Mancha vermelha na pele – O que pode ser e o que fazer

Especialista da área:
atualizado em 27/08/2021

Uma mancha vermelha na pele pode surgir por motivos que variam de uma simples irritação até uma infecção ou doença crônica.

  Continua Depois da Publicidade  

De fato, as manchas podem ser inofensivas como uma espinha, por exemplo, ou representar um problema mais sério como uma doença autoimune. Nem sempre é fácil identificar a causa desse problema.

Aliás, quando a mancha incomoda, se espalha pelo corpo ou surge junto com outros sintomas, é indispensável consultar um dermatologista para determinar a causa e iniciar o tratamento. 

Entretanto existem algumas características e sintomas comuns a determinadas manchas vermelhas na pele, o que torna possível o seu diagnóstico inicial.

Portanto, compare os seus sintomas com as possíveis causas e entenda o que pode ser e o que fazer para tratá-las.

mancha vermelha

Pitiríase rósea

Em geral ocorre uma mancha vermelha descamativa maior com várias outras menores, principalmente nos braços e tronco. Não costumam gerar coceira e desaparecem mesmo sem tratamento. Sintomas adicionais podem ocorrer, mas são raros:

  • Febre;
  • Dor de cabeça;
  • Dor de garganta;
  • Comichão na pele.

O que fazer

A pitiríase rósea normalmente desaparece sem precisar de um tratamento específico. Porém, é possível usar uma loção calmante na pele para aliviar os sintomas enquanto a pele se recupera da inflamação.

Dermatite de contato

A dermatite de contato acontece quando a pele entra em contato com uma substância alérgena, como por exemplo perfumes, cremes e produtos de limpeza.

Além da vermelhidão, é comum a ocorrência de sintomas como:

  • Inchaço;
  • Coceira;
  • Descamação da pele;
  • Queimação;
  • Bolhas que podem conter pus.

O que fazer

Você pode usar cremes e remédios anti-histamínicos para controlar a reação alérgica. Mas é importante determinar o que causou a dermatite de contato para evitar novas alergias.

  Continua Depois da Publicidade  

Brotoeja

pele vermelha

A brotoeja ocorre quando os poros da pele ficam entupidos pelo suor. Por isso, a condição é bem comum no calor.

De fato, o entupimento dos poros impede a chegada do suor na superfície da pele. Com isso, formam-se pequenas bolhas avermelhadas que podem conter pus. Além disso, também é comum a coceira e a dor.

O que fazer

Usar roupas mais frescas. Compressas ou banho com amido de milho aliviam e acalmam de forma natural. Se a coceira for muito intensa, outros cremes podem ser necessários

Cobreiro

O cobreiro na pele (ou herpes zoster) é uma infecção viral causada pelo mesmo vírus da catapora. Logo antes da pele ficar vermelha, ocorre uma sensação de coceira e formigamento na pele, em seguida começam a surgir bolhas localizadas só numa área do corpo.

O que fazer

Para o tratamento do herpes zoster é necessário medicação antiviral oral em doses altas. É importante procurar ajuda médica logo, pois quando não tratado adequadamente pode deixar uma dor local como sequela. Existe vacina para herpes zoster, indicada para todos os idosos acima de 60 anos.

Rosácea

É um problema muito comum que causa vermelhidão no rosto, principalmente na região das bochechas e ao redor da boca. Em graus mais avançados podem surgir bolinhas vermelhas e bolinhas de pus que confundem com espinhas. A vermelhidão costuma piorar com exposição solar ou com a ingestão de alimentos condimentados e vinho.

O que fazer

Utilizar filtro solar diariamente mesmo em casa e cremes calmantes ou a base de ivermectina. Pode ser necessário o uso de antibiótico em creme ou oral. O dermatologista pode indicar a necessidade de luz intensa pulsada e toxina botulínica no consultório.

Picadas de insetos

mordida de inseto

Insetos que picam a pele podem deixar manchas vermelhas. Além disso, é comum sofrer com irritação, dor e inchaço após uma picada.

  Continua Depois da Publicidade  

O que fazer

A picada de inseto geralmente não precisa de tratamento, mas você pode usar remédios para picadas de inseto para aliviar o desconforto na pele e acelerar a cicatrização.

Celulite bacteriana

A celulite bacteriana é uma infecção que afeta as camadas profundas da pele, deixando o local visivelmente inchado, sensível e avermelhado. Em alguns casos, também é possível observar:

  • Febre ou calafrio;
  • Náusea;
  • Sonolência;
  • Fadiga;
  • Dificuldade de concentração;
  • Suor frio.

O que fazer

O uso de antibióticos prescritos é importante para eliminar as bactérias responsáveis pela infecção.

Escarlatina

É uma doença que costuma afetar mais as crianças. Em geral ocorre febre alta, dor de garganta intensa e manchas vermelhas pelo corpo. Outros sintomas como náuseas e vômitos também podem surgir.

O que fazer

Por se tratar de uma infecção bacteriana, é importante usar antibióticos prescritos por um médico para eliminar a bactéria.

Esquistossomose

Conhecida popularmente como “coceira do nadador”, a esquistossomose é uma erupção cutânea que pode surgir após o contato com água contaminada por um parasita.

Além da vermelhidão na pele, a esquistossomose pode causar coceira, queimação e bolhas.

O que fazer

Apesar do desconforto, as manchas somem da pele sem precisar de tratamento. Mas se a coceira for muito intensa, você pode investir em um creme anticoceira para aliviar.

Dermatite atópica

dermatite

A dermatite atópica é um tipo de dermatite com predisposição genética, que afeta mais crianças e adolescentes. Ocorrem manchas vermelhas em geral nas dobras dos braços e das pernas.

Outros sintomas são:

  • Secura na pele;
  • Pele rachada;
  • Dor;
  • Coceira;
  • Bolhas com pus amarelo.

O que fazer

Evitar banhos quentes e demorados, utilizar sabonetes que mantenham o mesmo pH da pele, hidratar bastante a pele e nas crises utilizar pomadas de corticoide ou outras medicações indicadas pelo dermatologista.

Foliculite

A foliculite é uma condição em que os folículos capilares da pele inflamam por conta da presença de fungos ou bactérias. Além da inflamação que pode causar dor e coceira, a foliculite pode deixar a pele avermelhada e com bolhas de pus.

O que fazer

Normalmente, a foliculite melhora sozinha em alguns dias. Mas você pode contar com a ajuda de compressas quentes e de um sabonete antisséptico para manter o local limpo. Casos mais extensos podem precisar de antibióticos em creme.

Se a foliculite ocorre repetidamente em áreas do uso da lâmina de barbear ou cera depilatória, é indicado o tratamento de depilação a laser

Micose 

A micose é uma das várias doenças causadas por fungos. Geralmente, a mancha na pele tem a borda mais escura e fica um pouco mais elevada do que o resto da pele.

O que fazer

Doenças fúngicas são tratadas com remédios antifúngicos. Também é importante caprichar nos cuidados básicos com a higiene, deixando a pele sempre limpa e seca, para evitar que a micose se espalhe para outras partes do seu corpo e para outras pessoas.

Líquen plano

O líquen plano é uma condição em que aparecem manchas roxas e avermelhadas em várias partes do corpo, especialmente no pulso, costas e tornozelos. Além disso, a pele também pode ficar áspera e com coceira.

O que fazer

O dermatologista pode indicar o uso de cremes, remédios prescritos e terapia de exposição à luz para ajudar a controlar os sintomas, já que a doença não tem cura.

Psoríase

psoríase

Essa doença de pele causa manchas vermelhas escamosas, principalmente nos joelhos, cotovelos e couro cabeludo. Essas manchas podem vir acompanhadas por coceira intensa, descamação e queimação.

O que fazer

Como existem vários tipos de psoríase, é importante ir ao médico para receber um diagnóstico e iniciar o tratamento que pode envolver o uso de cremes, remédios injetáveis e terapia de luz.

Lúpus

Doenças autoimunes como o lúpus ocorrem quando o sistema imunológico passa a atacar tecidos saudáveis, causando uma inflamação constante.

Um dos sintomas do lúpus é justamente uma mancha vermelha que geralmente aparece no rosto.

O que fazer

O lúpus é uma doença crônica que precisa ser tratada durante toda a vida. Apenas um médico é capaz de indicar o tratamento adequado para controlar os sintomas desta condição.

Outras causas e dicas

As manchas vermelhas na pele também podem indicar uma alergia, uma queimadura solar ou até mesmo uma assadura. 

Para reduzir o desconforto e acelerar a recuperação da pele, é importante seguir as dicas abaixo:

  • Lave a pele com sabão neutro ou sabonete para pele sensível;
  • Evite esfregar a mancha;
  • Mantenha a pele sempre limpa e seca;
  • Use cremes com calamina para acalmar a pele;
  • Deixe a pele respirar, evitando cobrir totalmente a mancha com curativos ou bandagens;
  • Evite lavar o local com água muito quente;
  • Mantenha a pele bem hidratada;
  • Suspenda, ao menos temporariamente, o uso de produtos perfumados na pele.

Por último, se a mancha vermelha não melhorar ou se espalhar, é hora de voltar ao dermatologista para ver quais medidas adicionais podem ser necessárias.

Fontes e referências adicionais

Você já teve algum tipo de mancha na pele? Conseguiu tratá-la? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto ainda)
Loading...
Sobre Dra. Alessandra Drummond

Dra. Alessandra Drummond é médica dermatologista, graduada em medicina na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), pós graduada em dermatologia no Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay. Felowship no Hospital Arcispedale Santa Maria Nueva, Reggio Emília, Itália. Tem diversas publicações em revistas científicas indexadas, participa constantemente de congressos e conferências nacionais e internacionais, na área da dermatologia clínica, cirúrgica e cosmiatria. Para mais informações, entre em contato com ela no seu site.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário