Jovem Supera a Anorexia e Exibe Transformação para Ajudar Outras Pessoas

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

A jovem inglesa chamada Connie Inglis, de Leeds, está inspirando o mundo todo com a sua história. Há apenas um ano, ela sofria de anorexia nervosa e era tão magra que corria perigo de vida. Vítima do temível transtorno alimentar, ela teve de ser hospitalizada e alimentada com uma sonda em dezembro de 2015.

Ela foi em seguida transferida para uma unidade de tratamento especializada em transtornos alimentares, de onde foi dispensada no final de maio de 2016, ficando 6 meses aprendendo lentamente a fazer coisas por si mesmo e pelo seu próprio corpo novamente.

Agora, pouco mais de um ano depois, Connie está se recuperando, ganhou peso e é fonte de inspiração para jovens em todo o mundo. Através de seu Instagram, onde já tem milhares de seguidores, mostra com orgulho o seu novo corpo e fala da importância do amor próprio.

O espelho deixou de ser o seu pior inimigo e Connie não se inibe de mostrar as imperfeições, as celulites e as gordurinhas. “A busca por um corpo perfeito nunca me fez feliz, agora a minha vida ficou melhor”, afirma.

No entanto, há apenas dois anos, ela escondia seu corpo debaixo de camisolas grossas e calças jeans largas. Ninguém sabia que ela sofria de anorexia nervosa, uma doença emocional caracterizada pela necessidade de perder peso.

Sua página Instagram descreve-a como uma feminista, artista e entusiasta do amor próprio. Ela é uma autoproclamada “defensora de todo os corpos”.

Connie lançou sua página no Instagram (@my_life_without_ana) como uma tentativa de quebrar o estigma em torno de transtornos alimentares.

Seu retrato honesto dos perigos da anorexia e os benefícios de ter uma alimentação saudável lhe renderam uma legião de fãs. Todas suas postagens foram apreciadas mais de 1.000 vezes e ela já acumulou mais de 17.000 seguidores.

Em um de seus posts mais recentes, ela diz: “Sentir-se culpado quando você está com fome é como se sentir culpado por respirar quando seus pulmões precisam de oxigênio. Literalmente, fomos ensinados a ter medo de nossas necessidades humanas básicas. Recuse-se a sentir essa vergonha, você tem permissão para comer”.

“Eu lutei contra a anorexia desde os 13 anos de idade, mas recentemente percebi que a recuperação é possível e que eu quero dar o meu melhor”, ela escreveu em sua página. A jovem lembra ainda havia sido hospitalizada três vezes antes de sua doença se tornar uma real ameaça à vida.

“Meu IMC estava abaixo de 13, mas eu estava tão doente para perceber isso e não via o que este o meu corpo precisava, então eu lutava contra isso”, ela escreve na página.

A corajosa jovem, hoje com 21 anos, que publica fotos amando o seu próprio corpo na rede social, conseguiu construir uma espécie de comunidade positiva do corpo em torno de sua página. Connie está ainda angariando fundos para uma associação com o objetivo de ajudar outras vítimas da doença. Ela já levantou quase R$ 4.000,00 para fornecer apoio, treinamento e recursos para esses jovens.

Você conhece alguém que tenha passado por um transtorno alimentar como a anorexia? Sabe ou imagina como é a tortuosa batalha contra esta doença? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 4,33 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

1 comentário em “Jovem Supera a Anorexia e Exibe Transformação para Ajudar Outras Pessoas”

  1. Eu já sofri de Aanorexia e hj sofro com o Transtorno alimentar. Ainda vou regularmente ao Psiquiatra e psicólogo. Estou reaprendendo a comer com prazer e saúde.