Fisiculturista perde quase 30 kg após 62 dias na UTI com COVID-19

Especialista da área:
atualizado em 16/03/2021

Ao pensar na COVID-19, muitos têm em mente que a doença é mais perigosa para quem faz parte do grupo de risco. Por exemplo, idosos, obesos e pessoas com doenças preexistentes como pressão alta, diabetes, câncer e problemas no coração ou pulmão.

  Continua Depois da Publicidade  

Mas o novo coronavírus também pode provocar estragos no organismo de uma pessoa mais jovem e saudável. Por exemplo, o fisiculturista Kaique Barbanti, que não tinha comorbidades.

Embora saudável, após contrair a COVID-19 aos 27 anos, ele perdeu quase 30 quilos e passou 62 dias na unidade de terapia intensiva (UTI). Desses 62 dias, Kaique ficou 23 na máquina de oxigenação por membrana extracorpórea (ECMO), que funciona como um coração e pulmão artificial.

Ele contou ao G1 que começou com sintomas moderados da COVID-19, até que no 13º dia da doença houve um agravamento e ele precisou ser hospitalizado. “Só estando lá para sentir o medo de morrer sozinho, sem conseguir nem ao menos me despedir”, contou.

O fisiculturista relatou que após chegar no hospital, ficou entubado por seis dias, passou oito dias na UTI e quando estava prestes a receber alta, sofreu uma tromboembolia pulmonar. Assim, ele precisou retornar à UTI e à entubação.

Entretanto, como estava muito fraco devido à COVID-19, apenas entubar não resolveu o problema. Kaique precisou ser colocado na ECMO que, segundo ele, é praticamente uma sentença de morte.

A recuperação

Fisiculturista Kaique
Kaique antes e depois de pegar COVID-19. Imagem: Arquivo pessoal

Aliás, o fisiculturista relatou que foi o segundo paciente da história do hospital que sobreviveu à máquina. Ali ocorreu o que ele definiu como um milagre. Kaique contou que não melhorava mesmo na ECMO.

Até que as coisas começaram a mudar: os médicos conseguiram abaixar um pouco o parâmetro da máquina, o que indicava alguma melhora. Então, os níveis da ECMO puderam ser ainda mais diminuídos e em três dias ele saiu do aparelho.

Conforme Kaique, nem os médicos conseguiram explicar os motivos da sua melhora absurda e repentina. Mas isso não significa que as coisas foram fáceis: ao acordar, ele teve um choque e só foi entender o ocorrido cerca de cinco dias depois.

Após sair do hospital, o fisiculturista ainda demorou meses para ficar bem. Kaique precisou reaprender a executar atividades básicas, como falar, mastigar, engolir e andar. Segundo ele, levou cerca de quatro meses até conseguir ter uma vida normal e independente.

  Continua Depois da Publicidade  

Atualmente, o fisiculturista até dá conta de malhar, mas sem exageros. Dos quase 30 quilos que perdeu devido à COVID-19, Kaique já recuperou 19.

Paciente fez apelo nas redes sociais

Após passar por tanto sufoco devido ao novo coronavírus, Kaique fez uma postagem em seu perfil no Instagram, apelando para que as pessoas que não se importam com a pandemia e agem como se nada estivesse acontecendo, passem a ficar em casa e usar máscaras.

“Será que você consegue dimensionar a dor de uma família inteira, ser chamada em um hospital para se despedir, porque o seu filho de 27 anos está desenganado e não há mais o que fazer? Será que você consegue dimensionar a dor de cada paciente com COVID-19 numa UTI?”, escreveu.

“A dor de estar completamente sozinho, de não ter ninguém que você ama ao seu lado pra segurar sua mão nos momentos de medo. Isso sim é dor. Dor que eu não desejo nem para a pior pessoa do mundo”, completou. Ele também expressou seu apoio às vacinas contra a COVID-19.

Você encontra o relato completo de Kaique em sua publicação no Instagram. Mas, aos mais sensíveis, fica o aviso: o depoimento vem ao lado de uma imagem forte do fisiculturista, ainda no hospital.

Sua cidade implantou novas restrições para conter a COVID-19 e você está passando mais tempo em casa? Então, conheça as dicas da nossa nutricionista de como planejar as refeições no período:

Fontes e Referências Adicionais

Você conhece alguém jovem e saudável que ficou mal devido à COVID-19? Então, comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário