Corpo Pós-Parto – O Que Muda? Como Recuperar a Forma?

O seu corpo passa por muita coisa durante a gravidez, mas o corpo pós-parto também muda muito e você precisa saber como ele funciona e como recuperar a forma.

A maternidade muda a mulher por dentro e também por fora, já que depois de ter um bebê, o tamanho da roupa, o formato dos seios, a largura dos quadris e até o tamanho do sapato podem ser diferentes.

  Continua Depois da Publicidade  

Essas mudanças são evidências de todo o trabalho que o corpo realizou. À medida que você se adapta à sua nova vida com o bebê, é importante lembrar que sua mente e emoções também estão mudando.

Infelizmente para as mamães de primeira viagem a barriga pós-parto não se recupera imediatamente após dar à luz (apesar das imagens enganadoras dos corpos pós-parto que você vê de celebridades na mídia e redes sociais).

Os prazos de perda de peso diferem de mulher para mulher com base em vários fatores – quanto peso ela ganhou durante a gravidez, se está ou não amamentando, dieta, hábitos de exercício, etc.

Mesmo com tantas mudanças em seu corpo pós-parto, existem várias dicas de dieta, musculação pós-parto e até mesmo cintas modeladoras que podem te ajudar nessa caminhada.

Quantos quilos a mulher tende a ganhar durante a gravidez

Um bebê recém-nascido médio pesa aproximadamente entre 2.500 e 4.500 gramas, sendo a média 3.400 gramas, mas a mulher ganha muito mais peso do que isso quando está gravida.

De acordo com a Dra. Patricia Lo, ginecologista e obstetra no MemorialCare Saddleback Medical Center, em Laguna Hills, Califórnia a mulher grávida ganha uma média de 10 a 15 kg.

Ela acrescenta que as mulheres com baixo peso devem observar um aumento de 12 a 18 kg na balança enquanto que as mulheres com sobrepeso (IMC entre 25 e 29,5) devem ganhar entre 6 a 11 kg e mulheres obesas (IMC acima de 30) devem ganhar entre 5 e 10 kg.

Durante a gravidez, as mulheres geralmente esperam o dia em que seus corpos “voltarão ao normal”. Mas se você espera que isso aconteça logo após o nascimento poderá se decepcionar.

Seu corpo tem muito trabalho a fazer nas semanas pós-parto: recuperar-se do trabalho duro que teve durante o parto, curar qualquer tecido machucado e iniciar a produção do leite.

Levará algum tempo para que o seu corpo retorne ao estado de não gravidez, porém existem algumas dicas de especialistas que você pode seguir que irão facilitar esse processo.

  Continua Depois da Publicidade  

Como seu corpo muda nas semanas após o parto?

Durante a gravidez o seu corpo mudou muito, ele trabalhou duro para manter seu bebê seguro e saudável, mas agora que seu bebê já nasceu o seu corpo está mudando novamente.

Algumas dessas mudanças são físicas, como por exemplo os seus seios que estão cheios de leite, enquanto que outras são emocionais, como sentir um estresse a mais.

Muitos desconfortos e mudanças corporais após o parto são normais, mas, às vezes eles podem ser sinais ou sintomas de um problema de saúde que precisa de tratamento.

Faça todos os seus exames pós-parto, mesmo se estiver se sentindo bem já que são exames médicos que te dará a certeza de que está se recuperando bem do trabalho de parto.

O cuidado pós-parto é importante porque as novas mães correm o risco de algumas complicações sérias e às vezes até mesmo com risco de vida nos dias e semanas após o parto e é com eles que o seu médico poderá te ajudar.

Linha do tempo do corpo pós-parto

Confira esta linha do tempo de como o corpo muda e a previsão para perda de peso do corpo pós-parto.

Após o nascimento

Acredite ou não, a perda de peso começa imediatamente após o parto.

A mulher perde cerca de 5 quilos à medida que o útero diminui e volta ao nível do umbigo.

A Dra. Sarah B. Krieger, porta-voz da Academia de Nutrição e Dietética dos Estados Unidos que realiza visitas domiciliares para mulheres grávidas e mães que têm filhos com até 3 anos de idade explica que:

“Você tem o bebê e depois perde sangue, líquidos e líquido amniótico” após o parto.

Uma semana após o parto

Segundo a Dra. Krieger, uma semana após o parto a mulher ainda está “urinando” muitos líquidos, especialmente se tiver sido administrado epidural ou antibióticos intravenosos durante o trabalho de parto.

Isso significa que você ainda está perdendo peso, mas a especialista não recomenda que você suba em uma balança “concentre-se em como suas roupas se encaixam em seu corpo, e não no que a balança diz”, sugeriu.

  Continua Depois da Publicidade  

O aleitamento também pode ter um papel importante na perda de peso dor corpo pós-parto embora as mulheres que amamentam sejam aconselhadas a consumir 500 calorias adicionais ao dia.

Mas mesmo assim, elas geralmente perdem mais peso do que as mães que não fazem o aleitamento.

“O aleitamento consome calorias”, disse a Dra. Ashley Roman, professora assistente do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia do NYU Langone Medical Center, Estados Unidos.

Mas a Dra. Krieger observa que essa tendência não acontece com todas as mulheres.

“Algumas mulheres podem perder peso mais rapidamente do que outras, estejam ou não amamentando” disse ela.

Corpo pós-parto após duas semanas

A Dra. Krieger não acredita que as mamães de primeira viagem deveriam se pesar durante as duas primeiras semanas, quando ainda podem estar amamentando e “seus hormônios estão começando a diminuir”.

Em outras palavras, você ainda está no período onde ver um número indesejado na balança pode levá-la direto às lágrimas.

Além disso, ela acrescenta, “o número na balança geralmente não reflete a gordura corporal, portanto, não desanime.”

A Dra. Krieger recomenda medir sua cintura com uma fita métrica uma vez por mês para rastrear seus centímetros em vez de quilos.

Corpo pós-parto após seis semanas

O útero retorna à pelve e volta ao seu tamanho original (semelhante a um punho fechado) cerca de seis semanas após o nascimento do seu bebê.

Isso significa que após esse tempo a sua barriga pós-parto parecerá mais plana e menor. “É uma grande mudança no que diz respeito à barriga”, disse a Dra. Krieger.

Corpo pós-parto de nove meses

Após 9 meses pode ser que o seu corpo já esteja voltando ao normal, porém, se você ganhou entre 10 a 15 kg durante a gestação, pode demorar um pouco mais para voltar a ter o seu corpo como era antes da gravidez.

“O ponto principal é que cada mulher perde peso após o parto no seu próprio ritmo”, disse a Dra. Krieger.

Mas é importante saber que a pele de algumas mulheres perde sua capacidade de recuperar a elasticidade pré-gravidez e não volta ao que era antes, porém você pode usar alguns cremes que te ajudam a combater as estrias durante a gravidez.

Paciência é muito importante para recuperar o corpo pós-parto

Dedicação e paciência são a chave para perder peso e voltar a ficar em forma após o parto e retornar ao corpo que tinha antes de engravidar.

Se todas essas imagens de mães esbeltas e bem torneadas de celebridades deixaram você com a sensação de que nunca mais iria se olhar no espelho, tenha coragem!

Especialistas afirmam que isso não é normal e emagrecer com tanta velocidade após a gravidez pode inclusive não ser saudável.

“Não temos o estilo de vida que permitiria esse tipo de perda rápida – e quanto antes as mulheres reconhecerem isso, melhor se sentirão em relação a si mesmas” disse a Dra. Laura Riley, especialista em gravidez de alto risco do Hospital Geral de Massachusetts e porta-voz do Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas, Estados Unidos.

A Dra. Riley diz que em comparação com as mulheres comuns as celebridades geralmente não ganham tanto peso durante a gravidez e, segundo ela “elas têm recursos que o resto de nós não temos após o nascimento do bebê”.

Isso inclui personal trainers, chefs e babás, os quais permitem que a nova mãe dedique um bom tempo para entrar em forma.

“E muitas delas também fazem dietas loucas – o que não é um exemplo que alguém deva seguir”, disse a Dra. Riley.

Especialistas alertam que, quando se trata de recuperar o corpo pós-parto, nem a dieta intensiva nem um programa rigoroso de exercícios são o caminho ideal para percorrer – principalmente se você teve uma gravidez difícil, uma cesariana ou está amamentando.

“A pior coisa que uma mulher pode fazer é se esforçar demais para fazer muito em pouco tempo – se você fizer isso, é provável que se sinta exausta e desanimada, com menor probabilidade de continuar e acabará com o excesso de peso por muito mais tempo” disse a instrutora de fitness Sue Fleming, criadora da linha de DVDs de treino Buff, incluindo Buff New Moms.

Quando começar a recuperar a forma que você tinha antes do parto

Embora a maioria das mulheres diga que a dieta é a maneira mais rápida de perder peso após o parto, especialistas dizem que fazer um corte dramático nas calorias não é a melhor maneira de começar – principalmente se você estiver amamentando.

“Você deve comer pelo menos entre 1.800 e 2.000 calorias diariamente durante a amamentação e se comer menos não apenas estará enganando a si mesma como também a seu bebê.

Você não poderá produzir leite de qualidade se não estiver comendo o suficiente.” disse a nutricionista Elizabeth Somer, autora de Nutrition for a Healthy Pregnancy (Nutrição para uma gravidez saudável – tradução livre).

A Dra. Riley diz que frequentemente aconselha suas pacientes a nem pensar em fazer dieta até depois da primeira visita ao médico após seis semanas.

“Se você pode perder alguns quilos antes da consulta tudo bem, mas você realmente não deve reduzir drasticamente a ingestão de alimentos durante essas primeiras semanas. Você precisa de energia e calorias para amamentar”, disse ela.

A dra. Somer diz que não há problema em observar sua ingestão calórica, mas nunca tente perder mais de um quilo por semana.

