Picada de escorpião – O que fazer e como se prevenir

Especialista da área:
atualizado em 02/07/2021

Nem todos eles são perigosos, mas é importante saber o que fazer ao sofrer uma picada de escorpião. Saiba então quais são os sintomas, o que fazer e como se prevenir.

  Continua Depois da Publicidade  

Apesar de a maioria das picadas de escorpião não causarem danos à saúde, algumas delas podem ser fatais. Sendo assim, é melhor saber como se proteger, não é mesmo?

É comum a ocorrência de escorpiões no Brasil – justamente por causa do clima quente e seco em algumas regiões. Dependendo da espécie, a picada pode liberar um veneno que causa dor e outros sintomas perigosos.

Quando uma pessoa é picada por um escorpião extremamente venenoso, problemas graves podem ocorrer, como por exemplo:

  • Problemas respiratórios;
  • Distúrbios musculares;
  • Disfunções cardíacas.

Uma mordida de escorpião pode causar sintomas graves semelhantes a um choque anafilático. Por isso, o tratamento de emergência é fundamental.

Em alguns casos, não é possível ver o animal que te picou. Então, é essencial que você preste atenção redobrada nos sintomas. Os sinais mais leves e comuns incluem:

  • Vermelhidão;
  • Inchaço local;
  • Dor intensa na pele que piora ao ser tocada;
  • Queimação.

No entanto, sintomas mais graves também podem ocorrer. Por isso, se você observar um ou mais dos sintomas abaixo, não deixe de buscar ajuda médica:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Dor de cabeça;
  • Coração acelerado;
  • Enjoo;
  • Suor excessivo;
  • Espasmos musculares;
  • Formigamento pelo corpo;
  • Alterações na visão;
  • Salivação excessiva;
  • Dificuldade para respirar;
  • Queda de pressão arterial.
  • Vômito.

O que fazer imediatamente após a picada

Se você apresentar sintomas de mordida de escorpião, o primeiro passo é tentar ver o tipo de escorpião que te picou. Geralmente, os escorpiões amarelos são os mais venenosos. Por outro lado, os animais de outras cores são inofensivos. 

O segundo passo é ligar para a emergência em busca de orientação, pois pode ser que você precise de um antídoto. Informe o tipo de escorpião que te picou (se possível) e os sintomas que você está tendo. 

Aguarde a equipe de emergência te informar se você precisa se dirigir ao pronto socorro, se deve aguardar o resgate ou se você pode se recuperar da lesão em casa.

Caso você tenha sintomas graves, o serviço de emergência vai te informar aonde você deve ir para tomar o antiveneno.

Em caso de picada de escorpião com risco de vida, é necessário tomar um soro antiescorpiônico para cortar o efeito do veneno no organismo o mais rápido possível.

É por isso que é tão importante manter a calma no momento do incidente e informar as características do escorpião que te picou. Se for seguro, tire uma foto para mostrar ao médico.

  Continua Depois da Publicidade  

Definindo a gravidade e lidando com a mordida de escorpião

Felizmente, a maioria dos sintomas de picada de escorpião desaparece sem a necessidade de tratamento em até 48 horas. Ainda assim, é importante ir ao médico para se certificar de que o escorpião que te mordeu não tinha um veneno letal.

Se você precisar aguardar o resgate ou a se sua picada de escorpião não for grave, você pode começar a cuidar da lesão lavando a pele com bastante água e sabão. Mas não aperte nem esfregue muito o local, pois isso pode penetrar ainda mais o veneno sob a pele.

Se possível, aplique uma compressa de gelo, eleve a região da picada e beba bastante água.

Apesar de muitas vezes a mordida de escorpião não precisar de tratamento, é sempre bom ir ao médico para se certificar de que está tudo bem. Além disso, lá você pode pedir um analgésico para aliviar a dor.

Como se prevenir de uma picada de escorpião

escorpião

Certamente, melhor do que lidar com as consequências de uma picada de escorpião é evitar todo esse transtorno. Por isso, confira as seguintes dicas para evitar o contato com um escorpião:

  Continua Depois da Publicidade  

  1. Mantenha sua casa e seu quintal sempre limpos;
  2. Evite andar descalço – principalmente em um local que você não conhece;
  3. Antes de calçar os pés, sempre olhe dentro dos seus sapatos para ver se não há nenhum inseto ou animal escondido;
  4. Ao ar livre, prefira usar sapatos fechados e roupas que protejam a pele;

E lembre-se de que se você apresentar sintomas além da dor e inchaço local, é essencial procurar atendimento médico de emergência pois o escorpião é um animal peçonhento extremamente perigoso.

Assim, procure auxílio especializado após sofrer uma picada – principalmente se você vir um escorpião amarelo ou se notar sintomas graves como problemas para respirar, sensação de desmaio ou espasmos musculares incontroláveis.

Fontes e referências adicionais

Existem escorpiões na região onde você mora? Já ouviu relatos de picadas de escorpião? Comente aqui!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário