Especialista da Área:

15 Melhores Alimentos Desintoxicantes

🕐 17/12/2019

Para emagrecer e manter-se saudável, não basta apenas ficar de olho nas calorias e contar os carboidratos: ainda que você esteja fazendo “tudo certo”, as inflamações podem sabotá-lo e dificultar as pazes com a balança.

Em grande parte, estas inflamações são resultado do excesso de toxinas produzidas a partir da digestão de alimentos processados e pouco nutritivos. Portanto, se você quer emagrecer, é fundamental desintoxicar o corpo e melhorar as funções dos órgãos digestivos.

E uma das melhores maneiras de eliminar as toxinas e favorecer o funcionamento do fígado e outros órgãos é exatamente através do consumo de alimentos desintoxicantes, como determinadas frutas e hortaliças.

Ricos em antioxidantes e compostos anti-inflamatórios naturais, os vegetais estimulam a filtragem do sangue e facilitam a eliminação de substâncias tóxicas através dos rins e do intestino.

Lista de Alimentos Desintoxicantes

Podemos dizer que, como regra geral, quanto mais natural um alimento, maior será seu poder desintoxicante. Isso significa dizer que dificilmente um produto com rótulos e uma enorme lista de ingredientes e conservantes químicos vai ajudá-lo a se desintoxicar tanto quanto um alimento natural.

1. Alcachofra

Se você tiver que escolher somente um na lista de alimentos desintoxicantes, fique com a alcachofra. Inúmeros estudos têm demonstrado o potencial desintoxicante da planta, que melhora as funções do fígado e da bexiga.

São dois os principais compostos responsáveis pelos benefícios da alcachofra: a silimarina, um antioxidante que ajuda o fígado a metabolizar as toxinas, e a cinarina, um ácido que estimula a produção de bile (fluido que facilita a digestão das gorduras), previne a indigestão e atua como um desintoxicante natural.

O consumo regular de alcachofra também ajuda a prevenir inflamações causadas pelo acúmulo de toxinas e outros compostos químicos nocivos à saúde.

2. Açafrão

O tempero de origem asiática contém curcumina, um pigmento amarelado que tem sido utilizado há séculos pela Medicina Ayurveda (nome dado à tradicional medicina indiana) no tratamento de males do fígado e da digestão.

Um estudo recente demonstrou que o consumo regular de açafrão pode ajudar a reduzir inflamações no fígado, e também impedir a obstrução dos ductos biliares, resultando em uma melhora na saúde do fígado como um todo.

3. Maçã

A maçã – sobretudo a verde – é um alimento tão nutritivo que seu consumo deveria ser quase que diário.

Com fibras solúveis – onde destaca-se a pectina, fibra que absorve água e age como um gel, atraindo gorduras e outras impurezas (como metais pesados) para serem eliminadas pelo intestino -, a maçã é um dos alimentos desintoxicantes mais ricos em antioxidantes, que protegem o fígado e ajudam a combater os radicais livres.

Dentre eles destacam-se o D-glucarato, os flavonóides e os terpenóides, todas substâncias utilizadas pelo organismo no processo de desintoxicação. Um flavonóide em particular, a florizina, ajuda a estimular a produção de bile e consequentemente melhora as funções do fígado, já que o órgão se livra de algumas toxinas através dos sais biliares.

E como seu objetivo é exatamente se desintoxicar, dê preferências às maçãs orgânicas, pois estudos indicam que, além de conterem metais pesados, as frutas tradicionais ainda apresentam 15% a menos de antioxidantes que as maçãs cultivadas sem agrotóxicos.

4. Gengibre

Ao lado da couve e do limão, o gengibre é outro ingrediente que não costuma faltar nas receitas de suco verde desintoxicante. Isso porque, além de acelerar o metabolismo e favorecer o emagrecimento, o gengibre é também um dos alimentos desintoxicantes aliados do fígado.

Entre outras funções, a raiz asiática estimula a metabolização das toxinas e auxilia na utilização das gorduras como fonte de combustível, reduzindo seus efeitos nocivos sobre o fígado.

5. Alho

Existe um motivo pelo qual nossas avós sempre recomendavam chá de alho para curar gripes e resfriados. A planta fortalece o sistema imune e o fígado, o que por sua vez também pode ser muito benéfico para quem procura alimentos desintoxicantes.

E, assim como o repolho, o alho também contém enxofre, elemento que ajuda a desintoxicar e a combater infecções bacterianas. Esse, aliás, é um dos grandes benefícios do alho, uma vez que estudos comprovam que a planta é cerca de 100 vezes mais eficiente do que os antibióticos no combate a infecções.

Considerando-se a intoxicação que muitos medicamentos antibióticos causam no fígado, utilizar o alho pode ser uma boa opção para curar-se de infecções sem prejudicar o órgão.

6. Chá Verde

Você provavelmente já sabe que o chá verde ajuda a emagrecer, mas saiba também que a tradicional bebida de origem asiática é um excelente desintoxicante natural.

Carregado de antioxidantes, o chá verde deve grande parte de seus benefícios às catequinas, compostos que combatem os radicais livres e aceleram as atividades do fígado, além de também aumentar a síntese de enzimas desintoxicantes. 

Para aproveitar todas as propriedades do chá verde, dê preferência à bebida feita em casa, a partir das folhas desidratadas da planta.

7. Beterraba

A beterraba está entre uma das poucas plantas comestíveis que fornecem betalaínas, corantes naturais que dão a ela sua coloração avermelhada característica e que também possuem ação anti-inflamatória e antifúngica.

As betalaínas ainda participam do reparo e regeneração celular, sobretudo no fígado, o principal órgão responsável pela desintoxicação do nosso corpo, por isso é um dos alimentos desintoxicantes mais importantes.

O ferro presente na beterraba também leva a um maior fornecimento de oxigênio para as células, que podem não somente retirar as toxinas dos tecidos como também garantir que elas sejam eliminadas do organismo.

8. Amêndoas

Apesar de calóricas, as amêndoas são ótimos alimentos desintoxicantes porque são ricas em fibras e vitamina E. Em um estudo publicado no Journal of the National Cancer Institute, pesquisadores encontraram uma correlação negativa entre a ingestão de vitamina E e o risco de câncer do fígado.

Pessoas que consumiram o equivalente a 16 mg de vitamina E todos os dias – cerca de 15 amêndoas – apresentaram um risco 40% menor de desenvolver câncer de fígado do que aquelas que ingeriram menos vitamina E.

Já as fibras garantem o bom funcionamento do intestino, função também beneficiada pela presença de magnésio e lipídios na semente.

9. Aspargos

Não são poucos os benefícios do aspargo para a saúde. A planta de sabor suave estimula a drenagem linfática, combatendo o inchaço e estimulando a eliminação definitiva das substâncias tóxicas.

O consumo regular de aspargo também ajuda a desintoxicar o fígado e a garantir que os detritos sigam sua via natural de eliminação. Um estudo publicado no Journal of Food Science afirma que os aminoácidos e minerais encontrados no aspargo podem ajudar a amenizar os sintomas da ressaca, protegendo as células do fígado contra os efeitos nocivos do álcool.

10. Repolho

Essa hortaliça da família das crucíferas – da qual também fazem parte o brócolis e a couve – ajuda a desintoxicar através de dois mecanismo distintos. Primeiro, através de uma limpeza geral do fígado, e segundo pela grande quantidade de fibras em suas folhas.

E como quem já comeu a planta sabe, o repolho é fonte de enxofre, elemento químico essencial para a degradação e remoção de metais pesados do organismo.

11. Dente de leão

Ao lado da alcachofra, o dente de leão pode ser considerado um dos melhores alimentos desintoxicantes, uma vez que possui comprovadas propriedades hepatoprotetoras.

A planta levemente amarga atua diretamente no fígado e no pâncreas, filtrando as toxinas da corrente sanguínea e fornecendo antioxidantes que combatem os radicais livres e evitam maiores danos ao fígado.

12. Couve

Hortaliça presente em boa parte das receitas de suco verde detox, a couve entra na lista de alimentos desintoxicantes porque é uma boa fonte de glutationa, um poderoso agente desintoxicante que purifica as vias de chegada de sangue até o fígado.

A couve ainda fornece uma boa quantidade de fibras alimentares que aceleram o trânsito intestinal e favorecem a rápida eliminação de toxinas. E, assim como o repolho, a couve também ajuda a neutralizar substâncias tóxicas presentes no cigarro, combatendo parcialmente os efeitos negativos do tabagismo.

13. Abacate

Com baixo índice glicêmico, muitas fibras, vitaminas e minerais, o abacate pode quase que ser considerado uma super fruta, tamanho são seus benefícios para a saúde.

No abacate ainda encontramos glutationa, composto que como já vimos ajuda a desintoxicar o fígado de substâncias químicas sintéticas. A glutationa também bloqueia pelo menos 30 tipos diferentes de agentes carcinogênicos.

Um estudo publicado no Journal of Agricultural Food Chemistry analisou os efeitos de 22 tipos de frutas diferentes oferecidas a ratos com danos no fígado causado pela galactosamina, um agente altamente tóxico para o órgão.

Dentre todas as frutas, o abacate foi a mais benéfica e a que se mostrou mais eficiente na reversão dos danos causados pela galactosamina.

14. Limão

Barato e prático, o limão é provavelmente um dos alimentos desintoxicantes mais fáceis para serem encaixados na dieta diária, já que pode ser utilizado em praticamente todos os pratos, doces ou salgados.

O suco da fruta estimula a liberação de enzimas digestivas desintoxicantes e também ajuda a converter as toxinas em compostos hidrossolúveis que podem ser mais facilmente eliminados pelo organismo.

E, como já sabemos, o limão também é uma excelente fonte de vitamina C, nutriente necessário para a síntese de glutationa. Tomar água com limão ainda pela manhã estimula o bom funcionamento do fígado, além de também ajudar a alcalinizar o sangue e atuar diretamente no combate a uma série de tipos de câncer.

15. Alga Marinha

Obtidos através de determinados exames médicos ou mesmo a partir do consumo de alimentos cultivados em solos contaminados, os elementos radioativos são altamente nocivos à saúde e podem intoxicar gravemente o fígado.

Estudos realizados pela McGill University em Montreal, no Canadá, demonstraram que a alga marinha tem a capacidade de se ligar a esses detritos radioativos presentes no organismo, facilitando sua remoção pelo sistema excretor.

As algas marinhas também se ligam a metais pesados e de maneira semelhante estimulam sua eliminação através da urina e das fezes.

Beba Água

Quando você está filtrando um suco na peneira, já deve ter notado que, quanto menor a quantidade de líquido na mistura, mais difícil é sua passagem pela tela.

Pois assim também é nosso organismo: ainda que você consuma alimentos desintoxicantes, eles irão necessitar de água para fazer a “faxina” e estimular a eliminação daquilo que pode fazer mal à saúde.

Portanto, além de investir nestes alimentos desintoxicantes, lembre-se também de tomar pelo menos seis copos diários de água – e não vale tomar refrigerante, suco industrializado e outras bebidas açucaradas e pouco nutritivas.

Diminua as Fontes de Toxinas

Não adianta apenas consumir alimentos desintoxicantes e esperar que seu corpo vire uma máquina da noite para o dia. Tão importante quanto melhorar o filtro é diminuir a entrada de substâncias nocivas à saúde, como o cigarro, álcool, gordura trans, cafeína, açúcar em excesso e agrotóxicos.

É claro que o próprio organismo é capaz de produzir certas toxinas como resultado do metabolismo- a digestão de proteínas de origem animal em excesso, por exemplo, pode gerar compostos cancerígenos.

Mas cabe a você mudar seus hábitos e tentar, sempre que possível, dar preferência a alimentos de origem vegetal, orgânicos e evitar o consumo de alimentos altamente processados, como bolachas, salgadinhos, fast food, alimentos congelados, frituras e doces em geral.

Você tem o costume de consumir a maioria destes alimentos desintoxicantes em sua dieta? Quais são seus preferidos? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (9 votos, média: 3,89 de 5)
Loading...

1 comentário em “15 Melhores Alimentos Desintoxicantes”

Deixe um comentário