Especialista da Área:

Leite é Bom para Ressaca?

Você verá a seguir se leite é bom para ressaca ou se existem outras opções melhores para quem bebeu demais no dia anterior e precisa se recuperar fisicamente. Será que isso é verdade ou será que é apenas mais um mito?

Existem dezenas de técnicas que podem evitar a ressaca: tomar água antes de começar a beber, fazer uma refeição antes ou durante o seu consumo, comer um doce logo após a ingestão do álcool ou beber leite. 

Há também quem acredite que alguns alimentos ajudam a evitar a ressaca do dia seguinte: beber café, leite ou comer alimentos ricos em glicose, por exemplo.

Veja um apanhado dos sintomas da ressaca, confira os remédios para ressaca mais usados e como curar a ressaca segundo a ciência.

Antes de sabermos se o leite é bom para a ressaca, é bom sabermos o que é a ressaca. Dessa maneira, você poderá entender a relação do leite com os sintomas, porque eles acontecem e como o leite influencia cada um.

O que é a ressaca

A ressaca é um conjunto de sintomas e sinais que ocorrem depois que a pessoa ingere uma grande quantidade de bebida alcoólica. Ela pode ocorrer a qualquer hora do dia, porém, é mais comum que ocorra na manhã seguinte de uma noite de bebedeira.

Além dos sintomas físicos como tontura, sono, sede e dor de cabeça, a pessoa também pode experimentar níveis elevados de ansiedade, vergonha, arrependimento, constrangimento e até mesmo depressão.

A gravidade de uma ressaca está intimamente ligada à quantidade de bebidas alcoólicas consumidas e também se a pessoa dormiu o tempo suficiente, pois quanto menos ela dormir, pior será a ressaca.

É impossível afirmar a quantidade de bebida alcoólica que pode ser consumida com segurança para evitar uma ressaca.

Efeitos da ressaca

Para entender se o leite é bom para ressaca, é importante entender como ela age no corpo e por que algumas pessoas afirmam que essa bebida pode ser a solução para todos ou alguns desses sintomas.

  • Subprodutos tóxicos: O metabolismo do álcool produz substâncias tóxicas no organismo que podem causar muitos dos sintomas da ressaca.
  • Queda de açúcar no sangue: Os níveis de açúcar no sangue de algumas pessoas podem cair abruptamente quando consomem bebidas alcoólicas, o que resulta em mau humor, tremores, fraqueza, cansaço e em alguns casos até mesmo convulsão.
  • Congêneres: Congêneres são substâncias produzidas durante a fermentação e são responsáveis pela maior parte do aroma e sabor das bebidas destiladas, como por exemplo gin ou uísque, e são conhecidas por contribuir para os sintomas de uma ressaca. Exemplos de congêneres incluem aldeídos e ésteres.
  • Irritação do estômago: O consumo de bebidas alcoólicas aumenta a produção de ácidos estomacais e também diminui a velocidade com que o estômago se esvazia, combinação que pode levar a vômitos, náuseas e dor de estômago.
  • Resposta do sistema imunológico: O álcool pode desencadear uma resposta inflamatória que pode afetar a concentração, apetite e memória.
  • Qualidade do sono: Embora seja comum escutar que as pessoas ficam com sono quando bebem, a qualidade desse sono geralmente é ruim e você pode acordar cansado e ainda com sono depois de consumir bebidas alcoólicas.
  • Urinar: As bebidas alcoólicas fazem com que as pessoas urinem mais, o que aumenta as chances de desidratação, o que consequentemente pode dar a sensação de tontura e sede.
  • Dilatação dos vasos sanguíneos: O álcool pode dilatar os vasos sanguíneos, o que pode causar dores de cabeças.

O leite é bom para ressaca?

Muitas pessoas dizem que o leite é bom para a ressaca porque ele forma um revestimento no estômago que pode ajudar a limitar a quantidade de álcool que é absorvido pela corrente sanguínea, e embora há poucas evidências científicas que sustentem essa afirmação, alguns especialistas explicam por que o leite pode ajudar a combater a ressaca.

O leite é bom para ressaca principalmente se você tomá-lo antes da bebedeira, e isso porque, como explica a nutricionista Leah Kaufman, nutricionista registrada em Nova York, Estados Unidos, o leite contém proteína e gordura, e assim como outros alimentos ricos nesses nutrientes, ele reveste o estômago e retarda a absorção do álcool, o que previne a ressaca no dia seguinte.

Já o nutricionista Ian Marber diz que quando a pessoa toma leite após uma bebedeira, ele pode ajudá-la a dormir e acordar melhor. “Tomar leite pode ajudar a substituir os minerais perdidos” e isso porque ele contém uma proteína chamada caseína, que pode neutralizar o álcool e ajudar no sono.

Porém, mesmo o leite ajudando na ressaca, o Dr. Marber diz que ele não é a melhor fonte de minerais: “Você precisa de algo com um pouco mais de gordura e fibra. Experimente um punhado de castanhas e uma maçã ou manteiga de castanhas em um biscoito ou torrada”.

O leite com chocolate também parece ser uma boa opção para curar a ressaca, pois contém proteína, que ajuda a combater a ressaca, açúcar e cafeína, que irá lhe fornecer energia, além de claro, o líquido que ajuda com a desidratação. No entanto, essa informação não é comprovada cientificamente.

Leite e dor de estômago

Há quem acredite que o leite é bom para a ressaca porque trata-se de uma bebida ideal para acalmar e até mesmo tratar a dor de estômago. Na década de 1980, até mesmo os médicos recomendavam essa bebida para pacientes com úlcera duodenal para ajudar a aliviar o desconforto.

O leite é, de fato, ligeiramente ácido, mas muito menos do que o ácido gástrico que é produzido naturalmente pelo estômago. Por isso, acreditava-se que ele poderia neutralizar esse ácido mais forte e assim aliviar a dor. No entanto, o que acontece é que o leite ajuda a fornecer uma espécie de tampão temporário ao ácido gástrico, e estudos mostraram que ele estimula a produção de ácido, o que pode fazer com que você se sinta mal novamente após um curto período de alívio.

Acredita-se também que a caseína do leite estimula a liberação do hormônio gastrina, que controla a produção de ácido gástrico ou estimula diretamente as células do revestimento do estômago conhecidas como células parietais a liberar ácido.

Por isso, embora o leite cubra temporariamente o revestimento do estômago, agindo como um tampão para o ácido e fazendo com que você se sinta um pouco melhor em relação à sua dor de estômago, o alívio pode durar apenas vinte minutos ou um pouco mais.

Em outras palavras, o leite pode ter muitos benefícios, até mesmo para a ressaca, embora não seja o alimento número 1 para combatê-la. Porém, no caso de acabar com um desconforto no estômago devido à ressaca, ele pode não ser a melhor opção.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Você já tinha ouvido falar que leite é bom para ressaca? Já experimentou tomar antes ou após uma bebedeira? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe um comentário