Carboxiterapia Funciona Mesmo?

Especialista:
atualizado em 05/07/2020

A estética é uma área que sempre está trazendo novidades e inovações para tentar resolver os diversos problemas que afligem as mulheres (e cada vez mais os homens também). Tratamentos diversos para pele, cabelos e corpo ganham espaço e notoriedade, fazendo sucesso entre mulheres que buscam formas de atenuar problemas estéticos.

A eterna luta das mulheres contra celulite, estrias e gordura localizada é um desses casos, e está sempre ganhando novos aliados, e um desses aliados que tem feito muito sucesso atualmente é a carboxiterapia.

Vamos entender hoje o que é este tratamento e saber se a carboxiterapia funciona mesmo. Você verá que isso depende do seu conceito de “funcionar”.

O que é Carboxiterapia?

Trata-se de um  tratamento estético, que consiste na aplicação de injeções de gás carbônico nos tecidos, via subcutânea, em sessões de 15 a 30 minutos. É uma técnica da medicina estética antiga, surgiu na França nos anos 30, virou moda na Europa e Estados Unidos e recentemente chegou ao Brasil. No início era feita através de banhos e somente há pouco ganhou a versão injetável.

É utilizada no tratamento de flacidez da pele, celulite, estrias e gordura localizada. A técnica tem um princípio simples:  o organismo recebe a injeção e elimina o excesso de gás carbônico, enquanto libera uma quantidade significativa de oxigênio. Este processo estimula a circulação sanguínea e aumenta o metabolismo das células gordurosas, estimula a produção de colágeno, e facilita a eliminação de toxinas e líquidos retidos nos tecidos. Os profissionais costumam também chamar essa técnica de bio-oxigenação, pois quem na verdade faz o trabalho é o oxigênio, o CO2 funciona como um detonador.

A carboxiterapia pode ser um complemento à lipoaspiração a ao tratamento facial, inclusive na região dos olhos, tratando a  pele flácida e eliminando olheiras. É ainda utilizada para estimular o crescimento capilar.

A carboxiterapia funciona mesmo?

Especialistas afirmam que os resultados podem ser notados a partir da quinta sessão. Pelo que parece, a caboxiterapia funciona e surpreende com seus resultados. Já virou febre nas clínicas de estética pelo Brasil. Mas tem um porém com você verá daqui a pouco.

Esses resultados mostram que esse tratamento vem sendo eficaz e pode ser realizado em diversas partes do corpo, como abdômen, coxas, pescoço, braços, nádegas e costas. A observação que os médicos especialistas fazem é que esse tratamento estético deve estar aliado à uma dieta, pois se a alimentação da paciente não é balanceada,  as gorduras eliminadas logo estarão de volta.

Não adianta o tratamento se a paciente alimenta-se de forma errada. Faz o tratamento para eliminar celulite e bebe refrigerante todos os dias? Trata e acaba com as estrias e por não ter uma alimentação saudável continua com o efeito sanfona – de que adianta?

Os críticos da carboxiterapia defendem que não vale a pena fazer o tratamento por não ser definitivo. É como aplicar botox e depois de 6 meses ter que reaplicar por ter já o efeito passado em grande parte.

Quais os resultados propostos pela carboxiterapia?

Os resultados da carboxiterapia são:

  • diminuição no tamanho das medidas;
  • pele mais resistente;
  • rejuvenescimento facial;
  • redução da flacidez nos braços;
  • redução da flacidez facial e da famosa papada;
  • eliminação da celulite;
  • ajuda a melhorar a circulação, reduzindo o inchaço;
  • redução de estrias, entre outros.

Contraindicações e efeitos colaterais da carboxiterapia

Como contraindicações podemos citar:

  • doença grave dos pulmões ou coração, que podem vir a comprometer a eliminação do CO2;
  • infecções no local de aplicação;
  • alergia na pele;
  • gravidez.

Há poucas contraindicações e sempre que o paciente apresentar uma dessas situações, deve-se cancelar a aplicação. Lembrando que o médico deve ser sempre informado sobre qualquer problema que exista.

Com relação aos efeitos colaterais, são poucos e não apresentam tanta gravidade:

  • muita dor no local da aplicação;
  • hematomas no local da aplicação;
  • dormência,  desconforto ou sensação de queimação durante a aplicação, devido à distensão do tecido.

A sensação de desconforto desaparece assim que a aplicação termina. A dor e os hematomas demoram um pouco mais, não somem de imediato.

Quantas sessões de carboxiterapia devem ser feitas

Esse ponto deve ser discutido com o médico que fará o tratamento, pois cada caso precisará de uma avaliação e um planejamento.  Estima-se que sejam necessárias em média dez sessões, de uma a duas vezes por semana ou a cada 15 dias, dependendo do caso.

A indicação é de que o tratamento não extrapole vinte sessões e que haja um intervalo entre um tratamento e outro, de no mínimo, 6 meses.  Uma dúvida frequente é se há a necessidade de repouso após a aplicação de CO2 – não, não há essa necessidade e a paciente pode retomar suas atividades normalmente.

A carboxiterapia funciona de forma permanente?

Os resultados da carboxiterapia não são definitivos, por isso é necessário um acompanhamento e a retomada das sessões. Tudo isso será indicado pelo médico responsável, que fará esse acompanhamento e o monitoramento dos resultados e das necessidades futuras. Os médicos afirmam que depois de 6 meses é recomendado voltar a clínica para realizar novas sessões.

E enfatizando mais uma vez, que a carboxiterapia é um tratamento auxiliar, que pode ser combinada à outros tratamentos estéticos e também combinada à dietas e exercícios físicos.

Por fim, aconselha-se que essa técnica, por ser uma técnica invasiva, seja aplicada somente por profissionais habilitados. Informe-se bem antes sobre o local e os profissionais antes de optar por uma clínica e por um profissional.

Qual é o seu objetivo com a carboxiterapia? Já fez alguma sessão? Comente abaixo:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (365 votos, média: 3,88 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

38 comentários em “Carboxiterapia Funciona Mesmo?”

  1. Comecei semana passada,na primeira sessao tive mais medo das agulhadas,na segunda foi mais tranquilo,ainda nao notei diferenca,espero notar!Estou fazendo caminhada,abdominais e agachamentos!