Ketchup Engorda? Calorias e Análise

Especialista:
atualizado em 17/12/2019

Em um mundo em que as pessoas têm demonstrado se importar em exibir uma boa forma é de se esperar que surjam dúvidas e preocupações a respeito de ingredientes utilizados costumeiramente nas refeições no dia a dia. Um exemplo deles é o ketchup.

O condimento é muito fácil de ser encontrado em supermercados, lanchonetes e restaurantes de todo o Brasil e é bastante usado no acompanhamento de lanches, sanduíches, salgados e batata frita.

Mas então, será que o ketchup engorda? Feito geralmente a partir de uma mistura com extrato de tomate, vinagre, adoçantes, sal, pimentas, aromatizantes, cebola e alho (os ingredientes podem variar de acordo com o fabricante do produto, mas o condimento é basicamente composto desses elementos), o número de calorias encontradas, em média, na versão tradicional do produto é de 15 calorias em cada colher de sopa (12 g).

Já na versão light do ketchup, o valor calórico diminui um pouco e fica entre 6 e 10 calorias pela mesma proporção.

A quantidade importa 

Observando a quantidade de calorias por porção equivalente a uma colher de sopa, poderíamos pensar que não é correto achar que o ketchup engorda, já que 15 calorias, ou até mesmo 10, na versão light, não é um número muito alto.

Realmente, esse valor não é excessivo, mas a partir do momento em que o condimento é usado com muita frequência e em quantidades exageradas, fará diferença em relação ao peso.

Tomemos um exemplo aqui. Se uma pessoa utiliza 100 g de ketchup em pelo menos duas vezes por semana, são 300 calorias a mais que ela consome semanalmente. Mesmo que o valor não pareça ser tão alto assim, ele é significativo se levarmos em consideração que não se trata de um alimento essencial na dieta e que praticamente não oferece os nutrientes dos quais o organismo necessita.

Isso nos leva à nossa primeira conclusão: o ketchup engorda quando for consumido de maneira exagerada. No entanto, se o condimento for usado com moderação, em situações esporádicas, o reflexo na balança não será relevante. 

A composição do produto

Comentamos bastante aqui sobre as calorias do produto, mas não podemos esquecer que o valor calórico não é tudo: a composição também importa. Por isso, nós vamos dar uma olhadinha na tabela nutricional de dois ketchups, um na versão tradicional na marca Heinz, e outro no modelo light da marca Predilecta.

O ketchup tradicional da Heinz se encaixa na média encontrada e também possui 15 calorias a cada porção equivalente a uma colher de sopa. Sua quantidade de carboidratos é de 3,5 g e sua taxa de sódio fica em 113 mg para a mesma porção. Não foram registradas taxas de outros nutrientes como proteínas, gorduras e fibras na tabela do produto.

Já a versão light do condimento, da marca Predilecta, possui um número de calorias um pouco menor, são 10 a cada 12 g (1 colher de sopa). O número de carboidratos presentes nessa porção é de 2,2 g. Não foram registradas taxas de sódio, gorduras, proteínas ou fibras na tabela do produto.

Comecemos então pelos carboidratos. Eles são um nutriente fundamental para o corpo humano, já que são uma importante fonte de energia. No entanto, o seu consumo não pode ser exagerado, tendo em vista que isso causa o aumento da taxa de açúcar no sangue e faz com que o nutriente seja convertido em gordura.

O sódio, presente na versão tradicional do tempero, também tem suas funções no organismo. Ele atua na contração muscular, nas transmissões nervosas, na manutenção do equilíbrio do pH, na regulação do volume de sangue no corpo e no ritmo cardíaco, na hidratação e no controle dos fluidos que saem e entram das células.

Entretanto, assim como acontece com os carboidratos, a ingestão desse nutriente não deve ser exagerada. A recomendação é manter o consumo em 2.300 mg diariamente, para não correr o risco de sofrer com problemas como o aumento da pressão arterial, maior risco de sofrer com osteoporose, hipertensão, catarata, acidente vascular cerebral (AVC), pedra nos rins e câncer de estômago.

Partindo da ideia de que o excesso de substâncias como sódio e carboidratos trazem prejuízos, inclusive no que se refere ao acúmulo de gordura, e que eles já podem ser encontrados em outros itens que já fazem parte da nossa alimentação, uma saída é procurar por ketchups que tenham baixo ou nenhum teor desses nutrientes. Para saber isso, basta checar a tabela nutricional antes de levar um produto para casa. 

A questão do acompanhamento

Para entender se o ketchup engorda não basta fazer uma análise somente da composição do produto e da quantidade de calorias presentes nele. Como se trata de um condimento que acompanha outros tipos de comida, precisamos levar em consideração os pratos onde ele será usado como tempero, para ter uma ideia melhor de como isso poderá refletir no peso.

Por exemplo, há uma grande diferença entre adicionar uma colher de sopa em uma salada verde ou um sanduíche mais leve como um wrap vegetariano ou utilizar o produto em uma porção de batatas fritas de restaurantes fast-food.

Uma salada verde mista contém, em média, 17 calorias a cada 100 g. Se for temperada com uma colher de sopa de ketchup tradicional, terá no total 32 calorias, o que é um número bem baixo. E mesmo o wrap vegetariano, que pode ter um valor calórico maior, com 243 calorias por 100 g, não extrapola tanto com a adição da versão comum do condimento, resultando em 258 calorias.

Entretanto, quando falamos de comidas mais calóricas como um x–salada, que tem 498 calorias por unidade, adicionar o tempero, mesmo na versão light, fará com que a refeição tenha por volta de 508 calorias, o que não é, nem de longe, um número baixo. Se imaginarmos que uma colher de sopa de ketchup pode não ser suficiente para um lanche como esse, o valor será ainda maior.

O mesmo serve para uma porção de batatas fritas. Uma porção grande, de 100 g, contém 274 calorias. Ao acrescentar uma colher de sopa de ketchup light, essa quantidade sobe para 284 calorias. E não dá para negar que a mesma teoria do x-salada cabe aqui e esse número de calorias pode ser ainda maior, tendo em vista que 12 g de ketchup podem ser insuficientes para temperar toda a porção.

Essas comparações que fizemos aqui demonstram que um dos fatores que determinam se o ketchup engorda ou não é o prato ao qual ele está associado. Temperar um prato saudável e menos calórico com ketchup poderá não ter tantos aspectos negativos – por mais que uma salada ou um wrap fique ainda mais leve sem o acréscimo do condimento – quanto unir o produto a um prato bastante calórico como as batatas fritas ou o x-salada que utilizamos como exemplo aqui.

Além disso, não adiantará muita coisa retirar o condimento da dieta, se continuar consumindo esse tipo de comida menos saudável. Ou seja, o problema nos quilos a mais não está necessariamente no ketchup, mas naquilo que o acompanha.

Você é uma pessoa que utiliza constantemente em seus lanches e receitas o ketchup? Acredita que ele possa estar de fato atrapalhando a sua dieta com isso? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário