Formigamento na Ponta dos Pés – O Que Pode Ser e O Que Fazer

Especialista:
atualizado em 04/08/2020

É normal que as pessoas sintam formigamento na ponta dos pés de vez em quando. Apesar de causar estranheza entre as pessoas, isso geralmente não é motivo de preocupação. Veja a seguir o que pode ser e o que fazer.

O formigamento na ponta dos pés pode acontecer porque você ficou em uma posição por muito tempo causando pressão nos nervos, e este tipo deve desaparecer assim que você se mexer.

No entanto, quando é persistente, permanecendo por um longo período de tempo ou vier acompanhado de dor, você deve consultar o seu médico, pois ele poderá te ajudar a determinar a causa.

Aproveite e veja o que pode ser o formigamento no pé, se for o seu caso, e o que pode ser o formigamento nas pernas, se você passar a sentir o formigamento se arrastando para o resto do corpo.

Formigamento na ponta dos pés: o que pode ser e o que fazer

Há algumas possíveis causas para o formigamento na ponta dos pés. Veja agora o que pode ser esse sintoma.

– Gravidez

É comum sentir formigamento nos pés durante a gravidez, pois à medida que o útero cresce, ele pode pressionar os nervos que correm pelas pernas, causando a sensação de formigamento.

O que fazer: neste caso, você pode descansar com os pés para cima, mudar a posição em que está e se manter bem hidratada. Se o formigamento não desaparecer, se agravar ou vier acompanhado de inchaço e fraqueza, deve consultar o seu médico para se certificar de que nada grave está acontecendo.

– Insuficiência renal

A insuficiência renal pode causar formigamento nos pés, e ela pode ter muitas causas, mas as mais comuns são pressão alta e diabetes.

Os sintomas causados por insuficiência renal pode ser:

  • Espasmos musculares e cãibras;
  • Fraqueza muscular;
  • Formigamento, dormência e dor nas pernas e pés.

O que fazer: Consulte um médico, pois ele irá fazer vários exames para poder determinar se a insuficiência renal é a causa do formigamento na ponta dos pés. Esses exames podem incluir um exame neurológico, teste de velocidade de condução nervosa, eletromiografia que mede a atividade muscular e exames de sangue. O tratamento para insuficiência renal inclui diálise e transplante de rim.

– Exposição a toxinas

A exposição a certos produtos químicos e toxinas pode ser responsável pelo formigamento nos pés, e também podem causar dormência, dificuldade para andar, dor e fraqueza.

Algumas toxinas que podem causar o formigamento nos pés se absorvidas pela pele ou engolidas são:

  • Tálio;
  • Alguns medicamentos fitoterápicos;
  • Chumbo;
  • Mercúrio;
  • Anticongelante;
  • Inseticidas orgânicos;
  • Arsênico;
  • Álcool;
  • Cola.

O que fazer: Diagnosticar a exposição à toxina como sendo a causa dos formigamentos nos pés pode ser bastante difícil, por isso você deverá consultar um médico, que irá fazer um histórico onde incluirá detalhes sobre o ambiente de trabalho e doméstico, sua dieta e qualquer outro suplemento que você tome. Ele também poderá realizar outros testes como exames de sangue.

O tratamento poderá incluir medicamentos, alteração da exposição ambiental a toxinas em casa ou no trabalho e medidas de segurança.

– Neuropatia diabética

Diabetes é uma das causas mais comuns do formigamento na ponta dos pés, pois a neuropatia diabética é o resultado de danos nos nervos que são causados devido ao alto nível de açúcar no sangue.

Os sintomas de diabetes são:

  • Sede extrema;
  • Aumento da fome;
  • Mudanças na visão;
  • Respiração com cheiro frutado;
  • Boca seca;
  • Sonolência ou letargia;
  • Micção frequente;
  • Vomito e náuseas;
  • Perda de peso inesperada;
  • Infecções fúngicas;
  • Dormência ou dor nas mãos e nos pés;
  • Comichão na pele;
  • Cicatrização lenta de feridas ou cortes.

O que fazer: Consulte um médico. Ele fará um histórico médico, exame físico e exames de sangue para determinar se você tem diabetes ou se sua diabetes é responsável pelo formigamento na ponta dos pés.

A diabetes pode ser gerenciada com mudanças de estilo de vida e vários medicamentos como a insulina e/ou comprimidos orais.

– Remédios

Alguns medicamentos podem ter como efeito colateral o formigamento, e aqueles que são usados para combater o câncer (quimioterapia) ou usados para tratar AIDS e HIV são os causadores mais comuns desse efeito colateral. Além desses, outros que podem causar são os usados para tratar:

  • Problemas de coração;
  • Pressão alta;
  • Convulsões.

O que fazer: Se você está tomando algum medicamento e sentindo formigamento nos pés, converse com o seu médico, pois ele poderá determinar se isso é um efeito colateral do medicamento ou não, bem como se a dose precisa ser alterada.

– Doenças autoimunes

Quando o próprio corpo se ataca, ele causa as doenças autoimunes, e várias delas podem ser responsáveis por essa sensação de formigamento na ponta dos pés.

Algumas dessas doenças podem ser:

  • Doença celíaca;
  • Lúpus;
  • Artrite reumatoide (AR);
  • Síndrome de Guillain-Barré;
  • Síndrome de Sjogren.

O que fazer: A única maneira de determinar se uma doença autoimune está causando o formigamento é indo ao médico. Ele fará um histórico familiar detalhado, exame físico e provavelmente uma série de exames de sangue.

Os tratamentos para essas doenças variam, e eles podem incluir de mudanças na dieta até medicamentos.

– Falta de vitamina

Se você está com deficiência de vitaminas, especialmente as do complexo B, essa poderá ser a causa do formigamento na ponta dos pés.

Alguns dos sintomas comuns em pessoas com falta de vitamina B12 são:

  • Falta de ar;
  • Dor de cabeça;
  • Fadiga;
  • Fígado aumentado;
  • Dor no peito;
  • Náusea;
  • Frieza e formigamento nos pés e mãos;
  • Tontura;
  • Problemas digestivos.

O que fazer: Neste caso, procure o seu médico para que ele possa fazer um histórico médico familiar, exame físico e de sangue para poder determinar se você tem deficiência de vitamina.

Se este for o caso, poderá precisar de suplementos vitamínicos ou outro tratamento de acordo com a causa do seu problema.

– Nervo comprimido

Se você tiver um nervo comprimido nas costas, por exemplo, isso poderá causar formigamento na ponta dos seus pés. Os nervos comprimidos podem ser causados tanto por inchaço como por lesão, e você também poderá sentir:

  • Mudanças na sensação em seus pés;
  • Dores;
  • Diminuição na amplitude dos movimentos.

O que fazer: Faça uma consulta com o seu médico que irá te examinar para determinar se você tem ou não um nervo comprimido. Ele também poderá fazer um EMG (eletromiografia) para observar a atividade muscular ou um teste de velocidade de condução nervosa. Outros testes podem incluir um ultrassom ou ressonância magnética.

O tratamento para nervo comprimido pode incluir medicamentos, descanso, fisioterapia e possivelmente cirurgia.

– Infecções

Várias infecções podem causar a inflamação dos nervos, o que pode levar ao formigamento na ponta dos pés, e algumas dessas infecções são:

  • Herpes zoster;
  • Lepra;
  • Hepatite B e C;
  • Doença de Lyme;
  • HIV;
  • AIDS.

O que fazer: Se você acha que pode ter uma infecção, deve consultar o seu médico, que fará um exame físico, histórico familiar e provavelmente irá coletar sangue para examinar se há doenças infecciosas.

O tratamento irá variar de acordo com a infecção que tiver, mas provavelmente incluirá medicamentos.

– Causas desconhecidas

Às vezes as pessoas sentem formigamento na ponta dos pés e não há uma causa conhecida, o que é chamado de “idiopático” pelos médicos.

Esta condição é mais comum em pessoas com mais de 60 anos, e o paciente pode sentir sintomas de formigamento, dormência, instabilidade ao caminhar ou se levantar, dor e fraqueza.

O que fazer: Seu médico fará vários testes e exames para descartar qualquer coisa que possa estar causando esses sintomas. O tratamento pode incluir medidas de segurança, medicação para dor e sapatos especiais.

Dependendo da causa, o formigamento na ponta dos pés pode ser sentido tanto em repouso ou enquanto você caminha ou se movimenta. Em alguns casos, pode variar muito de acordo com a condição subjacente.

Quando ele ocorre em um pé devido a uma lesão, geralmente começa de maneira súbita, enquanto que o formigamento resultante da neuropatia periférica se desenvolve lentamente e persiste ou piora com o tempo.

O formigamento na ponta dos pés é algo desconfortável, e independentemente de a origem do problema ser ou não grave, você deve consultar o seu médico para poder cuidar desse sintoma que também pode ser a maneira como o seu corpo está avisando que existe uma condição séria. Não o ignore e entre em contato com seu médico.

Você já sentiu formigamento na ponta dos pés? Alguma condição específica foi diagnosticada pelo médico? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário