16 Alimentos que Prejudicam a Libido

Você já parou para pensar que há alimentos que prejudicam a libido, podendo retardar o seu desejo sexual até ele parar de uma vez por todas? Sim, a comida e o sexo compartilham uma longa história em que permanecem sempre unidos.

Com certeza você já deve ter ouvido falar que o que as pessoas comem pode ter efeito em suas vidas sexuais, e isso funciona tanto em nível psicológico quanto em nível fisiológico. Embora muitas coisas foram criadas a partir de crenças mitológicas, outras são de fato comprovadas cientificamente.

Os desejos sexuais são controlados pelo o que é conhecido como libido – que basicamente significa desejo sexual. A libido é determinada por uma série de fatores que incluem influências sociológicas, psicológicas e hormonais.

“Tanto em homens quanto em mulheres, o hormônio testosterona dirige grande parte da libido humana”, explica o Dr. Michael Hirt, fundador do Centro de Medicina Integrativa do Vale de San Fernando, Califórnia, EUA. “Baixos níveis de testosterona significam um menor desejo sexual”, afirma o especialista.

É por isso que a ideia de alimentos afrodisíacos, que ao contrário dos alimentos que prejudicam a libido, estimulam o desejo sexual, é amplamente aceita, mesmo havendo pouca evidência científica de que eles possam de fato estimular o impulso sexual.

A teoria é que certos alimentos podem despertar a libido através do seu cheiro, textura e sabor, além de que sua composição química pode alterar os hormônios em seu corpo. No entanto, os fatos por trás do desejo sexual através da comida são um pouco mais complicados, como por exemplo o caso do chocolate.

“Ter o chocolate na lista de alimentos afrodisíacos muitas vezes confunde as pessoas por causa da associação do chocolate ao romance”, diz o Dr. Hirt. “Isso faz sentido porque o chocolate contém PEA (fenetilamina), um hormônio que tem sua quantidade aumentada toda vez que os seres humanos sentem o amor. Assim, comer muito chocolate pode fazer com que você se sinta como se estivesse apaixonado, porém, consumir uma quantidade muito grande pode reduzir os níveis de testosterona, reduzindo o seu interesse em levar o romance para o próximo nível.”

O Dr. Hirt acrescenta que “certos alimentos podem reduzir os níveis de testosterona. Os alimentos que são mais propensos a fazer isso são, por exemplo, o queijo, a farinha branca que está presente em muitos alimentos como biscoitos, pão, massas, cereais e arroz, chocolate e bebidas alcoólicas. Esses alimentos reduzem a testosterona aumentando a atividade de uma enzina, a aromatase, que converte a testosterona em estrogênio. O efeito geral do aumento da atividade da aromatase são níveis de testosterona mais baixos e níveis mais altos de estrogênio.”

Ele sugere que, se você procura aumentar seu desejo sexual, deve evitar comer os alimentos que prejudicam a libido citados na lista abaixo mais de cinco vezes por semana para poder manter a testosterona em níveis saudáveis.

“Isso é especialmente importante para os homens cuja atividade enzimática aromatase é mais sensível aos fatores desencadeantes dos alimentos”, enfatiza o Dr. Hirt.

16 alimentos que prejudicam a libido.

1. Bebidas alcoólicas

Existem algumas informações sobre as bebidas alcoólicas que simplesmente não são verdadeiras, e uma delas é que elas ajudam as pessoas a terem mais desejo sexual.

Embora essas bebidas possam funcionar para lhe dar mais “coragem” na hora de abordar alguém em uma festa ou em um bar, elas podem seriamente prejudicar a sua capacidade de “execução”.

“As bebidas alcoólicas dão um golpe duplo em sua vida sexual, diminuindo sua testosterona e o seu funcionamento”, diz o Dr. Hirt.

2. Refrigerantes diet

Comer e beber produtos com adoçantes artificiais não é algo muito bom para a saúde em geral por vários motivos. Adoçantes, especialmente o aspartame, podem afetar os seus níveis de serotonina, um hormônio vital para te ajudar a entrar no clima.

3. Farinhas brancas

Os alimentos processados, principalmente a farinha branca, são alimentos que prejudicam a libido porque têm a capacidade de destruir muitos nutrientes que são vitais para a saúde sexual de qualquer pessoa. Um deles é o zinco, que é essencial para a saúde reprodutiva do homem, por isso, antes de comprar um pão, é importante saber que, em comparação com a farinha de trigo integral, a branca tem cerca de três quartos a menos de zinco.

Além disso, ingerir grandes quantidades destes alimentos sem proteínas e gorduras adequadas pode causar a resistência à insulina e consequentemente a diabetes, que estreitam as artérias e aumentam o risco de doença cardíaca e disfunção erétil.

4. Chocolate

Como visto anteriormente, embora o chocolate esteja ligado ao romantismo, ele é uma péssima ideia para quem quer ir mais além e ter uma noite ardente.

Um pouco de chocolate amargo pode ser bom para a saúde, porém, em excesso pode prejudicar a sua vida sexual. Embora ele seja geralmente visto como um alimento afrodisíaco, já que estimula os sentimentos de euforia e amor, de acordo com o Dr. Hirt, ele também irá suprir seus níveis de testosterona.

5. Cereais de flocos de milho

Para se ter uma vida sexual plena, os cereais de flocos de milho que lembram a infância não são as melhores opções, muito pelo contrário. O Dr. John Harvey Kellogg, que popularizou esses cereais, acreditava que os alimentos picantes ou doces colocavam fogo na paixão, ao contrário dos cereais insípidos e sem açúcar que ninguém conseguia achar excitante.

Embora algumas marcas ofereçam cereais mais saudáveis do que outras, além do açúcar, é importante prestar atenção na quantidade de carboidratos, pois isso pode ser responsável por acabar com os seus desejos sexuais.

6. Água engarrafada

Há muitas razões para se evitar tomar água engarrafada em garrafas plásticas, porém, quando se trata de fertilidade e virilidade, as BPAs ou Bisfenol A presente no plástico das garrafas, que é um componente químico encontrado em muitos recipientes para alimentos, podem prejudicar seu corpo de várias maneiras. Por isso, é melhor evitar tomar água em garrafas plásticas e optar por garrafas reutilizáveis, especialmente no caso dos homens, pois isso pode causar disfunção erétil.

Além disso, um estudo realizado na Eslovênia e publicado na Fertility&Sterility encontrou uma associação significativa entre o BPA encontrado na urina dos homens e a menor concentração, contagem e vitalidade espermáticas totais. Em outro estudo realizado pela Harvard SchoolofPublic Health, descobriu-se que as mulheres que apresentavam níveis mais elevados desta substância produziam 27% menos óvulos viáveis. 

7. Camarão

Um dos pesticidas que mais simula o estrogênio e pode ser encontrado em alimentos é o 4-hexilresorcinol, que é frequentemente aplicado ao camarão para ajudar a preservar a sua cor. Essa é a razão pela qual você deve evitar os frutos do mar encontrados nos supermercados.

Se você pretende comer camarão, escolha um fabricante sem pesticidas. A tilápia e o salmão cultivados também podem conter pesticidas capazes de interferir em sua vida sexual.

8. Queijo

Por se tratar de um alimento derivado do leite de vaca – o que por si só já pode vir carregado com hormônios sintéticos –, o queijo pode ser um dos alimentos que prejudicam a libido por potencialmente mexer na produção natural de hormônios do seu corpo, incluindo testosterona e estrogênio.

9. Pipoca de Micro-ondas

Assistir a um filme comendo um balde de pipocas pode acabar de vez com o desejo sexual, principalmente para os homens, devido aos produtos químicos como o ácido perfluorooctanoico encontrado nos pacotes que vão ao micro-ondas e certeiro para acabar com o desejo. A longo prazo, esse ácido pode inclusive causar problemas de próstata.

A pipoca que vendem nos cinemas não é muito melhor que a de micro-ondas, podendo também ser um dos alimentos que prejudicam a libido.

10. Linhaça

Em um estudo, uma mulher com a síndrome do ovário policístico (SOP) teve a sua alimentação suplementada com linhaça. Os pesquisadores se surpreenderam ao descobrir que seus níveis de testosterona caíram em 70%.

Embora essa pesquisa sobre libido e linhaça tenha sido inconclusiva, você pode considerar obter gorduras saudáveis de outras fontes caso queira melhorar a sua vida sexual.

11. Alimentos fritos

Embora haja um mito popular de que a mulher deva comer batatas fritas logo após o sexo para aumentar as suas chances de gravidez, há poucas evidências que isso de fato funciona. Fora isso, os óleos hidrogenados que são utilizados para fritar as batatas podem reduzir os níveis de testosterona.

12. Sopas enlatadas

Muitas sopas enlatadas contêm uma quantidade extremamente alta de sódio, ingrediente que pode causar pressão alta e consequentemente, muitos danos ao coração. O sódio também pode diminuir o fluxo sanguíneo, o que é muito ruim para o sexo, já que o corpo depende de uma boa circulação durante o sexo.

13. Proteína de soja

A proteína e alimentos à base de soja estão associados ao aumento dos níveis de estrogênio, por isso, se você deseja aumentar seus níveis de testosterona para ganhar massa muscular, consumir soja é a pior coisa que você pode fazer.

Homens e mulheres que buscam uma vida sexual saudável devem evitar esse tipo de proteína principalmente em pó, já que consumir grandes quantidades deste alimento pode resultar em uma queda significativa na libido.

14. Gorduras trans

O fluxo sanguíneo é algo crucial para que a pessoa possa manter uma vida sexual saudável, e se suas artérias estiverem entupidas com gorduras trans, isso irá afetar o seu fluxo sanguíneo.

Essas gorduras possuem todos os tipos de efeitos negativamente assustadores para o seu corpo, então é sempre bom evitar suas fontes, que são alimentos que prejudicam a libido e sua saúde em geral.

15. Bagas – Frutas vermelhas

As “bagas”, também conhecidas como frutas vermelhas, do ponto de vista nutricional podem ser incrivelmente benéficas para a saúde, mas como normalmente esses alimentos são ingeridos com casca, como por exemplo o morango, o mirtilo e a amora, podem conter muito agrotóxico, e alguns desses produtos simulam o estrogênio e por isso os tornam alimentos que prejudicam a libido.

Porém, se você encontrar essas frutas em versões orgânicas, que não contêm agrotóxico, além de fazerem bem para a saúde devido a todas as suas vitaminas, elas também poderão ter o efeito oposto e ajudar na sua libido.

16. Hortelã

A hortelã pode ser uma ótima aliada na hora do beijo, porém, consumir muita hortelã, principalmente no caso dos homens, pode não ser uma boa ideia quando se pretende manter uma vida sexual ativa, pois o mentol presente nesta planta pode diminuir a testosterona, acabando com o seu desejo sexual.

17. Café

Embora a cafeína presente em altas doses no café possa aumentar a sua resistência sexual, se você costuma ficar muito nervoso, inclusive trêmulo ao tomar muito café, com certeza ele não é a melhor opção antes de uma noite ardente. O aumento da ansiedade pode diminuir o seu desejo sexual, o que é uma queixa frequente de pessoas com sensibilidade à cafeína.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Você costuma consumir alguns destes alimentos que prejudicam a libido com frequência? Pretende diminuir para ter um melhor desejo sexual? Comente Abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe um comentário