixeiras presentes em supermercados e restaurantes.

Quem deve evitar o glúten

Para a maioria das pessoas, evitar os alimentos que contêm glúten é algo desnecessário, mas para pessoas com certas condições de saúde removê-lo de sua dieta irá fazer uma grande diferença.

Além disso, vale a pena ressaltar que tirar o glúten da dieta não causa nenhum problema à saúde, já que não há nutrientes nos grãos de glúten que você não possa obter através de outros alimentos.

Um alimento sem glúten não significa que ele é mais saudável do que suas versões com glúten.

Pessoas que devem evitar o glúten:

– Aquelas com sensibilidade ao glúten

Uma pessoa que sofre com sensibilidade ou intolerância ao glúten pode sentir alguns sintomas após ingerir essa proteína.

Alguns deles são: inchaço, dores abdominais, dores de cabeça, diarreia, constipação e fadiga após comer essa proteína.

Neste caso, eliminar os alimentos que contêm glúten da dieta pode melhorar os sintomas.

– Com doença celíaca

A doença celíaca é uma doença autoimune em que a intolerância ao glúten pode danificar o intestino delgado. Ela causa danos intestinais, dores físicas e baixa absorção de nutrientes.

Algumas pessoas que sofrem com essa doença não apresentam sintomas, porém, uma pessoa com doença celíaca deve manter uma dieta completamente livre de glúten.

Não faça um auto-diagnóstico

O glúten deve estar presente no corpo para que a pessoa receba um diagnóstico preciso da doença celíaca, pois ele produz anticorpos depois que uma pessoa com sensibilidade o consome.

Só então um médico poderá identificá-lo.

Se você suspeita que os produtos com glúten ou trigo estejam te causando irritação ou alergias, deve conversar com um médico ou nutricionista antes de adotar uma dieta sem glúten.

Referências Adicionais:

Você já conhecia todos os alimentos que contêm glúten? Consome muito algum desses e pretende evitar? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário