O que é gordura trans – Perigos e como evitar

Especialista:
atualizado em 29/11/2020

Ela é sempre descrita como a mais perigosa das gorduras. Mas será que a gordura trans é apenas isso?

Encontradas em salgadinhos, pipocas de micro-ondas e até na carne moída embalada, as gorduras trans acabaram se tornando as maiores vilãs da alimentação mundial.

Felizmente, devido ao perigo que causam à saúde, sua utilização vem sendo cada vez mais diminuída pela indústria alimentícia.

Apesar disso, você ainda encontra essa gordura em muitos alimentos de consumo diário, e muitas vezes nem sequer sabe que está consumindo.

Então, vamos conhecer melhor o que é gordura trans, quais são seus efeitos no corpo e como evitá-los.

O que é gordura trans?

ilustração de alimentos ricos em gordura hidrogenada ou trans

As gorduras podem ser divididas em dois grupos, saturadas e insaturadas. Dentre as insaturadas, elas pode ser cis ou trans, dependendo das ligações entre seus átomos.

  • Gorduras saturadas
  • Gorduras insaturadas
    • cis
    • trans

A gordura trans, então, é um tipo de gordura insaturada. Mas, diferente das outras, ela traz diversos malefícios à saúde.

Tipos de gordura trans

Podemos encontrar dois tipos de gordura trans nos alimentos, as naturais e as artificiais.

A gordura trans natural é produzida no sistema digestivo de alguns animais, e por isso pode estar presente em alimentos deles derivados, como carnes e queijos.

Já a gordura trans artificial é aquela produzida através do processo de hidrogenação da gordura vegetal, que é a transformação de óleos vegetais líquidos em gorduras sólidas.

Esse é o tipo de gordura trans mais encontrado em nossa alimentação.

Usos

Além de barata, essa gordura é fácil de ser produzida e aumenta o prazo de validade do alimento, diminuindo a necessidade de refrigeração. Além disso, ela melhora a textura e o sabor dos alimentos.

Estabelecimentos como restaurantes e pastelarias também usam a gordura trans para fazer frituras, uma vez que esse tipo de gordura pode ser reutilizado várias vezes em fritadeiras por ser mais resistente.

Riscos para a saúde

Não existe uma quantidade segura de consumo dessa gordura , de maneira que seu consumo deve ser evitado ao máximo.

Essa recomendação se baseia no fato de o consumo de gordura trans estar ligado ao desenvolvimento de diversos problemas de saúde, como:

  • Doenças Cardíacas: segundo diversos estudos, o consumo de gordura trans está ligado a um maior risco de problemas cardiovasculares;
  • Diabetes: embora o mecanismo ainda não seja completamente compreendido pelos cientistas, estudos mostram que o consumo regular desse tipo de gordura pode levar ao aparecimento de diabetes;
  • Câncer: pesquisas realizadas por cientistas ingleses demonstram que seu consumo está ligado a uma maior incidência de câncer;
  • Obesidade: estudos mostram que o consumo de gordura trans contribui para ganho de peso e aumento da gordura abdominal.

Alimentos ricos em gorduras trans

Fast food
Fast food são ricos em gordura trans

Agora que já sabemos o que é esse tipo de gordura e os perigos que ela traz à saúde, é importante, sempre que possível, evitar o seu consumo.

Para isso, o ideal é evitar alguns tipos de alimentos, como:

  • Fast food: evite sobretudo as batatas fritas, que foram feitas em gordura reutilizada diversas vezes. Se optar pela salada, deixe o molho gorduroso de lado;
  • Macarrão instantâneo: esses macarrões são ricos nessa gordura, pois já vêm pré-fritos.
  • Pipoca de micro-ondas: além desse tipo de gordura, ainda contém muito sal, outro inimigo do coração;
  • Margarina: embora muitas marcas já não contenham mais gordura trans, a margarina possui muita gordura saturada, que ajuda a elevar os níveis de colesterol ruim. Você pode experimentar fazer uma manteiga de azeite que é uma delícia e muito saudável;
  • Alimentos processados congelados: pizza, torta, hambúrguer, pão de queijo, nuggets. A maioria também possui gordura trans e sódio em excesso;
  • Salgadinhos, doces e bolos: também possuem em excesso açúcar, sal e esse tipo de gordura. Evite bolinhos recheados e salgadinhos como os de batata frita;
  • Sopas e massa de bolo prontas: as sopas instantâneas possuem, além da gordura trans, quantidades astronômicas de sódio, para realçar o sabor e aumentar o prazo de validade;
  • Pastel e outros alimentos fritos: Isso também vale para espetinhos empanados, nuggets, e afins;
  • Cereais e barrinhas: nem sempre os alimentos que estão na seção de alimentos saudáveis do supermercado, fazem de fato bem para a saúde. Muitos carregam sódio e gordura trans na sua composição. Leia o rótulo.

Preste atenção ao rótulo

Para ter certeza de que não está consumindo essa gordura, fique atento aos rótulos dos alimentos, pois muitos deles escondem seus ingredientes em letras minúsculas, dificultando a identificação.

Se algum dos ingredientes abaixo aparecer no rótulo do alimento, ele contém gordura trans:

  • Gordura hidrogenada;
  • Gordura vegetal;
  • Gordura vegetal de soja;
  • Gordura de soja parcialmente hidrogenada;
  • Gordura hidrogenada de soja;
  • Gordura parcialmente hidrogenada;
  • Gordura parcialmente hidrogenada e/ou interesterificada;
  • Gordura vegetal parcialmente hidrogenada;
  • Margarina vegetal hidrogenada;
  • Óleo de milho hidrogenado;
  • Soja e palma hidrogenadas;
  • Óleo vegetal hidrogenado;
  • Óleo vegetal líquido e hidrogenado;
  • Óleo vegetal parcialmente hidrogenado;
  • Creme vegetal;
  • Composto lácteo com gordura vegetal;
  • Margarina;
  • Margarina vegetal.

O que diz a lei

Em 17/12/2019, segundo comunicado da Agência Brasil, a ANVISA aprovou, por votação unânime, um novo conjunto de regras que visa banir o uso e o consumo de gorduras trans até 2023, seguindo a tendência mundial.

Veja a seguir o vídeo da nossa nutricionista falando sobre os piores alimentos em termos desse tipo de gordura.

Gostou das dicas?

Fontes e Referências Adicionais

Você compreendeu o que é gordura trans? Acredita que tem consumido muitos alimentos que fazem mal à saúde por conter essa gordura? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (7 votos, média: 4,57 de 5)
Loading...

Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário