4 remédios caseiros e dicas para tratar amigdalite

Especialista da área:
atualizado em 24/01/2022

Dor de garganta ao engolir, rouquidão e febre são alguns sintomas de amigdalite, uma inflamação das amígdalas causada por vírus ou bactérias. Seja na amigdalite viral ou bacteriana, os tratamentos caseiros servem apenas como auxiliares no alívio dos sintomas e na redução da inflamação, ou seja, não substituem os medicamentos prescritos pelo médico. 

Se você está sentindo muita dor de garganta, acompanhada de pus, que são pontinhos brancos no fundo da garganta, e febre, esses são sinais de que você precisa procurar um médico. 

  Continua Depois da Publicidade  

A amigdalite causada por infecção viral é resolvida pelo nosso próprio sistema de defesa e os medicamentos prescritos são apenas para controle da febre e da dor. No caso da amigdalite bacteriana, o tratamento é feito com antibióticos derivados da penicilina, por exemplo, a injeção de Benzetacil. 

Amigdalite
Existem alguns tratamentos caseiros que podem ajudar a tratar a amigdalite

Ao começar a sentir dor de garganta e perceber que ela está inflamada, você pode inserir alguns tratamentos caseiros que ajudarão o seu corpo a resolver o problema. 

Veja alguns tratamentos e dicas para você fazer em casa, quando estiver com amigdalite. 

Gargarejo com água morna salgada

O sal de cozinha é o agente antimicrobiano mais antigo que existe, conhecido por inibir o crescimento de micro-organismos, dentre eles os vírus e as bactérias. Você pode usá-lo para ajudar na eliminação dos micro-organismos presentes em excesso na sua garganta. 

O ato de levar água com sal até a sua garganta e gargarejar permite que o sal haja em toda a região inflamada e, quando você descarta essa água, elimina o excesso de muco e de micro-organismos que estavam presentes ali. 

  Continua Depois da Publicidade  

Por isso, esta é uma opção que você pode fazer várias vezes ao dia pois, além de ajudar no tratamento da infecção, também alivia a sensação de dor na garganta. 

Veja o passo a passo de como fazer o gargarejo: 

  • Em meio copo de água morna, adicione 1 colher de sopa de sal. 
  • Misture o sal na água, até que ele se dissolva completamente, deixando a mistura transparente. 
  • Coloque um gole da água salgada na boca e faça o gargarejo por 15 a 30 segundos. 
  • Cuspa a mistura e repita o processo, até acabar a sua solução de água com sal. 

Gargarejo com bicarbonato de sódio

Há alguns estudos científicos que indicam que o bicarbonato de sódio, assim como o sal, possui atividade antimicrobiana, sendo muito utilizado na higiene bucal para eliminar placas bacterianas da boca. 

Dessa forma, ele também pode ser usado para fazer gargarejo durante o tratamento da amigdalite. Se usado de forma combinada com o sal, o efeito pode ser potencializado. 

Para fazer o gargarejo com bicarbonato de sódio, é bem simples: 

  • Em meio copo de água morna, adicione 1 colher de café de bicarbonato de sódio. Se preferir, você pode adicionar 1 colher de sopa de sal, juntamente com o bicarbonato de sódio. 
  • Mexa essa solução, até que ela fique completamente transparente. 
  • Coloque um gole na boca, para fazer o gargarejo, durante 15 a 30 segundos. 
  • Descarte a mistura e repita o processo até que a sua água de gargarejo acabe.  

Chá de gengibre, mel e limão

Chá de gengibre
O chá de gengibre, mel e limão pode aliviar a amigdalite

O gengibre possui propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias, o que faz dele uma ótima opção para tratar amigdalite. Juntamente com o mel e o limão, o chá de gengibre alivia a dor de garganta e reduz a inflamação. O mel ajuda a manter a garganta hidratada, pois forma uma camada viscosa, impedindo que ela fique seca e mais irritada. 

  Continua Depois da Publicidade  

Você pode fazer meio litro de chá e tomá-lo ao longo do dia, de preferência morno. 

Siga o passo a passo, para fazer o chá de gengibre com mel e limão: 

  • Rale uma quantidade equivalente a 3 colheres de chá de raiz de gengibre fresca. 
  • Coloque 500 mL de água em uma panela e ferva, juntamente com a raiz de gengibre ralada, durante 10 minutos. 
  • Depois, coe a água e adicione 2 colheres de sopa de limão e 1 colher de sopa de mel. 
  • Misture bem e espere o chá ficar morno, para beber. 

Chá de alho, mel e limão

O alho já era usado como planta medicinal há cerca de 1.500 anos a.C, pois sua atividade antibiótica já era conhecida. Sua ação se deve, principalmente, pela presença da alicina, uma substância que destrói e inibe o crescimento de bactérias. 

O ideal é que você consuma o alho cru descascado, adicionando-o aos alimentos sem fritá-lo ou mastigando um pedacinho de alho puro. Isso pode ser difícil para muitas pessoas, então uma forma um pouco menos eficiente mas, ainda assim, indicada, é fazer um chá morno de alho com mel e limão. 

Veja como: 

  • Ferva uma caneca (300 mL) de água, juntamente com 3 dentes de alho amassados, durante 5 minutos. 
  • Coe a água e adicione 2 colheres de sopa de limão e 1 colher de sopa de mel.
  • Misture bem e espere ficar morno, para beber.  

Dicas que ajudam no tratamento da amigdalite

Veja algumas dicas que vão acelerar a sua recuperação, durante o tratamento da amigdalite:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Beber bastante líquido ajuda a aliviar a dor de garganta, pois a mantém hidratada. Ficar com a garganta seca piora a sensação de dor e provoca mais tosse. 
  • Em momentos de intensa dor de garganta, você pode tomar sorvete, iogurte gelado ou até chupar um cubo de gelo, pois ele anestesia a garganta, oferecendo alívio temporário da dor. 
  • Se você não quiser nada gelado na sua garganta, experimente mascar um chiclete ou bala que contenha menta ou mentol, pois produzem um efeito similar ao gelo, de refrescância e anestesia. 
  • Não coma alimentos duros, como batatas chips, bolacha de água e sal, torradas, maçã e cenoura, pois podem machucar a sua garganta e piorar a dor. Escolha alimentos fáceis de engolir, que sejam líquidos ou pastosos. 
  • Se você tiver um umidificador, use-o durante o tratamento, pois ajudará a manter a sua garganta hidratada. Mas, lembre-se de limpá-lo todos os dias, para prevenir o crescimento de fungos e bactérias. 
  • Se você não tiver um umidificador, ferva água, coloque numa bacia e inale o vapor. Outra opção é tomar um banho quente e ficar respirando o vapor de água por alguns minutos. 
  • Não force a garganta, para falar mais alto. Você pode sentir que sua voz está mais abafada e, por isso, fazer mais força para falar. Evite esse esforço, para não piorar a irritação da garganta. 
  • Se afaste do trabalho ou da escola, para repousar. Só assim o seu sistema de defesa terá total condição de vencer a infecção viral ou bacteriana, que está causando a amigdalite. 
Fontes e referências adicionais

Você já teve amigdalite? Precisou ir ao médico, para tomar medicação? Já usou algum desses remédios caseiros? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário