Como se recuperar da cesárea mais rápido: 12 cuidados

Especialista da área:
atualizado em 10/02/2022

Para se recuperar da cesárea mais rápido, existem alguns cuidados que devem ser tomados, principalmente com o local do corte da cirurgia. Os cuidados nas primeiras semanas após o parto são essenciais, para que você tenha uma boa cicatrização e recuperação. 

Veja quais são os cuidados que te ajudarão a ter uma recuperação rápida e eficiente do parto cesárea, após a alta hospitalar. 

  Continua Depois da Publicidade  

Tempo de repouso

O repouso é essencial para a recuperação após a cirurgia, pois permite que seu organismo direcione energia para a renovação da pele, permitindo a cicatrização. Ele também reduz os níveis de estresse, contribuindo para a diminuição da inflamação, responsável pelo inchaço e desconforto pós-parto

Nem sempre é fácil dormir uma noite inteira com um bebê recém-nascido, por isso é muito importante contar com alguém que possa te ajudar, trazendo o bebê para você amamentá-lo e te ajudar a fazê-lo se acalmar e retomar o sono.

Os bebês cochilam bastante durante o dia, então aproveite esse momentos para cochilar também. 

Contar com uma ajuda 

Ter uma pessoa que te ajude nas tarefas diárias reduzirá os riscos de acidentes com os pontos da cirurgia e, assim, haverá uma recuperação mais rápida. 

Por exemplo, é recomendado que você faça pequenas caminhadas para prevenir o acúmulo de gases, prisão de ventre e coágulos sanguíneos, que são efeitos colaterais comuns de um parto cesárea. Para isso, conte com a ajuda de alguém que te deixe mais segura durante os movimentos.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, você pode necessitar de ajuda para posicionar o bebê na amamentação, que deve ser cuidadosa, para não pressionar o corte da cesariana. 

Nos primeiros dias, evite cozinhar, pois isso envolve esforços, como se curvar para pegar um mantimento ou carregar algo mais pesado. Como você precisa de uma boa alimentação para se recuperar mais rápido, conte com alguém que possa preparar os alimentos para você. 

Apoio do abdômen e cinta pós-parto

O apoio do abdômen é essencial para sustentar a região do corte, quando for tossir ou se levantar da cama, por exemplo, pois reduz a dor e previne que os pontos arrebentem. Você pode fazer isso com uma leve compressão, utilizando uma almofada. 

A cinta pós-parto pode ajudar a reduzir a sensação estranha de que os órgãos estão “soltos” na cavidade abdominal, também diminui a dor e dá maior sensação de segurança. Além disso, alguns médicos indicam o uso da cinta para reduzir o inchaço e os riscos de seroma, uma complicação causada pelo acúmulo excessivo de líquido na cicatriz. 

Porém, o uso prolongado da cinta pode enfraquecer o músculo do reto abdominal, uma vez que a mulher deixa de contraí-lo. Por isso, é importante ter a indicação do médico quanto à necessidade e ao tempo adequado de uso da cinta pós-parto. 

Cuidados com os pontos

Mantenha o local do corte sempre limpo, lavando com água morna e sabão neutro. Quando for secar a pele, utilize uma toalha macia e dê leves batidinhas, sem esfregá-la. Não deixe o local úmido, nem passe loções ou talco no corte, pois retardam a cicatrização.

  Continua Depois da Publicidade  

Por causa da gordura abdominal, é normal observar o vazamento de um líquido amarelado, chamado de líquido seroso. As bactérias podem se proliferar nesse líquido, por isso é importante manter o local sempre limpo e seco. 

Pomada cicatrizante

Cicatriz cesárea
Converse com o seu médico para conferir a necessidade de usar uma pomada cicatrizante

Antes de usar qualquer tipo de pomada cicatrizante, converse com seu médico ou médica, principalmente por causa da amamentação. 

Se você tiver tendência a formar queloide, converse sobre isso, antes do parto, com o profissional, pois há medidas que podem prevenir esse problema, como o tipo de sutura realizada e o uso de placas de silicone sobre o corte. 

De modo geral, o uso de pomadas cicatrizantes não é uma regra no pós-parto, mas algumas mães buscam por esse recurso para deixar a cicatriz menor e mais discreta. 

Compressa de gelo

Em um estudo recente publicado no The Journal of Obstetrics and Gynaecology Research, os pesquisadores analisaram o efeito de aplicar compressa de gelo na redução da dor pós-operatória. Eles observaram que o tratamento com temperatura fria reduziu a dor por um período de 6 a 24 horas.

Aplicar compressas de gelo sobre a pele, desde que não molhe a cicatriz, também ajuda a diminuir o inchaço. A aplicação pode ser feita por 15 minutos, de 4 em 4 horas. Porém não deixe a pedra de gelo em contato direto com a pele em nenhuma circunstância.

  Continua Depois da Publicidade  

Atividades físicas

A recomendação para caminhadas leves, de apenas 5 minutos diários, começa a partir do segundo dia após o parto.

Antes de 20 dias, qualquer atividade que envolva carregar peso ou fazer um grande esforço deve ser evitada, isso inclui subir escadas. 

Caminhadas mais longas e duradouras costumam ser liberadas após 6 semanas, e os exercícios de alto impacto, como musculação, somente após 12 semanas. 

Dirigir também é uma atividade que costuma ser liberada entre a quarta e a sexta semanas após o parto. Algumas mães voltam a dirigir após 2 semanas, mas não é recomendado, porque pode gerar dor e desconforto no local do corte. 

Alimentação equilibrada

Assim como o repouso, uma alimentação nutritiva e equilibrada é essencial para uma recuperação mais rápida da cesárea. 

Alimentos como ovos, arroz, frango e peixe cozido são alimentos que ajudam na cicatrização, pois são ricos em proteínas. 

Frutas e vegetais frescos ajudam no bom funcionamento do intestino, pois são ricos em fibras, que ajudam a evitar os problemas de gases e prisão de ventre. Além disso, são muito ricos em carboidratos, vitaminas, minerais e substâncias antioxidantes, que ajudam o sistema imunológico a reduzir a inflamação e promover uma boa cicatrização. 

Água e chás diuréticos

Juntamente com uma alimentação rica em proteínas, carboidratos e fibras, você precisa ingerir bastante água, pois ela ajudará na digestão e na produção do leite materno

Uma boa referência de quantidade de água a ser ingerida por dia é entre 2 e 3 litros. Se você notar que a sua urina está com um tom amarelo-escuro, aumente a ingestão de água. Uma dica é sempre deixar um copo de água ao seu lado, quando for amamentar.  

Após a cesárea, é comum ocorrer a retenção de líquido e, uma forma eficiente de eliminar o excesso de líquido retido, é ingerir chás diuréticos. Os chás de hortelã e camomila são excelentes opções, já que não possuem contraindicações e nem influenciam na produção de leite materno. 

Postura correta para dormir

Mulher dormindo
Durma na posição que for mais confortável para você

Não existe uma regra rígida quanto à posição correta para dormir. A posição ideal é aquela que te deixa mais confortável

É comum as mães se sentirem mais confortáveis dormindo de barriga para cima ou de lado. Você pode colocar um travesseiro embaixo dos joelhos para acomodar melhor as costas, ou entre as pernas, se preferir dormir de lado.

Não tenha relações sexuais

Após o parto, o corpo demora de 4 a 6 semanas para se recuperar. Por isso, é recomendado evitar relações sexuais antes desse período. 

No caso de uma cesárea, esse tempo pode ser ainda maior, devido à necessidade de cicatrização do corte. Por isso, antes de voltar a ter relações sexuais, é necessário passar por uma consulta médica, para analisar a situação da cicatrização. 

Nesta consulta, também pergunte sobre os métodos contraceptivos mais indicados para o seu caso, para evitar uma nova gestação antes de 1 ano, pois pode envolver riscos.

Uso de absorventes

No primeiro mês após o nascimento da criança, você pode ter sangramentos, semelhante a uma menstruação forte, de cor vermelho vibrante. 

Durante esse período, não use absorventes internos, para evitar infecções. Se esse sangramento apresentar um odor muito forte e for acompanhado de febre acima de 38ºC, procure um atendimento médico.

Fontes e referências adicionais

Você já passou por um parto cesárea ou será a primeira vez? Qual ou quais cuidados você ainda não conhecia? Você pensa em conversar com seu médico ou médica acerca do uso de cinta pós-parto? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário