Planta Peixinho – Para Que Serve, Propriedades, Receitas e Benefícios

Você já ouviu falar a respeito da planta peixinho (Stachys byzantina)? Trata-se de uma hortaliça que conta com uma folha aveludada que se assemelha com a alface e, como o nome já entrega, possui um sabor que lembra o de um lambari frito.

Esse sabor deve-se à presença significativa de óleo vegetal na composição química da hortaliça, que pertence à família Lamiaceae, nativa da Turquia, da região do Cáucaso e da Ásia Central.

No Brasil, ela pode ser cultivada nas regiões Sul, Centro-Oeste e Sudeste, em locais onde o clima é ameno, já que a peixinho não tolera o calor excessivo, tendo o seu crescimento limitado em temperaturas acima de 35 º C.

Geralmente utilizada para fins ornamentais, especialmente como borda de canteiros, a planta peixinho também pode ser aproveitada na culinária em receitas de chás, saladas e empanados fritos, por exemplo.

Além de peixinho, a planta pode ser chamada de lambarizinho, lambari-de-folha, orelha-de-coelho e orelha-de-lebre.

Para que serve – Os benefícios da planta peixinho

Agora que já sabemos o que é essa hortaliça, vamos conhecer algumas das vantagens que já foram associadas à planta peixinho?

1. As propriedades da planta peixinho

A planta peixinho apresenta quantidades expressivas dos minerais, potássio, cálcio e ferro, além de ser uma excelente fonte de fibra alimentar, que corresponde a 13% do seu teor de matéria seca.

2. Tosse e irritação da faringe

A planta peixinho é utilizada na medicina popular para acalmar a tosse e as irritações na faringe. Segundo encontramos, a hortaliça possui efeito béquico, ou seja, que é justamente contra a tosse, e emoliente, que amolece e abranda tecidos, por exemplo.

Entretanto, antes de utilizar a planta peixinho para essas finalidades, vale a pena checar com o médico se a hortaliça realmente pode auxiliar e se ela não é contraindicada, podendo fazer mal para o seu caso.

A consulta ao médico também é importante para conferir se a tosse ou irritação na faringe não podem ser sintomas de outros problemas, que exijam um tratamento mais completo.

3. Indigestão

A planta peixinho também pode ser utilizada na preparação de um chá para auxiliar o tratamento da indigestão.

No entanto, você também deve consultar o médico antes de utilizar a hortaliça neste sentido para se certificar de que ela realmente pode contribuir com o seu quadro de indigestão e checar se ela não pode te fazer mal.

Conversar com o médico a respeito da indigestão e de qual é o tratamento mais indicado para ela também é importante para verificar se o problema não pode ser um sintoma ou estar relacionado a outra condição ou doença que requer um tratamento mais amplo.

Como fazer – Receitas com a planta peixinho

1. Receita de salada de planta peixinho

Ingredientes:

  • Folhas de planta peixinho a gosto;
  • Alface a gosto;
  • Rúcula a gosto;
  • 1 limão;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo:

Lavar todas as folhas – de peixinho, de alface e de rúcula -, secar e colocá-las dentro de um recipiente de vidro; Preparar um tempero com o suco do limão e o sal, temperar a salada com ele e servir-se.

2. Receita de chá da planta peixinho

Ingredientes:

  • 2 g de folhas da planta peixinho;
  • 150 ml de água em temperatura ambiente.

Modo de preparo:

Lavar bem as folhas da planta peixinho em água corrente, secar e cortar em pedaços pequenos; Colocar a água em uma panela para ferver, adicionar as folhas e deixar no fogo durante 15 minutos ou até a água formar bolhas na superfície; Desligar o fogo e coar. Esperar esfriar bem e servir-se imediatamente.

O ideal é tomar um chá logo após o seu preparo (não necessariamente tomar todo o conteúdo preparado de uma vez), antes que o oxigênio do ar destrua os seus compostos ativos. Um chá costuma preservar substâncias importantes até 24 horas depois do preparo, porém, depois desse período, as perdas são consideráveis.

Também é importante certificar-se de que as folhas da planta peixinho utilizadas no preparo do seu chá sejam de boa qualidade, boa procedência e não contenham a adição de substâncias que possam prejudicar o organismo.

Cuidados

A Embrapa alerta que, depois de colhidas, as folhas da planta peixinho devem ser bem lavadas e higienizadas porque a sua estrutura retém as sujeiras do campo.

De acordo com a Embrapa, as folhas da planta peixinho podem ser armazenadas durante até oito dias, em embalagens plásticas e a uma temperatura de 5º C.

Antes de utilizar a planta para qualquer fim medicinal, consulte o seu médico e jamais substitua um tratamento recomendado pelo médico por somente o uso da hortaliça pois isso pode prejudicar a sua saúde.

Também é necessário confirmar com o médico em qual dosagem e frequência a planta peixinho pode ser utilizada e checar com o profissional se ela não faz mal ao ser utilizada ao mesmo tempo em que algum medicamento, suplemento ou planta medicinal que você esteja utilizando.

Essa recomendação serve para todas as pessoas, principalmente para crianças, adolescentes, idosos, mulheres que estejam grávidas, mulheres que se encontrem no período do aleitamento e pessoas que sofram com algum tipo de doença ou condição específica de saúde. Lembre-se de que este artigo serve somente para informar e jamais pode substituir o diagnóstico, as prescrições ou as opiniões de um médico.

Você já conhecia a planta peixinho? Já a utilizou ou consumiu de alguma forma na culinária? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 3,50 de 5)
Loading...

2 comentários em “Planta Peixinho – Para Que Serve, Propriedades, Receitas e Benefícios”

Deixe um comentário