Especialista da Área:

Dor na Nuca – O Que Pode Ser?

A dor na nuca é um tipo de dor mais comum do que se imagina. As dores na região da nuca e do pescoço podem ter diversas causas, desde problemas posturais até condições de saúde que precisam ser tratadas.

Aqui, você vai descobrir o que pode ser a causa da sua dor na nuca e como se deve proceder em relação ao diagnóstico e tratamento desse problema.

Dor na nuca

A dor na nuca é uma condição em que a pessoa sente uma dor na parte de trás do pescoço. Por esse motivo, muitas vezes pode ser chamada também de dor no pescoço. O nosso pescoço é a parte de cima da nossa coluna conhecida como coluna cervical.

É uma região com muitos músculos que dão suporte à coluna e também faz conexão com outras partes do corpo como costas, braços, ombros, orelhas, mandíbulas e parte inferior da cabeça.

A dor pode ser resultado de um problema no pescoço ou em qualquer uma das estruturas próximas a ele. Assim, muitas podem ser as causas da dor sentida nessa região.

O que pode ser a causa da dor na nuca

Como o pescoço é uma parte do corpo que suporta todo o peso da cabeça e está conectado com articulações e músculos dos ombros e das costas, uma lesão ou problema em qualquer dessas regiões pode causar dor e restringir o movimento. As principais causas de dor na nuca e pescoço incluem:

– Má postura

Manter uma má postura no dia a dia trás consequências ruins para o nosso corpo e para o nosso bem-estar diário. Além das dores nas costas, uma postura inadequada pode afetar o pescoço e a região da nuca.

Não só a má postura ao se sentar durante um longo dia trabalho ou o jeito que você senta no sofá ou se deita em sua cama para dormir podem ser as causas da dor, mas também uma postura inadequada na execução de exercícios físicos. Levantar pesos ou usar uma sobrecarga muito alta pode causar tensão e danos nos músculos do pescoço ou próximos a ele.

– Dores de cabeça

Alguns tipos de dores de cabeça afetam a região da nuca, especialmente as enxaquecas. As enxaquecas, as dores de cabeça tensionais ou as dores relacionadas ao estresse podem resultar não só em dor de cabeça na nuca, mas também em outros sintomas como náuseas e vômitos.

– Tensão ou estirpe muscular

Como já mencionado, uma sobrecarga de treino pode causar problemas musculares no pescoço. Os músculos do pescoço podem ficar sobrecarregados ou tensionados demais durante a execução de movimentos no treino ou na prática de um esporte. Além disso, músculos próximos como os músculos do rosto, das costas ou dos ombros podem ficar tensos com certas atividades. Essa tensão muscular acaba forçando o pescoço a trabalhar mais, causando a dor na nuca.

Pessoas que ficam muitas horas por dia debruçadas sobre um notebook ou usando o celular podem sofrer com tensão muscular. Até mesmo ler um livro com uma má postura pode causar tensão nos músculos do pescoço.

– Lesão no pescoço

A dor na nuca também pode ser resultado de uma lesão. Essa é uma das causas mais comuns de dor na nuca ou no pescoço e que pode ser causada por uma queda, um trauma, um golpe, uma ferida ou uma lesão esportiva. Acidentes de carro e de moto também costumam causar lesões (conhecidas como lesões de chicote) no pescoço devido ao impacto durante uma colisão, por exemplo.

– Lesão de outras estruturas

É possível que lesões em regiões próximas à nuca como nos ombros, na parte superior das costas ou nos braços também resultem em uma dor no pescoço. Nesses casos, além da dor na nuca, a pessoa pode sentir uma certa rigidez nos ombros ou nas costas e a dor sentida nesses locais irradia até o pescoço. Alguns tipos de lesões ou fraturas ósseas próximas ao pescoço podem causar dor na nuca, que precisa ser rapidamente informada ao médico.

Outras lesões como traumatismo da articulação temporomandibular ou da articulação da mandíbula podem causar dores no pescoço quando os músculos ou ligamentos próximos são esticados. Além disso, lesões durante procedimentos dentários ou tratamentos no ouvido podem causar uma tensão nos músculos do pescoço e causar a dor na região.

– Condições reumáticas

Problemas reumáticos podem tornar o pescoço mais vulnerável, resultando em muita rigidez muscular e dor. Condições de saúde como a artrite reumatoide, a polimialgia reumática, a osteoartrite e outros distúrbios que afetam o tecido conectivo podem causar dor na nuca se os músculos e tecidos do pescoço ou de locais próximos são afetados.

A osteoartrite, por exemplo, é uma condição que causa a deterioração das cartilagens entre os ossos, causando a formação de esporões ósseos que prejudicam o movimento articular e resultam em dor. Mesmo que as articulações do pescoço não sejam diretamente afetadas, articulações próximas inflamadas podem irradiar a dor até a nuca.

Além disso, a fibromialgia, condição que causa dor em vários pontos do corpo, também pode causar dores fortes no pescoço.

– Condições degenerativas

Em alguns casos, podem ocorrer degenerações no pescoço ou nas vértebras da coluna que levam a condições degenerativas nas articulações como a espondilose cervical. Problemas como esse têm relação com o envelhecimento e com o desgaste das articulações vertebrais.

Existem também outras condições como a hérnia de disco cervical, a espondilite anquilosante e outras formas de artrite que podem ser o motivo das dores na nuca. Algumas alterações degenerativas nas articulações da mandíbula também podem causar dores na nuca.

– Condições congênitas

Algumas condições congênitas podem afetar a posição do pescoço ou dos ombros, resultando em dor na nuca. Além disso, essas condições podem deixar o pescoço mais vulnerável a lesões ou a problemas de degeneração precoce.

Alguns exemplos incluem a torcicolo que se caracteriza por uma inclinação no pescoço que causa muita dor ou problemas como a cifose ou a escoliose que são alterações na curvatura da coluna vertebral que podem afetar o movimento e causar dor. Vale lembrar que nem sempre o torcicolo é causado por uma condição congênita, podendo ser resultado também de uma tensão muscular excessiva na região do pescoço.

– Condições neurológicas ou nervosas

Problemas de saúde graves que atingem o cérebro incluem a hemorragia subaracnóidea, problemas vasculares, aneurisma cerebral e tumor no cérebro ou no pescoço.

Além disso, outras condições que afetam os nervos como a degeneração nervosa, infecções que atingem os nervos ou neuropatias que causam irritação nas raízes nervosas próximas ao pescoço podem desencadear dores na nuca. Isso inclui hérnias de disco ou esporões ósseos nas vértebras do pescoço, que acabam pressionando os nervos e causando dores.

– Infecções

Certos tipos de infecções podem afetar a coluna cervical e causar dor na nuca. A meningite, por exemplo, é uma infecção que afeta tanto o cérebro como a coluna vertebral cujos sintomas principais são dor na nuca, rigidez no pescoço e febre alta. A tuberculose da coluna é outra condição que pode causar dor no pescoço.

Outra possível infecção que causa dor na nuca é a caxumba, uma infecção viral nas glândulas presentes na garganta. Em casos de infecções, a febre quase sempre está presente e é um sintoma que nunca deve ser ignorado.

– Outras condições de saúde como câncer, hipertensão e doenças cardiovasculares

Além dos problemas que afetam o cérebro, outras condições de saúde podem causar dor na nuca. Tais condições incluem problemas no coração como angina, infarto do miocárdio ou acidente vascular cerebral e condições que afetam a garganta como o câncer de laringe.

A hipertensão arterial também pode causar tensão na nuca devido ao aumento da pressão nos vasos sanguíneos. Outros problemas como alguns tipos de câncer também podem causar dor na nuca.

– Estilo de vida e alterações hormonais

O seu estilo de vida e o estresse diário podem ser o motivo da sua dor na nuca. O estresse e a tensão podem tensionar os músculos. Além disso, o sono insuficiente, a deficiência nutricional e o estilo de vida sedentário podem prejudicar o organismo como um todo e enfraquecer os músculos do pescoço, o que aumenta o risco de ocorrência de rigidez muscular, degeneração e lesões.

Em alguns casos, mulheres na menopausa que passam por diversas alterações hormonais sentem dor e tensão na nuca.

Principais sintomas de dor na nuca

A dor na nuca pode ser uma dor aguda ou crônica. Os sintomas variam muito de pessoa para pessoa e outros sinais de podem ser observados junto com a dor, como:

  • Dor óssea, articular e muscular;
  • Rigidez muscular;
  • Espasmos musculares;
  • Dor no pescoço e nas regiões próximas à nuca;
  • Formigamento ou dormência nas mãos devido a problemas nos nervos;
  • Sensação de queimação ou fraqueza nas mãos;
  • Sensibilidade ao frio;
  • Dificuldade para mover a cabeça;
  • Dor intensa e persistente;
  • Vertigem;
  • Náusea e vômitos;
  • Dor de cabeça;
  • Fadiga;
  • Sudorese.

Diagnóstico

Muitas podem ser as causas da dor na nuca e, por esse motivo, é essencial a avaliação médica. Além do clínico geral, médicos especialistas como reumatologistas, neurocirurgiões, ortopedistas ou fisioterapeutas podem ajudar em um diagnóstico mais preciso. O médico pode solicitar exames como:

  • Exames de sangue: usados para verificar a existência de condições inflamatórias, distúrbios autoimunes, infecções ou outros problemas de saúde.
  • Exames de imagem: exames como raios-X da região podem ajudar a encontrar fraturas; tomografias computadorizadas podem ajudar a detectar problemas ósseos; ressonâncias magnéticas são úteis na detecção de lesões nos tecidos do pescoço. Além disso, todos esses exames são úteis para diagnosticar problemas mais sérios como tumores ou distúrbios nervosos no organismo.

Tratamento

O tratamento deve depender da causa da dor e da sua intensidade. A maioria dos médicos indica o uso de remédios anti-inflamatórios, analgésicos ou relaxantes musculares.

Em alguns casos, pode ser necessário o uso de medicamentos para controle do estresse, para regeneração dos nervos ou suplementos para suprir deficiências nutricionais.

Em casos de infecções por bactérias, o uso de antibióticos é indispensável. Se a causa da dor for a hipertensão, o controle da condição com medicamentos anti-hipertensivos deve ser feito.

As lesões devem ser tratadas com compressas de gelo em um primeiro momento para evitar que a inflamação se espalhe. Já as compressas quentes devem ser usadas apenas para condições musculares crônicas ou após os primeiros dias de dor.

A fisioterapia e a prática de atividades físicas podem ajudar a fortalecer os músculos ao redor do pescoço e evitar novas dores além de amenizar as já existentes.

Hora de procurar um médico

Na maioria dos casos, a dor na nuca é algo parecido e relacionado a uma tensão muscular que não costuma durar muito tempo. No entanto, a dor na nuca prolongada é uma dor que merece atenção e que pode ter vários significados. Assim, não hesite em procurar ajuda médica se observar sintomas mais graves como:

  • Fraqueza repentina, tremores ou dormências nos braços ou nas mãos;
  • Febre alta e hipersensibilidade à luz ou ao barulho;
  • Incapacidade de mover o pescoço;
  • Dor súbita e intensa na nuca acompanhada de rigidez muscular, náusea e vômito;
  • Dor na nuca que não vai embora;
  • Lesão na cabeça ou dor de cabeça muito forte.

Tais sintomas podem representar um sério risco à saúde e devem ser analisados por um profissional da saúde o mais rápido possível para evitar complicações e iniciar logo o tratamento adequado.

Como prevenir a dor na nuca

Algumas dicas práticas de como evitar dor na nuca são:

  • Manter uma boa postura: manter os ombros alinhados e a cabeça centralizada sobre a coluna são boas medidas preventivas para evitar tensões musculares;
  • Fazer pausas: ao viajar por longas distâncias na mesma posição ou trabalhar por muitas horas em um computador, é interessante que você faça pausas periódicas para se levantar e alongar o corpo para relaxar um pouco os músculos e as articulações;
  • Ajustar a mesa, a cadeira e o computador: ao trabalhar usando um computador, você deve posicionar o monitor na altura dos olhos e ajustar a cadeira de modo que seus pés toquem o chão e que seus joelhos fiquem um pouco abaixo da linha dos quadris;
  • Postura ao usar o celular: além de tomar cuidado com a postura na hora de escrever uma mensagem ou mexer no celular, é importante prestar atenção na postura na hora de atender uma ligação. Evite pendurar o aparelho entre o pescoço e o ombro. Ao invés disso, segure o aparelho mantendo uma boa postura;
  • Evitar carregar muito peso: carregar uma bolsa muito cheia para lá e para cá pode sobrecarregar os ombros e o pescoço. O problema é ainda pior se você usar uma bolsa muito pesada que é carregada em apenas um dos ombros. Opte por mochilas que distribuem o peso no corpo ou use bolsas mais leves;
  • Dormir em uma posição adequada: ao dormir, a postura também deve ser observada. O ideal é dormir com a cabeça e o pescoço alinhados. É possível usar um pequeno travesseiro confortável sob o pescoço e outro embaixo das pernas para relaxar os músculos da coluna.

Embora existam causas mais graves de dor na nuca, a grande maioria das pessoas que sofre com tais dores são aquelas que adotam uma postura ruim e maus hábitos diários. Corrija os seus errados e previna as dores!

Referências adicionais:

Você sofre com dor na nuca frequente? Já se consultou com um médico para saber o que pode ser? Quais causas citadas acima parecem ser as suas? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe um comentário