4 Doenças causadas por fungos mais comuns e tratamento

Especialista da área:
atualizado em 03/03/2021

Além de bactérias e vírus, existem milhões de fungos no ambiente ao nosso redor. Conheça então as doenças causadas por fungos mais comuns e como é o tratamento.

  Continua Depois da Publicidade  

As micoses são as doenças causadas por fungos mais famosas. Provavelmente você já teve ou conhece alguém que já teve micose e que precisou de remédios para micose.

Embora a maioria seja inofensiva, algumas infecções fúngicas podem ser perigosas para a saúde.

Os fungos estão presentes em todo lugar – no ar, no solo, na água, nas plantas e até no nosso corpo. Nem todos fazem mal à saúde, mas alguns podem causar doenças que você precisa tratar.

A maioria das doenças causadas por fungos geram os mesmos sintomas. Confira então quais são os sintomas e as doenças mais comuns.

Sintomas

Como a maioria dos fungos infectam a pele, os principais sintomas são:

  • Coceira;
  • Vermelhidão;
  • Pele escamosa;
  • Descamação;
  • Bolhas;
  • Irritação na pele;
  • Pele rachada.

Principais doenças causadas por fungos

fungos no cogumelo

Qualquer parte do corpo está sujeita a infecções fúngicas, mas é mais comum que elas se desenvolvam nos pés e nas mãos. Veja abaixo quais são elas:

1. Micose

Existem muitos tipos de micose que podem afetar a pele. A micose (conhecida também como dermatofitose ou Tinea) se desenvolve em locais da pele que acumulam umidade com facilidade, como por exemplo:

A micose é facilmente identificada por meio da coceira, irritação e descamação características da infecção.

Aliás, uma micose bem comum é a micose de praia – chamada também de pano branco – que geralmente surge depois de ir à praia descalço.

  Continua Depois da Publicidade  

2. Pé-de-atleta

O pé-de-atleta (Tinea pedis) é uma infecção fúngica muito comum – principalmente em pessoas que frequentam vestiários compartilhados.

Esse fungo gosta de viver em locais úmidos e quentes. Por isso, ele tem bastante facilidade em se instalar nos pés ou nos dedos dos pés de atletas.

A infecção, chamada também de frieira, é transmitida pelos pés descalços – principalmente no verão. Ao entrar em contato com os pés, o fungo pode sobreviver porque as meias e os sapatos tornam o ambiente propício para ele.

Apesar do nome, o pé-de-atleta também pode atingir as mãos e as unhas.

3. Candidíase

A candidíase é causada por fungos que fazem parte da família Candida. Ela é uma infecção que pode afetar a pele, a unha, a boca e o órgão genital feminino.

Na boca, o fungo Candida albicans causa o sapinho, uma infecção facilmente transmitida através da saliva. Mas o fungo também pode se instalar na pele, na unha e nas mucosas genitais.

Se houver suspeita de uma infecção fúngica vaginal, é muito importante buscar tratamento. Além do desconforto, a infecção pode indicar um desequilíbrio hormonal que precisa ser tratado.

4. Onicomicose

A onicomicose (Tinea unguium) é uma infecção fungica nas unhas das mãos ou dos pés. Os sinais da doença incluem uma mancha na unha que pode aumentar de tamanho e mudar de formato.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, a unha tende a ficar fraca, grossa e a se desprender da pele.

Embora a recuperação seja lenta, é possível tratar essa condição com um esmalte especial e com medidas preventivas a fim de evitar a propagação da infecção para outras unhas.

Aproveite e veja também o que as unhas dizem sobre a saúde e por que é importante observá-las.  

Outras infecções fúngicas

Certamente, há muitos outros tipos de doenças fúngicas que podem ocorrer, como por exemplo:

  • Esporotricose: uma infecção que pode ser transmitida por animais ou superfícies contaminadas;
  • Paracoccidioidomicose: uma micose progressiva;
  • Aspergilose: infecção fúngica que afeta os pulmões;
  • Histoplasmose: uma doença fúngica que também ocorre nos pulmões.

Apesar de pouco comuns, essas doenças também podem ser observadas e costumam ter consequência mais sérias. Por isso, fique atento e relate ao seu médico qualquer sintoma suspeito.

Tratamento e prevenção para doenças causadas por fungos

homem colocando as meias nos pés secos

A maior parte das infecções causadas por fungos são tratadas com cremes ou pomadas antifúngicas.

Certamente, remédios de uso oral também são úteis em alguns casos, embora sejam menos comuns do que as pomadas.

No caso de infecções no couro cabeludo ou nas unhas, o uso de shampoos ou esmaltes especiais pode ser necessário.

Além do tratamento, é importante tomar alguns cuidados para não espalhar a infecção para outras partes do corpo ou para outra pessoa. 

Evite a umidade

Mantenha os pés e outras partes do corpo sempre secos após o banho. Se você é uma pessoa com suor excessivo, o uso de talco nos pés pode ajudar a mantê-los secos e saudáveis.

Além disso, evite roupas que apertam muito ou que não deixam a pele respirar. Os tecidos de algodão são os mais indicados para prevenção de fungos.

Não divida ou empreste objetos de uso pessoal

Nunca se sabe quando alguém está com um fungo. Sendo assim, evite emprestar itens pessoais como cremes, escovas de cabelo e toalhas.

Não ande descalço

Evitar andar descalço – principalmente em banheiros compartilhados ou ao redor de piscinas, por exemplo – pode te livrar de uma infecção fúngica. Assim, se você não estiver na sua casa, a melhor opção é andar calçado.

Mantenha a higiene

Por fim, lave suas mãos com bastante frequência, principalmente depois de frequentar locais públicos ou passar a mão em animais.

Além de te proteger contra fungos, o hábito de lavar as mãos evita uma série de outras doenças.

Se você quer saber mais sobre doenças fúngicas e seu tratamento, não deixe de conferir o vídeo a seguir em que a nossa nutricionista fala sobre o tratamento e prevenção da candidíase:

Fontes e Referências Adicionais

Você já teve contato com alguma dessas doenças causadas por fungos? Se sim, como foi o tratamento? Comente aqui!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário