Quem terá prioridade para tomar vacina contra a COVID-19?

Especialista da área:
atualizado em 04/09/2020

Desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a pandemia do novo coronavírus, em março, o mundo espera por uma vacina que possa proteger a população contra a COVID-19.

Mas lembre-se: nem todo mundo receberá a vacina ao mesmo tempo. Alguns grupos terão prioridade. Então, quem será que poderá a vacina contra o novo coronavírus primeiro?

  Continua Depois da Publicidade  

Pois bem, um grupo de especialistas dos Estados Unidos divulgou um relatório que aponta como poderá ocorrer cada fase do processo de vacinação contra a COVID-19.

Primeira fase

Segundo eles, na primeira fase, os profissionais de alto risco que atuam na saúde e os socorristas deverão passar pela imunização.

Em seguida, as pessoas de qualquer idade com problemas de saúde preexistentes ou condições que as ponham em grande risco e os idosos que vivem em locais lotados deverão receber a vacina.

Segunda fase

Em seguida, a segunda fase de vacinação deverá envolver as pessoas que trabalham com alto risco de exposição à doença, como professores e outros profissionais da educação, além de:

  • Pessoas com doenças preexistentes de risco médio;
  • Mais velhos não vacinados na primeira fase;
  • Pessoas em situação de rua que frequentam abrigos à noite, em prisões e profissionais que trabalham nas áreas.

Terceira fase

Trabalhadores essenciais não incluídos na primeira e segunda fase, jovens e crianças deverão receber a vacina na terceira fase da campanha.

  Continua Depois da Publicidade  

Quarta fase

Deverá ser a fase em que toda a população finalmente receberá a vacina contra o novo coronavírus.

Processo ainda não está definido

No entanto, vale ressaltar que o relatório americano não é definitivo. Ele ainda precisa da aprovação do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos e da Casa Branca.

Além disso, alguns especialistas defendem que é necessário incluir minorias sociais na primeira fase de vacinação, pois elas se encontram em situação de risco.

No Brasil seria mais ou menos igual?

A ordem de aplicação da vacina no Brasil deverá ser similar às orientações do relatório americano.

Os grupos de risco, profissionais da saúde ou força de segurança (policiais, bombeiros), os idosos e as pessoas muito expostas ao vírus, como os motoristas de transportes coletivos, devem mesmo ganhar a vacina antes.

Então, depois que todos esses estiverem vacinados, a imunização deverá estar disponível para toda a população.

  Continua Depois da Publicidade  

Porém, temos que ir por partes. Precisamos aguardar a aprovação e liberação de uma das vacinas contra o novo coronavírus desenvolvidas em todo o mundo. Por isso, vale a pena que você conheça todas as vacinas em testes contra a COVID-19!

Você já foi contagiado pelo novo coronavírus ou conhece alguém próximo contagiado? Está ansioso para tomar a vacina? Encontra-se num dos grupos prioritários? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas e profissionais de educação física. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário