Foliculite – Causas, sintomas e tratamento

Especialista da área:
atualizado em 02/03/2021

A inflamação nos folículos capilares é bem comum depois de certos métodos de depilação. Veja então as causas, sintomas e tratamento da foliculite.

  Continua Depois da Publicidade  

A foliculite é uma inflamação ou infecção na pele que afeta os folículos pilosos. Ela pode acontecer em qualquer lugar que cresça pelo, inclusive no couro cabeludo.

Às vezes, a foliculite é confundida com a acne ou com uma erupção na pele. Por isso, é bom saber as características da foliculite para saber diferenciar de uma espinha, por exemplo. Aliás, veja também como tratar a espinha inflamada.

A saber, os locais mais comuns de ter foliculite são:

  • Coxas;
  • Nádegas;
  • Pescoço;
  • Axila.

Por outro lado, nos homens, a foliculite é bastante comum na barba devido à alta frequência de depilação.

Sintomas de foliculite

homem com foliculite

Por ser uma inflamação, a foliculite pode causar sintomas como:

  • Vermelhidão na pele;
  • Pequenas crostas na pele;
  • Dor;
  • Saliências que surgem ao redor dos folículos capilares;
  • Lesões na pele que parecem espinhas com a ponta branca;
  • Coceira;
  • Queimação;
  • Bolhas com pus;
  • Inchaço ou pequenas protuberâncias na pele; 
  • Febre.

Em alguns casos, a foliculite também pode estar associada a pelos encravados, embora sejam coisas diferentes.

Causas

Na maioria dos casos, a foliculite é causada por bactérias ou fungos. A saber, a bactéria responsável pela foliculite é a Staphylococcus aureus. 

A contaminação é muito fácil porque esses microrganismos estão presentes na pele e em itens de uso pessoal de pessoas contaminadas.

Sendo assim, é possível se contaminar através do contato corporal e por meio do uso de objetos como toalhas ou roupas emprestadas. Além disso, essas bactérias e fungos também estão em piscinas e vestiários públicos.

  Continua Depois da Publicidade  

Além do contato com certos fungos e bactérias, existem muitos fatores de risco que podem elevar o risco de foliculite. São eles:

  • Usar roupas muito apertadas;
  • Vestir roupas que irritam a pele;
  • Ter lesões na pele por causa do barbear ou da depilação;
  • Sofrer de suor excessivo;
  • Ter dermatite;
  • Demorar para tomar banho após o treino;
  • Estar com o sistema imunológico fraco.

Tratamento da foliculite

O tratamento da infecção depende de diversos fatores, como por exemplo:

  • Local afetado;
  • Sensibilidade da pele;
  • Tipo de infecção: bacteriana ou fúngica.

1. Medicamentos

Por exemplo, no caso de foliculite no couro cabeludo o tratamento é geralmente feito com um shampoo contendo cetoconazol. Trata-se de um shampoo antifúngico, já que a infecção no couro cabeludo é geralmente causada por fungos.

Enquanto isso, quando a coceira é insuportável, um anti-histamínico pode aliviar a irritação na pele.

Por fim, se o médico suspeitar de uma infecção bacteriana, ele pode receitar um antibiótico como a eritromicina ou a clindamicina. 

Em geral, o uso de antibióticos é necessário ou recomendado quando a foliculite é crônica ou quando há risco de complicações como o surgimento de furúnculos e carbúnculos.

2. Procedimentos

De acordo com um estudo de 2013 da revista Photodiagnosis and Photodynamic Therapy, a terapia de luz melhora os sintomas da foliculite profunda.

Além disso, a depilação a laser também costuma ajudar no tratamento e também na prevenção de uma nova inflamação.

  Continua Depois da Publicidade  

3. Remédios caseiros

Apesar de ser possível tratar a foliculite com remédios, o tratamento caseiro é normalmente suficiente. Aliás, em muitos casos a foliculite se resolve sozinha e nem precisa de intervenção médica.

No entanto, a foliculite incomoda bastante – principalmente quando há coceira, dor e queimação. Por isso, confira os remédios caseiros que podem te ajudar:

  • Compressa quente: a aplicação de uma compressa quente na região afetada diminui a coceira e promove a remoção do pus, se houver. Para isso, molhe uma toalha limpa em água morna, torça para retirar o excesso de água e aplique na pele por até 20 minutos;
  • Sabão antisséptico: usar um sabonete antisséptico para a higiene pessoal pode contribuir com o tratamento da infecção. Lave o local pelo menos duas vezes ao dia;
  • Cremes: Cremes e géis de uso tópico podem ser usados na pele para relaxar e aliviar o desconforto. Além disso, é sempre bom manter a pele hidratada.

Por fim, confira também como fazer sua rotina de skincare.

Mais dicas

A fim de evitar complicações e reduzir o desconforto da foliculite, siga as dicas abaixo:

  1. Evite coçar ou arrancar as lesões da pele;
  2. Prefira ficar mais tempo sem depilar a pele ou use métodos de depilação como o laser;
  3. Use roupas mais largas que não irritem a pele nem causem suor excessivo;
  4. Mantenha a pele hidratada e esfoliada;
  5. Tenha uma dieta com menos gordura e mais líquidos;
  6. Use repelentes para evitar picadas de inseto que podem irritar ainda mais a pele.

Finalmente, se a sua foliculite é frequente ou crônica, procure um dermatologista. Esse profissional com certeza vai te ajudar a controlar e prevenir a inflamação na pele.

Fontes e Referências Adicionais

Você já confundiu um quadro de foliculite com as espinhas? Então, comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário