Como Fazer Leite de Soja em Casa

Especialista:
atualizado em 17/12/2019

Com um número de calorias menor que o leite integral – são 82 calorias por copo de 200 ml, contra 116 do integral na mesma proporção, na versão industrializada do alimento – o leite de soja, uma bebida feita a partir dos grãos da soja, têm chamado a atenção por conta também dos benefícios que oferece à boa forma e saúde.

Em relação à perda de peso, a bebida ajuda por possuir uma boa dose de fibras – são aproximadamente 2 g a cada 200 ml – que contribuem para a sensação de saciedade no organismo e por conter ácidos graxos monoinsaturados, que colaboram com a inibição da absorção de gordura por parte do intestino. Além disso, o leite de soja ainda tem um teor mais baixo de açúcar do que o leite integral – o de soja possui sete gramas da substância por copo e o integral contém 12 g na mesma quantidade.

Já em relação à saúde, a bebida ajuda a proteger os vasos sanguíneos contra hemorragias e lesões, graças aos antioxidantes e aos ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 presentes em sua composição. Por ser uma fonte rica em fitoestrogênio, uma substância que diminui a produção de testosterona nos homens, o leite de soja também é um aliado na prevenção ao câncer de próstata.

Nas mulheres, a boa taxa de fitoestrogênio desse tipo de leite auxilia na prevenção de problemas causados pela falta de estrogênio como doenças no coração, obesidade, diabetes, insônia e depressão, quando elas se encontram no período de pós-menopausa. A mesma substância também ajuda a evitar a osteoporose, tendo em vista que acelera a absorção de cálcio, evitando assim a perda de massa óssea.

Bem, levando em consideração o que vimos aqui, as razões para consumir o leite de soja não são poucas. E ele também é fácil de ser encontrado, já que é vendido em supermercados ou em lojas virtuais na internet, nas opções em pó ou líquido.

Para quem prefere uma versão mais caseira do produto e gosta de controlar todos os ingredientes presentes nos alimentos que consome, também é possível preparar o próprio leite de soja. E é justamente por isso que hoje nós vamos ensinar como fazer leite de soja em casa, nas receitas a seguir:

Receita 1 

A nossa primeira receita de como fazer leite de soja demora 30 minutos para ser preparada, depois que os grãos já passaram pelo processo de limpeza.

Ingredientes: 

  • 1 xícara de grãos de soja;
  • 1 ½ litro de água.

Modo de preparo:

  1. Escolha e separe os grãos de soja que serão utilizados na produção do leite. Na sequência, lave bem;
  2. Deixe de molho de um dia para o outro dentro de uma tigela ou panela;
  3. Então, escorra a água e lave bem mais uma vez;
  4. Bata os grãos limpos no liquidificador juntamente com o 1 ½ litro de água;
  5. Coe o conteúdo com o auxílio de um pano de prato;
  6. Em seguida, colocar a mistura em uma panela e levar ao fogo;
  7. Assim que começar a levantar fervura, deixar em fogo baixo durante 10 minutos;
  8. Após esfriar, colocar em uma jarra e levar até a geladeira. 

Caso queira deixar o seu leite com um sabor a mais, você ainda pode acrescentar ingredientes como casca de laranja, canela em pó ou baunilha ao processo de fervura. Depois, é só retirar esses ingredientes da panela quando terminar de ferver.

O número de calorias por porção de 200 ml de leite de soja dessa receita é de aproximadamente 62,5, tendo em vista que o número de porções obtidas é sete. Com a adição de algum ingrediente para incrementar o sabor, o valor calórico pode aumentar. 

Receita 2 

Segue agora uma segunda opção de como fazer leite de soja caseiro, que traz um pouco de mel, um ingrediente que além de deixar o leite mais saboroso, ainda contém antioxidantes, possui ação antibacteriana e antifúngica e ajuda na regulação da taxa de açúcar no sangue.

Ingredientes: 

  • 1 xícara de grãos de soja sem hidratar;
  • Água;
  • 1 colher de sopa de mel.

Modo de preparo: 

  1. Lave os grãos de soja e deixe de molho em 2 litros de água de um dia para o outro;
  2. Em seguida, separe a soja, e se tiver tempo disponível e/ou paciência retire as cascas dos grãos de soja. Isso fará com que seu sabor fique mais agradável. Vale registrar que não há problema nenhum em manter as cascas dos grãos, é simplesmente uma questão de gosto;
  3. Ferva 2,5 l de água em uma panela;
  4. Na sequência, coloque a soja no liquidificador e bate junto com um copo de água fervendo, aumentando a velocidade do aparelho gradualmente;
  5. Depois, acrescente mais três copos de água fervendo e bata devagar durante mais cinco minutos no liquidificador;
  6. Coloque o líquido na peneira e escorra. Após, devolva as fibras da soja para o liquidificador e bata com mais dez copos de água;
  7. Junte todo o leite e leve em uma panela para ferver em fogo médio. O processo demora cerca de 10 minutos, até toda a espuma do leite praticamente sumir;
  8. Assim que esse processo terminar coloque a panela quente em outra com água gelada, como em um banho-maria ao contrário;
  9. Finalmente, adicione o mel, misture e leve o leite à geladeira.

Uma dica que vale para ambas as receitas é não demorar muito para consumir o leite de soja caseiro, já que dessa maneira ele fica mais nutritivo. Além disso, como ele não leva conservantes, não ficará bom por tanto tempo quanto os produtos industrializados.

A receita rende 10 porções, em que cada uma possui 50,5 calorias.

O lado não tão bacana da soja 

Além de falar a respeito dos benefícios da bebida e ensinar como fazer o leite de soja, não podemos deixar de registrar aqui algumas informações acerca do lado não tão positivo de se consumir leite de soja.

Para os alérgicos à soja, o risco fica claro, mas nunca é demais ressaltar que quem sofre com esse tipo de problema pode enfrentar urticária, inchaço, vômito, diarreia e até causar um choque anafilático caso insista em tomar o leite de soja.

E se por um lado a bebida ajuda as mulheres no período de menopausa, por conta de seus fitoestrogênios, por outro, ela prejudica. É que estudos científicos já mostraram que esses mesmos componentes aumentam o risco do desenvolvimento de câncer de mama e podem interferir na medicação e no tratamento de quimioterapia para combater a doença.

O consumo de soja também não pode ser muito exagerado, devido à presença do ácido fítico em sua composição, que prejudica a absorção de minerais como zinco, magnésio e cálcio.

Você tem vontade de aprender como fazer leite de soja em casa? Tem o costume de tomar leites vegetais em substituição ao tradicional de vaca? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (18 votos, média: 4,06 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

10 comentários em “Como Fazer Leite de Soja em Casa”

  1. Gostaria de saber por quanto tempo podemos tomar o leite de soja? Já que ele pode causar câncer de mama.tenho 50 anos e comecei a tomar faz 3 semanas e gostaria de continuar pois me sinto muito bem.

  2. Não tenho o habito mas, tenho uma filha de 4 meses de idade. Pretendo adicionar na sua dieta leite vegetal, por este, baixei a tal receita para experimentar na sua dieta.

  3. Eu tenho 80 anos e nunca fui amante do leite de vaca a pesar de ser criado na fazenda, sempre gostei do leite em pó integral, a três anos minha nutricionista colocou na minha dieta leite de soja, não gostei muito agora é o único leite que tomo 15 litros por mês, de um ano para cá venho sofrendo de má circulação inchando as pernas, lendo esta receita e os comentários de vocês, falam de possível inchaço causado pelo leite de soja, vou fazer a experiência parar por alguns dias, gostei muito dos comentários, Att.

    • Boa noite uma receita prática e muito eficaz para o inchaço nas pernas é bater claras em neve e consumir todos os dias. .funciona mesmo.

    • É que tudo que é demais não é bom. Pelo que o senhor diz, toma cerca de meio litro por dia, o que é muito. Com isso, os elementos não tão bons podem começar a prejudicar o organismo. Passe a tomar no máximo 2 copos por dia. Converse com sua nutricionista. Boa sorte!

  4. Olá! Tenho intolerância à lactose, fico com intenso edema em membro inferiores, distensão abdominal e dores articulares que há algum tempo atrás foi diagnosticado como doença reumática. Mudei para leite vegetal (soja, castanha, amêndoa, gergelim e outros) e, então minha vida mudou. Pele, unha e cabelos mais fortes, funções fisiológicas normais e sono tranquilo. Tudo de bom. Estou super feliz com a mudança.

  5. Antigamente eu tomava leite comum integral, mas não consigo mais, sinto enjoo. Então aderi ao leite de soja, que me faz muito bem. Principalmente para o meu estomago. Eu tomo quase um litro se deixar. Pra mim é uma delicia e me sinto muito bem.

  6. Eu prefiro o leite sem lactose, pois sempre que tomo leite de vaca minha barriga incha e produz muito gás; é desconfortante, e às vezes tomo leite de soja ou de amêndoa, mas como esses produtos são mais caros, dou preferência para fazer em casa. Obrigada por disponibilizar as receitas nesse site. abs.

  7. Desde muito nova tomo leite de soja industrializado, era minha bebida favorita na adolescência, porém durante algum tempo, já na fase adulta deixei de tomar, voltando a consumir os produtos novamente perto da menopausa.
    Não sei se é isso, mas, minha irmã mais nova, como quase todas as mulheres de minha família, sofre de calores e incômodos que vieram junto com a menopausa e eu nem sei o que é isso. Durante a fase fértil, ela sofria com cólicas horríveis e sempre teve um período menstrual muito longo e ruim, por outro lado, meus períodos sempre foram curtos e tranquilos, com raras exceções senti cólicas e agora durante a menopausa não tenho qualquer incômodo, é como se fosse uma continuação do que tinha antes.
    Acredito que a soja tenha ajudado, já que minha irmã nunca gostou muito e tomava com bem menos frequência que eu.