“Gravidez não é diferente de correr uma maratona todos os dias por nove meses. Você realmente colocou seu corpo para trabalhar. Portanto, mesmo se você se alimentou bem, é provável que vários nutrientes ainda estejam comprometidos. Você precisa desse tempo pós-parto para restaurar seu estado nutricional e a sua energia”, disse ela.

Como perder peso pós-parto

Embora a dieta pós-parto possa estar fora de cogitação por um tempo, o exercício físico é altamente recomendado.

Especialistas dizem que isso não só ajuda a recuperar o corpo, mas também aumenta a energia e pode até reduzir os riscos de depressão pós-parto.

Em um artigo publicado no Journal of Midwifery and Women’s Health, especialistas relataram evidências crescentes que sugerem que o exercício não apenas beneficia os sintomas depressivos em geral, mas apontou dois estudos indicando que ele pode oferecer benefícios especificamente para mulheres com depressão pós-parto.

Por isso, muitos grupos, incluindo o Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas, não só passaram a aumentar a quantidade recomendada de exercícios que uma mulher pode praticar em seu período pós-parto com segurança, mas também começaram a promover o exercício como um fator-chave na saúde dessas mulheres.

“Costumava haver muito mais ‘não’ sobre o exercício após a gravidez, agora existem muitos mais ‘sim”, disse a Dra. Fleming.

Mas como você sabe se está pronto para começar um programa de exercícios?

Especialistas recomendam que você fale com seu médico antes de começar a praticar exercícios físicos, especialmente se você teve uma gravidez ou parto complicado.

Dito isto, a maioria dos especialistas concorda que você é livre para começar um treino leve assim que desejar – e que você possa segui-lo.

“É fundamental ser capaz de seguir qualquer programa de treino que você começar. Se você não conseguir pode ser que o programa seja muito rigoroso ou você não está pronta. O exercício deve fazer você se sentir melhor, não pior”, disse a Dra. Riley.

Exercícios pós-parto: o que funciona

Seja dentro de seis dias ou seis semanas após o parto, os especialistas do Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas (ACOG) dizem que uma das maneiras mais fáceis de iniciar uma rotina de exercícios pós-parto é caminhar.

“A ideia é usar o carrinho do bebê como um equipamento de ginástica e fazer exercícios que realmente dependem do carrinho ou que podem ser feitos enquanto o bebê está no carrinho”, disse Lisa Druxman, fundadora do Stroller, com sede em San Diego Strides, um dos vários programas dedicados a ajudar as novas mães a voltar à forma.

Se você acha que está pronta para uma atividade mais desafiadora, Fleming recomenda que comece adicionando exercícios que você fez durante o terceiro trimestre da gravidez.

“Você pode começar com o que fez no terceiro trimestre e adicionar gradualmente o que fez no segundo e depois no primeiro, até voltar ao que fez antes da gravidez”, disse Fleming, que diz que este processo deve demorar entre quatro e seis meses.

A única parte do corpo em que você pode começar a treinar o quanto antes envolve exercícios de treinamento de força para construir um núcleo forte, uma área que a Dra. Riley diz que muitas mulheres negligenciam durante a gravidez e durante pós-parto.

“Mesmo se você já tivesse músculos fortes antes da gravidez, você realmente perde essa força durante esse período porque todos os músculos são atenuados e esticados – e você passou nove meses carregando peso extra nessa área”, disse a Dra. Riley.

A melhor maneira de construir um núcleo forte

“Você pode começar de maneira simples e lenta com uma inclinação pélvica, abdominais (se você não teve uma cesariana), apertar e relaxar os glúteos ou por exemplo colocar um travesseiro entre os joelhos e apertar e relaxar. Isso pode começar a construir seu núcleo e fortalecer suas costas “, disse Fleming.

Não importa o quanto você esteja ansiosa para perder peso e mudar o seu corpo pós-parto, os especialistas alertam contra qualquer atividade que cause grande estresse nas articulações – como correr, pular ou pular corda por exemplo- por pelo menos nas primeiras seis ou oito semanas. Por quê?

“Durante a gravidez, você produz um hormônio chamado relaxina que produz um amolecimento nas articulações e, consequentemente, te deixa mais propensa a sofre lesões e você ainda terá quantidades significativas desse hormônio no sangue por pelo menos várias semanas após o parto”, disse Fleming.

Além disso, independentemente de quais exercícios você pratique, preste muita atenção aos sinais de alerta de problemas e procure atendimento médico se algum destes sintomas aparecer:

  • Sangramento excessivo.
  • Falta de ar extrema.
  • Dor pélvica.
  • Dor abdominal.
  • Exaustão após exercícios leves.
  • Dor muscular que não desaparece dentro de um ou dois dias.

Seguindo essas dicas você verá como logo o seu corpo pós-parto irá voltar ao normal.

Fontes e Referências adicionais

Você já sabia o que muda no corpo pós-parto? Esta gravida ou conhece alguém que esteja? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Felipe Santos e Dra. Patrícia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário