Doença periodontal – O que é, sintomas e tratamento

Especialista da área:
atualizado em 26/02/2021

A doença periodontal afeta as gengivas e pode ser tão grave a ponto de levar à perda de dentes. Entenda então o que é essa doença, quais são os sintomas e o tratamento.

  Continua Depois da Publicidade  

Se você está com um sangramento, sensibilidade ou dor frequente na gengiva, pode ser que você esteja com a doença periodontal. Aliás, confira outras doenças bucais comuns e como tratá-las.

Chamada também de doença gengival, a doença periodontal é séria e precisa de tratamento o quanto antes.

Doença periodontal – O que é

A doença periodontal ou periodontite é uma condição que afeta toda a região ao redor do dente. Isso significa que se trata de uma inflamação na gengiva, no ligamento ou no osso que fica em volta do dente.

Em geral, ela é causada pelo acúmulo de bactérias que formam uma placa bacteriana ao redor dos dentes. Essas bactérias liberam toxinas que causam a doença periodontal.

De acordo com a American Academy of Periodontology, a placa em excesso pode se espalhar para baixo da linha da gengiva. Nesse caso, fica ainda mais difícil de remover a placa bacteriana por meio da escovação e a doença vai progredindo lentamente.

Estágios da doença

Por progredir aos poucos, os dentistas classificam as doenças periodontais em 2 fases: a gengivite e a periodontite.

O primeiro estágio da doença periodontal é a gengivite. Essa é uma infecção crônica que afeta apenas as gengivas, que podem apresentar sintomas como, por exemplo:

  • Vermelhidão;
  • Sangramento;
  • Sensibilidade;
  • Dor.

Apesar de crônica, essa etapa da doença é reversível se o tratamento for precoce. Mas, quando não tratada, a gengivite progride para a periodontite – que é o segundo estágio da doença periodontal. Neste caso, a inflamação é mais grave, pois afeta o periodonto.

A saber, o periodonto é composto pelo tecido, ligamento e osso que fica ao redor do dente. Além da inflamação que compromete essas estruturas que dão suporte ao dente, as bactérias liberam toxinas que destroem o periodonto.

  Continua Depois da Publicidade  

Infelizmente, o dano é muitas vezes irreversível, podendo levar então à perda óssea.

Sendo assim, a doença periodontal precisa de um bom tratamento não só para evitar a perda de dentes, mas também para evitar que a infecção se espalhe para mais tecidos.

Por fim, quando a periodontite já está em estágios mais avançados, o dentista pode classificar a doença como periodontite crônica ou necrosante.

No primeiro caso, a periodontite está avançada, mas progride lentamente. Por outro lado, no caso da doença periodontal necrosante, é constatada a morte do tecido gengival.

Sintomas

dor na gengiva

Alguns dos sinais de alerta que indicam uma doença periodontal são, por exemplo:

  • Gengiva inchada;
  • Sensibilidade;
  • Sangramento ao escovar os dentes;
  • Gengiva vermelha;
  • Dor para mastigar;
  • Mau hálito ou gosto ruim na boca;
  • Gengiva afastada do dente.

Outros sinais aos quais você deve estar atento são:

  • Acúmulo de tártaro;
  • Formação de bolsas que começam a cobrir os dentes;
  • Pus ao redor do dente ou da gengiva;
  • Dente mole.

Tratamento

tratando a doença periodontal

Nem sempre todos os sintomas aparecem. Portanto, é importante procurar um dentista ou um periodontista para uma avaliação o quanto antes. Aliás, quanto antes a doença começa a ser tratada, menores são os danos à saúde bucal e mais fácil é o tratamento.

Os possíveis tipos de tratamento são:

  Continua Depois da Publicidade  

1. Limpeza profissional

Apesar de a escovação e o uso de fio dental serem essenciais no tratamento e na prevenção da doença periodontal, é o dentista que deve fazer o trabalho pesado.

Uma limpeza profissional com raspagem para remoção da placa bacteriana e do tártaro acumulado é indispensável. Dessa forma, o dentista vai remover o excesso de placa que você não está sendo capaz de eliminar sozinho.

Certamente, ele também pode te orientar quanto à forma mais eficaz de higienizar a linha da gengiva, além de prescrever pasta de dentes ou enxaguantes bucais especiais contendo clorexidina em sua composição.

Aliás, veja também essas dicas de como higienizar a boca corretamente.

2. Antibióticos

Em alguns casos, o dentista prescreve um antibiótico para reduzir a infecção e eliminar as bactérias da região periodontal.

Mas esse é um tratamento que deve ser seguido à risca e apenas quando indicado por um dentista. 

3. Cirurgia periodontal

Às vezes, a doença periodontal está tão avançada que já existem bolsas ao redor dos dentes. De fato, elas dificultam muito a limpeza diária e também a limpeza feita pelo dentista.

Em casos como esse, uma opção é a cirurgia periodontal. O procedimento consiste em pequenos cortes na gengiva para eliminar as bolsas a fim de facilitar a higiene e parar o crescimento da placa bacteriana no local.

Apesar de ser uma cirurgia, o procedimento é simples. Mas você deve ingerir alimentos líquidos ou pastosos nos primeiros dias e evitar alimentos quentes nos primeiros dias após a cirurgia.

4. Cirurgia de enxerto de gengiva

Há casos em que a gengiva começa a retrair e expor cada vez mais os dentes. Nesse caso, o dentista pode fazer uma cirurgia de enxerto para proteger as raízes expostas e evitar mais problemas.

No procedimento, o dentista remove tecido gengival de outro lugar da boca – como do céu da boca, por exemplo – para cobrir a raiz do dente.

5. Outros tratamentos

Caso o osso ao redor do dente tenha sido afetado, o dentista pode expor a raiz para fazer um enxerto ósseo. Desse modo, o corpo recebe um estímulo para regenerar o osso do local.

Enquanto isso, nos casos em que a perda óssea é significativa, é necessário remover o dente afetado.

Prevenindo a doença periodontal

Às vezes, não é possível reverter os danos causados pela doença periodontal. Por isso, a prevenção é tão importante.

Além de visitar seu dentista com frequência, tenha bons hábitos alimentares e de higiene bucal.

Fontes e Referências Adicionais

Você já sabia sobre os sintomas e perigos da periodontite para a saúde? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário