Tamoxifeno

Tamoxifeno Engorda? Efeitos Colaterais e Posologia

Tamoxifeno é um medicamento de uso oral e adulto, que é indicado para o tratamento do câncer de mama. O seu uso contínuo está associado à inibição do crescimento do câncer de mama. As informações são da bula do remédio disponibilizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A sua comercialização é permitida somente com a apresentação da receita com a prescrição médica.

Tamoxifeno engorda? 

Para descobrir se Tamoxifeno engorda, o primeiro passo foi recorrer às informações contidas na bula disponibilizada pela Anvisa.

E, conforme o documento, um dos efeitos colaterais que pode ser observado por quem usa o medicamento é a retenção de líquidos, uma condição que causa inchaço. Ela aparece na lista das reações muito comuns, ou seja, que atingem mais de 10% dos pacientes que utilizam o remédio.

Entretanto, a bula esclarece que essa retenção de líquido é possivelmente vista por meio de tornozelos inchados, mas não especifica algum tipo de inchaço abdominal. Logo, ao usar Tamoxifeno, a pessoa pode ficar com os tornozelos mais inchados do que o habitual.

Assim, de acordo com a lista de efeitos colaterais contida na bula do medicamento não podemos concluir que Tamoxifeno engorda, ao menos não de maneira direta.

Além disso, muitos internautas questionam a diversos especialistas médicos se o Tamoxifeno engorda, o que poderia nos levar a entender que o remédio pode provocar o aumento de peso.

No entanto, o mastologista de Recife – PE, Alcides Ferreira Santos, respondeu que não existem relatos ou trabalhos que indicam que o Tamoxifeno engorda.

Assim, caso você venha a experimentar a elevação do peso enquanto faz uso do medicamento, converse com o seu médico para verificar o que pode ter causado o problema, se foi realmente o remédio ou algum outro fator.

Efeitos colaterais de Tamoxifeno 

De acordo com dados da bula da Anvisa, o medicamento pode provocar os seguintes efeitos colaterais:

Reações muito comuns – em mais de 10% dos pacientes: 

  • Náusea;
  • Cansaço;
  • Sangramento vaginal;
  • Corrimento vaginal;
  • Erupções cutâneas;
  • Ondas de calor – fogachos.

Reações comuns – entre 1% e 10% dos pacientes: 

  • Anemia;
  • Catarata;
  • Lesão na retina – retinopatia;
  • Reações alérgicas;
  • Elevação dos níveis de triglicerídeos;
  • Dores musculares;
  • Miomas uterinos – também podem ser observados como desconforto pélvico ou sangramento vaginal;
  • Derrame cerebral;
  • Dores de cabeça;
  • Delírios;
  • Distúrbios sensoriais como sensação de dormência ou formigamento e alteração ou diminuição do paladar;
  • Coceira na vulva;
  • Alterações no endométrio (parede do útero);
  • Queda de cabelo;
  • Diarreia;
  • Prisão de ventre;
  • Alterações nas enzimas do fígado;
  • Gordura no fígado;
  • Eventos tromboembólicos como trombose venosa profunda, trombose microvascular e embolia pulmonar.

Reações incomuns – entre 0,1% e 1% dos pacientes: 

  • Diminuição das plaquetas do sangue – trombocitopenia;
  • Diminuição dos glóbulos brancos do sangue – leucopenia;
  • Alteração da visão;
  • Pancreatite – inflamação do pâncreas;
  • Hipercalemia (níveis elevados de potássio no sangue) em pacientes com metástase óssea, que é um tipo de câncer que se espalhou, de acordo com o que esclareceu o Instituto Oncoguia;
  • Câncer no endométrio;
  • Pneumonite intersticial – inflamação dos pulmões;
  • Cirrose do fígado.

Reações raras – entre 0,01% e 1% dos pacientes: 

  • Diminuição anormal dos neutrófilos (tipos de glóbulos brancos, que defendem o organismo das infecções bacterianas e fúngicas, segundo o site TD Saúde) no sangue;
  • Diminuição dos granulócitos (células sanguíneas do tipo glóbulo branco, segundo o CCM Saúde) no sangue;
  • Alterações na córnea;
  • Doenças do nervo óptico;
  • Sarcoma (câncer) uterino;
  • Endometriose;
  • Inchaço ovariano cístico;
  • Pólipos vaginais;
  • Tumor Flare;
  • Inflamação do nervo óptico;
  • Hepatite;
  • Diminuição do fluxo da bile – colestase;
  • Insuficiência hepática;
  • Lesão das células hepáticas;
  • Necrose do fígado;
  • Angioedema – inchaço na pele, nas mucosas, nas vísceras e no cérebro;
  • Síndrome de Stevens-Johnson – alterações graves na pele;
  • Vasculite cutânea – inflamação dos vasos sanguíneos mais superficiais da pele;
  • Pênfigo bolhoso – aparecimento de bolhas na pele e em mucosas como a boca e a vagina;
  • Eritema multiforme – alterações graves na pele como vermelhidão, bolhas e descamação.

Reações muito raras – em menos de 0,01% dos pacientes:

  • Lúpus eritematoso cutâneo;
  • Porfiria (distúrbio na síntese do heme, parte importante da hemoglobina, segundo o site Minha Vida) cutânea tardia.

A bula também indica que o medicamento traz o risco de provocar o aumento do risco de complicações microvasculares do enxerto em cirurgias tardias de reconstrução da mama.

Além disso, para quem sofrer com reações adversas como dificuldade para respirar com a presença ou não de inchaço na face, lábios, língua e/ou garganta, inchaço na face, lábios, língua e/ou garganta com dificuldade para engolir, inchaço nas mãos, nos pés ou nos tornozelos e vermelhidão na pele, o documento afirma que o uso de Tamoxifeno deve ser interrompido e o médico deve ser procurado imediatamente.

Para as pessoas que sofrerem com outros tipos de efeitos colaterais em decorrência da utilização do medicamento, também vale a pena consultar prontamente o médico para saber como proceder de maneira segura.

Contraindicações e cuidados com o Tamoxifeno 

A bula informa que o remédio não pode ser utilizado por crianças, pessoas que sofrem com alergia ao citrato de tamoxifeno ou a qualquer outro componente da fórmula do medicamento e por mulheres que estejam gestantes, em processo de amamentação do bebê ou tentando engravidar.

Ainda segundo o documento, Tamoxifeno deve ser usado com cuidado por pacientes que estejam na pré-menopausa, que usem métodos contraceptivos hormonais para evitar a gravidez e que sofram com sangramento vaginal ou outros sintomas ginecológicos como dor pélvica, sendo que estejam tomando ou já tenham tomado o citrato de tamoxifeno.

Tamoxifeno pode causar doping, além de interagir com outros remédios. Portanto, quem faz uso de qualquer outro tipo de medicamento deve informar o seu médico a respeito disso para que ele determine se existem riscos de interação entre o remédio em questão e Tamoxifeno.

Além disso, a bula ressalta que enquanto a pessoa sofrer com o efeito colateral do cansaço em decorrência do uso do remédio, ela deve tomar cuidado ao dirigir veículos e operar máquinas. O documento também explica que o tratamento não deve ser interrompido sem que haja o conhecimento do médico.

Posologia de Tamoxifeno 

Antes de tudo, é importante ressaltar o óbvio e lembrar que tanto a posologia como a indicação da duração do tratamento devem ser determinadas pelo médico responsável pelo tratamento.

A bula esclarece que a dose diária recomendada do medicamento é de 20 mg, que pode ser ingerida em uma dosagem única e diária ou de maneira fracionada, por meio do consumo de dois comprimidos de 10 mg. A alternativa escolhida deve ser determinada pelo médico.

Você conhece alguém que tenha tomado e afirme que o Tamoxifeno engorda? Tem receio de utilizar este medicamento por este motivo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (17 votos, média: 3,65 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite


ARTIGOS RELACIONADOS

21 comentários

  1. Bom dia !! Engordar era o meu maior medo. Sou nutricionista, trabalho com obesidade e não poderia de maneira alguma ganhar peso ou apresentar grandes variações. Estou tomando o Tamoxifeno há 6 meses, e perdi 4 Kg neste período com atividade física e controle alimentar. O remédio não engorda, e na verdade trouxe poucos efeitos colaterais (suportáveis). Fadiga, queda de cabelo, desregulação do ciclo menstrual….mas está sendo bem mais tranquilo do que imaginei. Espero ajudar quem esteja tão desesperada com os efeitos deste medicamento quanto eu fiquei.

    • Olá boa noite. Tenho 52 anos e estou a tomar Tamoxifeno desde 2013 e vou continuar are 2022/23, pelo menos esta é a indicação médica. No entanto e desde que tudo começou com o aparecimento da doença em Agosto dd 2012, há engordei muito. Favo exercício físico regularmente não como coisas que não devo, faço dieta mas até hoje só consegui perder 5kg. Agora estou numa fase terrível pois não perco uma grama!!!! Além do tamoxifeno tomei tb letrizol e aromasim, voltando ao tamoxifeno. Não sei o que fazer mais ando desesperada com o meu peso. Pesava 60kg e actualmente peso 75kg. Preciso de ajuda. Será que me pode ajudar?.obrigada por me ouvir.

  2. Guaciara Silvestre

    Aumentei sim de peso. Com 8 meses de uso já estava com cistos nos ovários e útero, espessamento endométrio o que levou histerectoia radical. Faço acompanhamento com a nutrologa.

  3. Tenho 48 anos Tomo tamoxifeno a 2 anos e quatro meses. Não engordei nada nesse período, aliás estou até mais magra. Não sinto quase nada de efeitos colaterais, apenas queda de cabelo, que eu também não sei se tem a ver o remédio ou com a idade, embora continuo menstruando, e ressecamento na parede do útero. No geral, super tranquilo para mim. Gostaria de Saber se posso tomar way protein, tenho medo que sobrecarregue o fígado.

  4. Boa noite,estou em uso do tamoxifeno ha 1 ano e 8 meses, em dezembro do ano passado fiz a retirada da mama direita, e de la pra ca,tenho tido candidiase de repeticao,era muita coceira e pequenos cortes na area genital, apos tomar fluconazol por 2 vezes e a coceira acabou, mas os pequenos cortes vao e vem, ja´usei varias pomadas e apos menos de um mes,volta de novo,agora tenho notado algumas gotas de corrimento com uma cor escura na calcinha,mas sao gotas nao e uma coisa volumosa,sera que e por causa do tamoxifeno?

  5. Tenho 49 anos e tomo tamoxifeno há 2 anos. Neste período, entrei na menopausa, engordei no pelo menos uns 8 kg. Sinto muita fome, vontade de comer o tempo todo e os alimentos ficam muito mais saborosos não sei porque. Tive crise de vesícula e tive de operar fim de 2017. Meu útero apresentou muitos miomas, que não estão incomodando mas seguimos acompanhando. No mais, levo uma vida bem normal e agitada.

  6. Elisângela Rodrigues

    Eu tomo o tamoxifeno já faz uns nove meses, sinto muita dor de cabeça, náuseas, dor nas articulações, estou emagrecendo rápido, sei que todos nós temos o horganizimo deferente, acho que por isso uns sentem mais efeitos que o outro. E tem pessoas que não sentem nada…..

  7. Olá
    Tenho 50 anos e Tomo tamoxifeno há 2 anos! Ainda menstruo! Prático atividades físicas, cuido da alimentação e mesmo assim percebi que vim ganhando peso lentamente! 2 Kilos ao longo de 2anos! Mas o incomodo maior é o corrimento vaginal! Muito desagradável! Tendência a candidíases assintomáticas!

  8. Tenho 61 anos
    e tomo tamoxifeno há 2 anos. Engordei 8 quilos mesmo fazendo dieta, meus cabelos estão caindo, minhas unhas enfraqueceram, tenho muita caimbra e dor de dente. Estou tbem com princípio de depressão, mas acredito de ser por causa de me olhar no espelho e não gostar do que vejo.

  9. Tenho 61 anos e tomo tamoxifeno há 2 anos. Engordei 8 quilos mesmo fazendo dieta, tenho muita cãibra, dor de dente, queda de cabelo, candidiase, unhas fracas e começo de depressão, mas acho que é por não gostar do que vejo no espelho.

  10. Tenho 36 anos. Apareceu—me um tumor no peito, maligno faz um ano, logo a seguir a ter estado com o citomegalovirus que me afetou as articulações e os músculos. Iniciei hormonoterapia em maio do ano passado, mas tem sido muito difícil a adaptação. Tenho imensas dores de cabeça, é super doloroso ir ao banheiro pois a prisão de ventre é mesmo uma prisão de trepar paredes! Já antes era muito dada a infeções urinárias e candidiase, mas agora tornou—se mesmo crónico, não passam 15 dias sem vir uma! Apareceu—me rosácea no rosto, anemia, sinto muita fraqueza e cai—me muito cabelo. Estou a fazer tratamento para candida, para rosácea, para prisão de ventre, para a ansiedade…. enfim! Basicamente pareço uma farmácia ambulante! O médico diz que é normal, pois as injeções fazem com que entre numa menopausa forçada e o corpo sente que não é normal e reage a tudo! Mas é muita coisa junta!

    • Boa noite mude sua alimentação para alimentação vegetariana crua. Tire tudo que seja industrializado e vc vai melhorar .

      • Sim, mudei radicalmente minha alimentação. Procuro comer tudo saudável. Inclusive agora procuro só produtos biológicos. Mesmo assim, as infeções continuam. Vou fazer um tratamento agora, para ver se amenizam os sintomas! Mas obrigada pela dica! 👍 Vocês tomam apenas tamoxifeno ou também injeções na barriga?

  11. Iniciei tamoxifeno ha semanas, mas estou muito positiva quanto a cura e os efeitos colaterais. Em primeiro lugar é importante perceber que é melhor tamoxifeno do que quimioterapia e o próprio câncer. Em segundo lugar, é importante saber que se cuidar é a única forma de realmente prevenir obesidade, depressão e outras doenças. Portanto, eu estou muito positiva. Acho que a vida é uma batalha diária que devemos levar com muita gratidão. Estou tentando melhorar a alimentação – estou de olho. Sei que vou conseguir e todos que querem de verdade irão, pois isso faz parte da cura. Olhar para o copo cheio ao invés de só olhar os vazios é essencial para a cura. A vida é uma só e quem toma esse remédio teve a chance de viver mais. Vamos agradecer e comemorar. força para todas.

    • Parabéns por estas palavras verdadeiras tomo tamoxifeno a cinco anos estou no final do tratamento durante estes anos apenas senti cansaço fadiga no peito um pouco de quedas de cabelo e surgiu agora no fim de tratamento um início de artroseas não engordei e nem emagreci o depoimento acima é muito bom e verdadeiro nada como enfrentar este tratamento com força coragem e principalmente fé em Deus pois temos que crê que a cura vem

    • Vera Lúcia Lovizi Dos Santos

      Penso exatamente como vc, tomar tamoxifeno e querer viver e a vida não tem preço.
      Vamos lá meninas, força, foco e fé e ” Viva a vida”

  12. Boa noite mude sua alimentação para alimentação vegetariana crua. Tire tudo que seja industrializado e vc vai melhorar .

  13. Vera Lúcia Lovizi Dos Santos

    Penso exatamente como vc, tomar tamoxifeno e querer viver e a vida não tem preço.
    Vamos lá meninas, força, foco e fé e ” Viva a vida”

  14. Sou uma pessoa super positiva. Procuro lutar com toda a força a cada batalha. Mas quando é muita batalha seguida nem todos os dias são fáceis! Eu pedi ao médico para na operação retirar tudo o que encontrasse, preferia ficar sem a mama a ter a preocupação de ter ficado com algo que tivesse de controlar constantemente. Passado quase um ano, em novos exames descubro um nódulo na mama. Fiquei super assustada… como era possível? A tomar tamoxifeno, injeções de goserrelina e depois de radioterapia?!?! Numa consulta venho a descobrir que o médico simplesmente não quis tirar aquele porque era de carácter benigno! Agora o coração parece que pára a cada 3 meses, a cada exame, a cada consulta… independentemente do que aconteça no futuro, posso dizer que sou super feliz pois tenho a melhor família do mundo comigo e não poderia pedir mais na vida!
    O tamoxifeno é só um comprimido diário… mesmo não tomando poderíamos não ter nenhum problema! Como tomando, pode acontecer embora a probabilidade seja reduzida. Mas a probabilidade de haver uma recidiva continua após os 5 ou 10 anos (dependendo dos casos) de se tomar o tamoxifeno. Na verdade temos de nos agarrar à vida e a Deus, pois a Ele nada é impossível. Cada batalha na vida é a forma de nos surpreendermos a nós mesmos… só assim percebemos a verdadeira força que temos dentro de nós! Que Deus esteja convosco🙏

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*