10 mil Passos Para Você Se Transformar

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Foi em um sábado à noite, em maio de 2004, que o empresário e escritor Tom W. Watson sentiu os primeiros sintomas que a obesidade pode trazer para a vida das pessoas.

Enquanto a sua esposa Kathy escovava os dentes e ele se preparava para dormir após uma noite com os amigos, sentiu como se um golpe de dor houvesse atingido a sua cabeça, como nunca havia sentido antes, como se tivesse sido golpeado por um martelo.

De repente, ele sente o seu coração acelerar, falta de ar, tontura e náuseas. Para não assustar a sua esposa, prefere não falar nada, e ambos se deitam para dormir.

Ele sabia que algo havia acontecido, ficou na escuridão do quarto com medo e angustiado. E lá estava ele, aos 43 anos de idade tendo acabado de sofrer um derrame.

O caminho até a recuperação foi longo, levou anos para ser concluído.

Quando o derrame aconteceu, ele era um homem viciado em trabalho, estressado, uma pessoa que deixou de ser saudável que havia negligenciado a sua aptidão física, e que ao longo do tempo foi engordando cada vez mais.

Estava totalmente fora de forma e obeso para manter um estilo de vida saudável, além de que o estresse da vida só agravava a sua saúde debilitada.

Ao se consultar com seu médico, decidiu seguir seus conselhos e tirou alguns meses de férias do trabalho para ficar focado em recuperar a sua saúde.

Passou a fazer dieta para reduzir a sua ingestão de calorias, se matriculou em uma academia e contratou um personal trainer para ter uma condição física melhor.

Ele rapidamente perdeu cerca de 14 quilos, e acreditava que estava cada dia mais saudável.

O grande problema de tudo isso era que ele odiava a vida que estava levando. Achava a dieta que ele mesmo criou horrível, o programa de exercício super puxado, e seus joelhos artríticos ficaram inchados, e o seu corpo todo dolorido.

Com tudo isso, passou a se sentir cada vez mais desmotivado, e lentamente foi deslizando até os seus velhos (maus) hábitos.

Em poucos anos ele recuperou todo o peso perdido, e muito mais.

A todo tempo, Tom se frustava consigo mesmo e tentava alguma dieta nova, radical, e começava algum programa de exercício físico, porém ambos não duravam muito tempo, e eventualmente desistia e voltava a ganhar todo o peso perdido.

Durante o Natal de 2009, ele, sua esposa Kathy, seus três filhos e sua cunhada estavam reunidos na sua casa. Como era um dia ensolarado, a sua esposa insistiu para que eles fossem até a frente da casa tirar uma foto, e depois essa foto foi colocada em um porta-retratos digital bem na entrada da casa.

Um dia, enquanto vestia o seu casaco para sair de casa, ele se deparou com a foto, e se deu conta do quão gordo estava.

Ficou olhando para a foto até que outra foto aparecesse, e pensou “Tom Watson, o que você está fazendo?”, então subiu até o banheiro para se pesar.

Por seu subconsciente saber que se ele se pesasse não iria gostar do que veria, fazia anos que não subia em uma balança. Então, fechou seus olhos e torceu para que o resultado não fosse tão ruim quanto imaginava.

Infelizmente foi pior, 120kg. “O cara que se formou no colégio com 84kg, que jogava no time de futebol americano com 97kg, agora era um gordo de 120kg!” contou Tom.

Com a imagem daquela foto fixa em sua mente, decidiu que deveria mudar a sua vida, até porque já havia tido um pequeno derrame, e agora estava ainda mais pesado.

Ele já havia tentando todo tipo de dieta e exercício da moda para perder peso, mas nenhum deles tinha funcionado.

O grande problema era que seu metabolismo estava cada vez mais lento, e ele estava cada vez menos ativo do que em toda a sua vida, além de que não se alimentava de maneira adequada para manter uma vida saudável.

Com todas essas conclusões vibrando em sua mente, decidiu procurar algum programa que ele pudesse manter diariamente, que ele pudesse obter melhores resultados e ao mesmo tempo melhorar a sua saúde.

Tom Watson sentia que precisava ajudar a criar este programa, então marcou uma consulta com um nutricionista, para que ele pudesse lhe ensinar mais a respeito dos alimentos que ele deveria ou não comer, e criar estratégias para que ele pudesse lidar com seus vários hábitos alimentares.

Após a consulta com o nutricionista, ele contratou um personal trainer que criou um programa de exercícios de acordo com a sua saúde e seu físico, com exercícios de baixo impacto como caminhada, ciclismo e alongamento, por exemplo.

Foi então que ele não aprendeu apenas sobre a importância de manter um bom ritmo cardíaco, mas também que com o seu novo programa de exercícios ele poderia se exercitar diariamente, porque seu corpo – em especial seus joelhos – era capaz de sustentá-lo durante os treinos sem inchar ou ficar dolorido, fazendo com que ele não quisesse continuar.

Com a ajuda da nutricionista, do personal trainer e de sua esposa, eles se propuseram a criar um novo Tom.

Assim que começou a aplicar seu novo plano de saúde e bem-estar, rapidamente passou a ganhar mais confiança, e percebeu que era capaz de alcançar o que havia proposto para si mesmo.

O seu treino basicamente constituía em caminhar 10.000 passos ou mais por dia, o que dava cerca de uma hora e meia de caminhada, o que fez com que ele comprasse um pedômetro – aparelho que conta quantos passos foram dados – e junto ao seu plano de alimentação, o peso começou a diminuir.

Quanto mais peso ele perdia, melhor se sentia, e as pessoas começaram a notar que Tom estava emagrecendo e passaram a comentar quão boa estava a sua aparência, o que o motivava cada vez mais para continuar.

Conforme o tempo foi passando, ele passou a se desafiar cada vez mais, participou de uma Caminhada Contra o Cancêr – passeio que durou 2 dias e abrangeu mais de 230 quilômetros, começou a andar de bicicleta, e após um ano da foto tirada no Natal, ele já havia perdido cerca de 15 kg.

Após 3 anos depois de tirar aquela foto, Tom Watson emagreceu mais de 36kg.

Hoje ele se sente muito melhor, tanto em relação a sua aparência como sua saúde, por isso conta a sua história para inspirar e incentivar milhares de pessoas pelo mundo.

“Muitos de vocês, como eu, lutam para manter a boa forma e uma dieta balanceada. Doenças cardíacas e acidente vascular cerebral são duas das principais contribuidoras da taxa alta de mortalidade em todo os Estados Unidos hoje em dia. Não deixe que você faça parte desta estatística. Viva uma vida mais saudável – comece hoje. Encontre um plano de saúde e bem estar que funcione para você. Escolha o que te faz se sentir melhor, haja com base nessa escolha, e desfrute dos frutos de uma vida mais saudável! Eu quero que você saiba que, se eu pude fazer essa mudança em minha vida, mantê-la, você também pode. Vista seu tênis para caminhada, e dê os primeiros passos em direção a uma versão mais saudável de si mesmo!”

Tom Watson fundou o site www.yourbetterlife.com, onde incentiva as pessoas a terem um estilo de vida saudável.

Essa foi a história do americano Tom Watson, que serve como exemplo para todas aquelas pessoas que estão buscando um estilo de vida saudável.

Você também já passou por uma situação parecida, em que conseguiu emagrecer durante um tempo mas voltou a ganhar peso? Como você reagiu a esse efeito sanfona? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário